Categorias

Fotos & Eventos (41) Futebol (15) Humor (6) Internacional (35) Mombaça (631) Nacional (272) Polícia (500) Política (85) Regional (664) Tecnologia (28)

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Reservas hídricas do Ceará estão melhores, mas ainda preocupam!

Abril superou sua média histórica, que é de 188.0 mm; faltando uma semana para o seu fim, já registrou 204.2 mm.

O Castanhão continua recebendo recarga diariamente do Rio Jaguaribe, mas são águas que escorrem pelo Rio Salgado, oriundas da região do Cariri cearense (Sul do Ceará).

O Orós libera 500 litros por segundos para abastecer comunidades rurais no Rio Jaguaribe, 90l/s para o Canal do Feiticeiro e 40l/s para a adutora do Lima Campos.

Iguatu. O volume dos dez maiores açudes do Ceará, estratégicos para o abastecimento de importantes centros urbanos, aumentou neste mês de abril, mas somente dois deles - o Taquara, em Cariré, na Bacia do Acaraú; e Araras, em Varjota, na Bacia do Acaraú - ultrapassaram 30%. Cinco estão abaixo de 10%. Os dados mostram que apesar do aumento das chuvas neste mês de abril a crise hídrica ainda persiste de forma intensa no Estado.

Hoje as reservas hídricas no Ceará estão em melhores condições do que no mesmo período de 2017. O nível médio dos 155 reservatórios monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) aumentaram de 12,5% para 15,8%, tendo por base 22 de abril. "Houve melhora, mas o quadro ainda é de crise", frisou, recentemente, o governador Camilo Santana.
A maior atenção recai sobre o Castanhão, o maior do Estado, e que assegura abastecimento de cidades do Médio e Baixo Jaguaribe, além da Região Metropolitana de Fortaleza. O açude continua recebendo recarga diariamente do Rio Jaguaribe, mas são águas que escorrem pelo Rio Salgado, oriundas da região do Cariri cearense (Sul do Ceará). O Salgado é afluente do Jaguaribe no município de Icó. Ontem, o reservatório acumulava 8,07%.

Neste ano, o Castanhão já recebeu mais de 300 milhões de metros cúbicos de água. A recarga quebra o ciclo de seis anos seguidos de perda de suas reservas hídricas. "Nos últimos dias, houve uma diminuição do volume no rio e de recarga do reservatório porque as chuvas pararam no Cariri", observou o gerente regional da Cogerh, no Médio Jaguaribe, Hermilson Torres. "O nosso desejo é que continuasse com maior recarga, mas não dá para prever".

Em coluna de água, o Castanhão já recebeu 11 metros entre os dias 22 de fevereiro (2,08%) e 22 de abril (8,07%). Hermilson Torres explicou que ocorre uma liberação mínima de 300 l/s para o Eixão das Águas para manutenção do nível do canal e de 500l/s para o Rio Jaguaribe visando ao abastecimento de Jaguaribara e a permanência de peixes em seu leito. "A transferência de água para a Região Metropolitana de Fortaleza não está ocorrendo", pontuou.

"Da própria bacia do Castanhão houve uma recarga mínima", frisou Torres. Os piscicultores esperam por mais chuvas no Ceará. O aumento do volume acima de 10% pode viabilizar a volta da piscicultura, mesmo que de forma reduzida. "Queremos recomeçar os criatórios de peixe em gaiolas porque estamos parados, sem renda", disse Francisco Eduardo Almeida (Padim), presidente da Associação dos Criadores de Tilápia do Castanhão (Acrítica).
O segundo maior açude do Ceará, o Orós, é fundamental para abastecimento de cidades e localidades no Médio Jaguaribe e a produção de pescado na região Centro-Sul cearense. Neste ano, a recarga ainda permanece reduzida - até ontem - 61 milhões de metros cúbicos. No início do ano, acumulava 6,15% e neste domingo estava com 9,41%.

O reservatório inaugurado em 1961, após a intensa seca de 1958, era mais uma promessa governamental para reduzir os efeitos da estiagem no Estado. Atualmente, libera 500 litros por segundos para abastecer comunidades rurais no Rio Jaguaribe, 90l/s para o Canal do Feiticeiro (localidade de Jaguaribe) e 40l/s para a adutora do Lima Campos. "A quadra chuvosa vai até maio e temos esperança da volta das chuvas e que o Orós tenha maior recarga", disse o gerente do escritório da Cogerh, em Iguatu, Anatarino Torres.

Neste ano, o aporte superior a 85 milhões de metros cúbicos registrado no Açude Banabuiú foi o maior desde 2011. No início da atual quadra chuvosa, o reservatório, que é o terceiro maior do Estado, acumulava menos de um por cento, próximo ao volume morto. A expectativa agora é que ainda este mês ultrapasse 6%. Ontem, estava com 5,88% de sua capacidade.
No atual nível, que é igual ao registrado em 2015, o abastecimento da cidade de Banabuiú e de localidades rurais abaixo do reservatório de mesmo nome está assegurado para os próximos dois anos. Em junho, uma reunião de alocação de água vai definir a quantidade de vazão a ser liberada para atender irrigação e consumo humano.
O gerente regional da Cogerh, Paulo Ferreira, disse que o aporte decorreu de intensas chuvas, acima de 100mm, em Quixeramobim e Senador Pompeu. "Começamos o ano com pouco mais de sete milhões de metros cúbicos e agora estamos com quase noventa e três milhões. O clima entre os produtores rurais é de alegria, de retomada das atividades agropecuárias, da produção de leite".

Norte

A previsão inicial da Funceme de que as chuvas neste ano iriam beneficiar a região Centro-Norte vem ocorrendo, a exemplo do que se registrou em 2017. As Bacias Hidrográficas do Coreaú (91,27%), Litoral (77,02%) e Acaraú (35,46%) foram as mais beneficiadas em 2018. Dos 20 açudes que transbordaram neste ano, cinco estão na Bacia do Coreaú (Angicos, Diamantino II, Itaúna, Tucunduba e Várzea da Volta) e dois na Bacia do Acaraú (Acaraú Mirim e São Vicente). Em Cariré, o Taquara um dos dez maiores do Estado, em 1º de fevereiro estava com 22,05% e ontem acumulava 34,56%.
O açude Pedras Brancas, no Sertão Central, é essencial para o abastecimento das cidades de Quixadá e de Quixeramobim. O reservatório que em 1º de fevereiro acumulava 4,87% agora chegou a 13,71%. O aumento do volume foi um alívio para a região. O Açude Figueiredo, em Alto Santo, no início deste mês acumulava apenas 0,14% e em 20 dias foi para 6,80%.

Abril supera março

O mês de abril superou sua média histórica, que é de 188.0 mm. Faltando uma semana para ficar concluído o terceiro mês da quadra invernosa (de fevereiro a maio), já registrou 204.2 mm, o que significa um desvio positivo de 8,6%. Ultrapassou também a média de março, que é de 203.4 e neste ano foi de apenas 120.5, um desvio negativo de 40,8%. Se maio chover dentro da média histórica, que é de 90,6 mm, teremos superado a média da quadra como, aliás, previu a Funceme no início de fevereiro.




Fonte: Diário do Nordeste




domingo, 22 de abril de 2018

Edital de concurso da Funceme é divulgado; Inscrições começam em maio

O edital do concurso da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) foi divulgado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira, 20. Como já havia sido adiantado pelo governador Camilo Santana, serão 40 vagas ofertadas, sendo 35 para o cargo de Pesquisador e cinco para Analista de Suporte à Pesquisa. Todas as oportunidades exigem Ensino Superior.

As vagas para Pesquisador serão divididas em cinco especialidades: Recursos Ambientais, Recursos Hídricos, Meteorologia, Monitoramento e Informática. Conforme consta no edital, cada uma destas áreas terão ainda atuações específicas. Já para o cargo de Analista, as oportunidades são para Ciências Contábeis e Administração.

As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, por meio do site da Comissão Executiva do Vestibular da Universidade Estadual do Ceará (CEV/UECE), e terão início no 1º dia útil após decorrido o prazo de 15 dias corridos, contados a partir do 1º dia útil da data de circulação do Diário Oficial desta sexta-feira. O cronograma com todos os detalhes também ficará disponível no site da CEV/UECE.

O valor da taxa de inscrição do concurso da Funceme será de R$ 130 para ambos os cargos.
Link:

O processo será composto de duas fases: a primeira será prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório para os dois cargos, e prova discursiva/dissertativa, também de caráter eliminatório e classificatório, para o cargo de Pesquisador. A segunda constará de avaliação de títulos, de caráter apenas classificatório para ambos os cargos. A aplicação das provas será em Fortaleza.

O prazo de validade do concurso será de dois anos contados da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período. Todos os demais detalhes podem ser conferidos por meio do Diário Oficial do Estado.




Fonte: Repórter Ceará

Governador decreta véspera do 1º de Maio ponto facultativo. Vem aí um feriadão

O governador Camilo Santana (PT) assinou decreto publicado nessa sexta-feira, 20, no Diário Oficial do Estado (DOE), deixando a cargo das direções dos órgãos estaduais o funcionamento na segunda-feira, 30, véspera do Dia do Trabalhador. Com a decisão, os servidores estaduais terão quatro dias de folga, contando o fim de semana.

No texto, o Governo afirma que seria “contraproducente a manutenção do expediente” no dia 30 de abril, deixando decretado ponto facultativo para os órgãos e entidades públicas estaduais.

Os servidores, porém, terão de compensar as horas de folga da data, devendo fazer uma hora extra por dia até completar o número de horas devidas. O decreto sugere que “preferencialmente” sejam pagas no fim do expediente, das 17 às 18 horas.

Estão assegurados neste feriadão e no ponto facultativo do Estado serviços de saúde, segurança, fornecimento de água, do Hemoce, Serviço Móvel de Urgência (Samu), além de serviços da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri) e Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce).





Blog do Eliomar



TCE aponta irregularidades nos Portais da Transparência de prefeituras do Sertão Central e Maciço de Baturité

O Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE) encontrou no seu último levantamento mensal, de março deste ano, irregularidades no Portais da Transparência de 19 prefeituras. Na relação estão os municípios de Banabuiú, Caridade, Choró, Itatira e Senador Pompeu no Sertão Central; Aratuba e Palmácia no Maciço de Baturité.

Segundo o TCE, o descumprimento da legislação impede, até que a situação seja regularizada, que o ente da Federação receba transferências voluntárias e contrate operações de crédito, exceto as destinadas ao refinanciamento do principal atualizado da dívida mobiliária.A relação foi enviada, no dia 12 deste mês, ao gabinete do governador do Estado.

Ainda de acordo com o levantamento, 90% dos Portais da Transparência dos municípios cearenses estão em situação regular. Entretanto, foram encontradas irregularidades em 26% dos portais do Poder Legislativo. Os dados coletados estão presentes no Relatório de Fiscalização que verifica o atendimento à transparência da gestão fiscal, em conformidade ao art.48 da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Dos três indicadores utilizados na análise – Tempo Real (TR), Gestão Fiscal (GF) e Padrão Mínimo de Qualidade (PMQ) – o maior número de falhas nos portais do Executivo ocorreu com o GF. Treze desses sítios eletrônicos não divulgaram documentos oficiais. Nove destes não divulgaram as informações conforme prazo estabelecido de 24 horas, a partir do registro contábil, para que as administrações disponibilizem informações das receitas e despesas públicas (TR).

Também foram encontradas falhas nos indicadores TR e GF nos portais dos legislativos municípios, 18% e 11%, respectivamente, dos portais monitorados.




Fonte: Diário do Nordeste

MOMBAÇA: Acidente entre duas motos, deixa homem em estado grave

Ontem (21), por volta das 19h, na Vila Recreio, um homem identificado por Antônio Augusto Moreira da Silva, 47 anos, foi vítima de um acidente de trânsito (colisão) entre duas motos.
Augusto foi socorrido pela equipe do SAMU, e levado ao Hospital Municipal, logo em seguida transferido para a cidade de Juazeiro na ambulância do município. A vítima apresentava várias escoriações pelo corpo, além de um TCE (Trauma Crânio-Encefálico), otorragia (sangue pelo ouvido), sendo assim seu estado grave.

O outro homem, um jovem de 20 anos, identificado como Antônio Ruan de Oliveira Sousa, também foi socorrido ao Hospital, apresentando uma fratura da clavícula e escoriações pelo corpo, o mesmo estava consciente e ficou em observação nas próprias dependências do Hospital Municipal.

Salientamos mais uma vez que o uso de capacete, além da responsabilidade na condução de um veículo, pode salvar vidas e evitar sérias complicações em casos de acidentes!

(foto ilustrativa)





sexta-feira, 20 de abril de 2018

Seca relativa no Ceará apresenta redução, mas cenário ainda é de alerta

O mais recente mapa do Monitor de Secas do Nordeste aponta que o Ceará fechou março com seu território 25,48% sem seca relativa. Os resultados foram elaborados pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) em conjunto com outros institutos de meteorologia do Nordeste e coordenado pela Agência Nacional das Águas (ANA).

O dado ainda é considerado alarmante, pois 74,52% do Estado encontra-se com algum nível de seca relativa. Porém, quando comparado com a março de 2017, o cenário é melhor, pois o Estado não tinha área livre de seca naquela época. Além disso, o Ceará não possui área com o nível mais severo da estiagem.

De acordo com o supervisor da Unidade de Tempo e Clima da Funceme, Raul Fritz, a redução se deu pelas chuvas registradas durante os dois primeiros meses da quadra chuvosa, ou seja, fevereiro e março.

“As precipitações, apesar de, no último mês, terem ficado abaixo da média, foram responsáveis pela diminuição dos impactos da seca, principalmente na faixa litorânea e no noroeste do Ceará”, explica o meteorologista.

No comparativo com o mapa do Monitor de Secas de fevereiro, não houve mudanças significativas. Na parte norte do Estado onde, em algumas áreas, as precipitações foram regulares ao longo de março, os indicadores mostram uma redução de um nível de severidade da seca, além de um aumento na área sem seca. Já a parte centro-sul, as precipitações de março foram irregulares e os indicadores de curto e longo prazo não indicam mudança no cenário de forma geral.

MONITORAMENTO
O Monitor de Secas é um processo de acompanhamento regular e periódico da situação da seca no Nordeste, cujos resultados consolidados são divulgados por meio de mapas.

Mensalmente, informações sobre a situação de secas são disponibilizadas até o mês anterior, com indicadores que refletem o curto prazo (últimos 3, 4 e 6 meses) e o longo prazo (últimos 12, 18 e 24 meses), indicando a evolução da seca na região.

Além do site, é possível acompanhar os dados por meio de aplicativo gratuito para smartphones de todas as plataformas.

APORTE
Conforme a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), as chuvas caídas na bacia de contribuição do Açude Castanhão – o maior reservatório do Estado, e uma das maiores barragens de múltiplos usos do Nordeste – elevaram as suas reservas de 139,5 milhões de metros cúbicos de água em fevereiro para 487,61 milhões de metros cúbicos até esta quarta-feira (18).

O volume mais que triplicou no período, saltando de 2,08% para 7,28%. O açude continua recebendo aportes significativos. Contudo, é necessário ressaltar que os níveis ainda são baixos, visto que o Castanhão é um reservatório estratégico não só para o Vale do Jaguaribe – onde estão várias cidades de porte médio e a maior área irrigada do Estado –, como para a Região Metropolitana de Fortaleza. A capacidade total do Castanhão é de 6,7 bilhões de metros cúbicos.







Dois mortos em confronto com equipes do Cotar, no Ceará

Dois suspeitos mortos e um preso, esse foi o salto de uma operação policial realizadas por equipes do Comando Tático Rural (Cotar) no início da manhã desta quinta-feira (19) em Quixadá, a 160Km da capital cearense. Os policiais da força de segurança especial davam cumprimento a Mandados de Busca quando foram recebidos à bala por um grupo que se encontrava dentro de uma suposta “boca de fumo”, informou um dos policiais que participou da operação.

Os policiais do Cotar reagiram e durante o tiroteio, dois suspeitos, que ainda pularam para um imóvel vizinho, foram atingidos por disparos. As próprias equipes da Polícia Militar socorreram a dupla para o Hospital Municipal Eudásio Barroso. Ambos, identificados apenas pelos pseudônimos de Neném e Sande, não resistiram aos ferimentos e foram a óbito. Um terceiro homem que se encontrava na companhia dos mortos, foi preso.





Fonte: Diário do Nordeste

Descoberto plano de facção criminosa para matar autoridades da cidade de Crateús

Investigações policiais sigilosas realizadas na cidade de Crateús (a 345Km de Fortaleza) descobriram um plano de criminosos de uma facção que tinha por objetivo a morte de três das principais autoridades daquele Município: o juiz da Comarca, o promotor de Justiça e a delegada da Polícia Civil.  Outro alvo dos bandidos seria um agente penitenciário que trabalha na Cadeia Pública do Município.

Um grupo criminoso, já identificado, estaria prestes a executar a trama para os assassinatos como represália pela ação contundente da Justiça, do Ministério Público e da própria Polícia no combate às ações de uma facção.

Os alvos, segundo a investigação seriam o juiz titular da Primeira Vara da Comarca de Crateús, Francisco Gilmário Barros Lima; o promotor de Justiça, José Arteiro Soares Goiano; e a delegada de Polícia Civil, Ana Paula Scott.

As investigações ainda estão em andamento, mas já identificou os “cabeças” das facções que teriam planejado o assassinato das três autoridades.  Eles já haviam, inclusive, elaborado as rotas de fugas dos matadores após as execuções planejadas.

O trabalho de investigação local contou com a participação da Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Foram identificados todos detalhes de como cada crime seria praticado.  As autoridades seriam atacadas quando em deslocamento para a cidade.

O promotor de Justiça José Arteiro Soares Goiano informou, ontem, que já há os nomes dos prováveis mandantes e que já estão sendo tomadas providências legais. “Em breve, teremos novidades”, alertou.  Segundo ele, a intenção dos bandidos é intimidar as autoridades que combatem diretamente o crime naquele Município.

Tribunal

A delegada Ana Scotti preferiu não se manifestar acerca da investigação. Já os juízes da Comarca de Crateús informaram que nesta sexta-feira (20) deverão se reunir com a presidência do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará para discutir o problema. A audiência está marcada para as 11 horas.





Fonte: Ceará News