Categorias

Fotos & Eventos (33) Futebol (12) Humor (6) Internacional (26) Mombaça (422) Nacional (143) Polícia (321) Política (55) Regional (373) Tecnologia (23)

sexta-feira, 28 de abril de 2017

MOMBAÇA: Hospital falta material e tem péssimo atendimento

Foto ilustrativa

Ontem 27 de abril de 2017 por volta das 20:00 o site esteve no Hospital e Maternidade Antonina Aderaldo Castelo, único hospital de Mombaça.

Foi visto logo uma superlotação na fila para atendimento da emergência, já que somente um médico estava atendendo, e de acordo com populares que se encontravam ali na espera, o médico estava também algumas horas atrasado.

Funcionários visivelmente estressados pela sobrecarga de trabalho. Havia uma enfermeira na triagem que por conta de todo trabalho em excesso e cobrança pelo rápido atendimento, estava prescrevendo medicamentos sem a consulta medica na tentativa de amenizar o problema da superlotação.

O Site Mombaça On-line viu que neste caso a escala de outro médico no horário de “pico” talvez fosse a melhor solução administrativa.

No ambulatório da emergência foi a coisa mais preocupante, falta o EPI (Equipamento de proteção individual), como álcool, luvas e máscaras, pudemos acompanhar um diálogo entre dois técnicos de enfermagem, um que usava máscara respondeu para o colega que questionou onde havia encontrado o material “eu trouxe essa de casa, está faltando aqui, também não temos luvas, e álcool”.

Então fica a pergunta do nosso Site, porque toda essa falta de organização e de material em nosso único hospital municipal???


Deixamos nosso espaço aberto para que a gestão do hospital e/ou municipal nos esclareça tal situação, pois é de interesse de todos na cidade que o hospital tenha todas as condições ideais para seu funcionamento.

Fonte: Mombaça On-line

3 comentários:

  1. Excelente matéria! Isso já é o reflexo Michel Temer que fez cortes importantes na Saúde.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. na RDC 42, DE 25 DE OUTUBRO DE 2010 fala que no Art. 5º É obrigatória a disponibilização de preparação alcoólica para fricção antisséptica
    das mãos:
    I - nos pontos de assistência e tratamento de todos os serviços de saúde do país;
    II - nas salas de triagem, de pronto atendimento, unidades de urgência e emergência,
    ambulatórios, unidades de internação, unidades de terapia intensiva, clínicas e
    consultórios de serviços de saúde esta disponivel no sitehttp://www20.anvisa.gov.br/segurancadopaciente/index.php/legislacao/item/rdc-42-de-25-de-outubro-de-2010

    quanto não dispor de mascara que faz parte da segurança do trabalho a NR 32 tem norma regulamentadora dentro da NR no item 32.2.4.7 Os Equipamentos de Proteção Individual - EPI, descartáveis ou não, deverão estar à disposição em número suficiente nos postos de trabalho, de forma que seja garantido o imediato fornecimento ou reposição

    ResponderExcluir