Categorias

Fotos & Eventos (28) Futebol (8) Humor (6) Internacional (22) Mombaça (313) Nacional (111) Polícia (257) Política (43) Regional (293) Tecnologia (18)

sábado, 24 de junho de 2017

Ceará tem 33 mortes por chikungunya neste ano e mais casos confirmados que o total de 2016

A epidemia de febre chikungunya no Ceará segue com números crescentes. Até esta sexta-feira (23), o Ceará já tem 38 mil casos de chikunguya, mais que o total de todo o ano de 2016, quando foram confirmados 31.482 casos da doença, de acordo com boletim da Secretaria da Saúde.
Dos casos confirmados, 67,3% (26 mil) concentraram-se em pessoas de idade entre 20 e 59 anos. De acordo com a Secretaria da Saúde, a doença é mais comum entre as mulheres em todas as faixas etárias.
O número de mortes também aumentou: são 33 óbitos em consequência da chikungunya ocorridos no Ceará neste ano, sete a mais que há duas semanas. Em relação à dengue, são oito mortes por causa da doença.

Nível epidêmico

A incidência das doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypt (dengue, chikungunya e zika) é cinco vezes maior que o nível considerado epidêmico. Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), o nível da doença é epidêmico em uma região quando há 300 ou mais casos confirmados a cada 100 mil habitantes. No Ceará, a proporação atual é de 1.534 para cada 100 mil habitantes.


Fonte: G1 Ce

Nenhum comentário:

Postar um comentário