Categorias

Fotos & Eventos (41) Futebol (22) Humor (6) Internacional (50) Mombaça (790) Nacional (406) Polícia (647) Política (127) Regional (866) Tecnologia (34)

Breaking News

Comercial Valéria

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Duas cidades do Ceará seguem com volume zero de chuva neste mês

Pelo menos dois dos 184 municípios cearenses – Itarema, Moraújo – não registraram nenhuma gota de chuva nos primeiros 23 dias do mês de janeiro, período de pré-estação chuvosa, de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

As duas cidades estão em situação de emergência reconhecida pelo Governo Federal e são atendidas pela Operação Carro Pipa, tanto na área urbana como na rural. A Funceme não tem informações sobre a ocorrência – ou não – de chuvas em outras 19 cidades neste período.

Cidades com baixo volume de chuva no Ceará até 23 de janeiro

A média esperada para todo o mês de janeiro no Estado é de 98,7 mm. Até esta terça-feira (23), choveu 43,4 mm. Entre os municípios que registraram os menores volumes de chuva estão Palhano (10mm), Acopiara (10mm), Ubajara (9,6mm), Sobral (9,0mm), Camocim (8,0mm), Bela Cruz (8,0mm), Pacujá (7,0mm), Forquilha (6,8mm), Paramoti (6,5mm), Cariré (6,0mm), Carnaubal (6,0mm), Varjota (5,1mm), Cruz (4,0mm) e Croatá (3,2mm).


Cidades com chuva acima da média

Cidades que tiveram boas ocorrências de chuvas, acima da média para o mês de janeiro, foram Itaitinga (+61,6%), Lavras da Mangabeira (+8,6%), Iracema (+40,6%), Morada Nova (+22,4%) e Alto Santo (+9,8%).

Prognóstico

A probabilidade das chuvas no Ceará ficarem acima da média na chamada estação chuvosa, de fevereiro a abril, é de 40%, segundo previsão apresentada nesta segunda-feira (22), pela Funceme. As chances de haver chuva dentro da média é de 35%, e abaixo, 25%.

Chance de chuva acima da média histórica: 40%
Chance de chuva dentro da média histórica: 35%
Chance de chuva abaixo da média histórica: 25%
É uma previsão melhor para o período do que a divulgada em 2017, quando a probabilidade de chover acima da média era de 30%.



Fonte: G1



Nenhum comentário:

Postar um comentário