Categorias

Fotos & Eventos (41) Futebol (22) Humor (6) Internacional (44) Mombaça (732) Nacional (352) Polícia (591) Política (106) Regional (788) Tecnologia (31)

Breaking News

Comercial Valéria

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Membros de facção torturam mulheres e decepam dedos de homem em Quixeramobim

A Polícia Civil de Quixeramobim está investigando três crimes, de tortura, assumidos por membros de uma facção criminosa, registrados em vídeos e espalhados nas redes sociais. O delegado Cláudio Martins, à frente dos trabalhos, confirmou que os atos bárbaros foram praticados na cidade. As vítimas já foram identificadas, mas a Polícia não forneceu mais detalhes, exceto da instauração de inquéritos para apurar os crimes. Os autores responderão também por associação criminosa.

Em um dos vídeos, por esperar o filho e um membro de uma facção rival e ter postagens nas redes sociais, uma mulher foi torturada, agredida fisicamente e ainda teve os seus cabelos cortados e raspados por três indivíduos, um deles utilizando um capacete, o segundo uma balaclava e o terceiro não mostrando o rosto no vídeo. Eles ameaçavam a vítima com revólveres. Utilizando linguagens em código, classificaram o ato criminoso como um “castigo”.

Noutro vídeo um homem teve dois dedos da mão direita decepados, a golpes de facão, também como castigo, por ter amizade com outro membro da mesma facção rival. Sob ameaça de morte a vítima foi obrigada a colocar os dedos sob uma mesa. Em seguida, uma voz, dizendo “no três”. Logo depois os dedos foram decepados. Mesmo com os membros amputados, o rapaz foi obrigado a se comportar como se nada tivesse ocorrido. As cenas são fortes.




Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário