Categorias

Fotos & Eventos (41) Futebol (22) Humor (6) Internacional (50) Mombaça (790) Nacional (406) Polícia (647) Política (127) Regional (866) Tecnologia (34)

Breaking News

Comercial Valéria

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Após morte do chefão do PCC no Ceará, será enviada força-tarefa nacional ao Ceará

O governo informou que o destacamento será composto por 36 homens, sendo 26 da Polícia Federal e 10 da Força Nacional de Segurança Pública.

Após a polícia ter encontrado o corpo de um dos chefes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza, o governo federal informou que enviará uma força-tarefa ao estado.

Segundo o Ministério da Justiça, o objetivo é reforçar as operações conjuntas de inteligência "diante dos últimos acontecimentos", e "dar apoio técnico às forças de segurança estaduais nas ações de combate ao crime organizado".

O governo informou que o destacamento será composto por 36 homens, sendo 26 da Polícia Federal e 10 da Força Nacional de Segurança Pública, e será chefiado pelo almirante Alexandre Mota, secretário-adjunto da Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Ao lado do corpo de Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, em Aquiraz, foi encontrado e já identificado o corpo de Fabiano Alves de Souza, conhecido como Paca. De acordo com o procurador de Justiça, Marcio Sérgio Christino, os dois eram foragidos da Justiça de São Paulo e líderes da facção criminosa.

As duas principais suspeitas da polícia para as mortes são execução por facção rival ou retaliação do próprio PCC. Eles foram mortos com tiro no rosto e facada no olho.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública do Ceará, os corpos estavam na área de uma reserva indígena e sem identificação. A polícia investiga quem são os autores do crime.




Fonte: Portal DM

Nenhum comentário:

Postar um comentário