sexta-feira, 1 de junho de 2018

Duas crianças são mortas no Ceará em 24 horas atingidas por balas perdidas

No intervalo de apenas 24 horas, duas crianças, com idades entre 4 e 10 anos, foram assassinadas no Ceará. Os crimes ocorreram entre a noite de quarta-feira e o feriado de Corpus Christi.  Ambas foram atingidas por balas perdidas disparadas por criminosos em meio à guerra entre facções criminosas. Um dos casos ocorreu na Capital e outro no interior.

Era por volta de 21 horas desta quinta-feira (feriado), quando ocorreu um tiroteio entre bandidos nas ruas do bairro Autran Nunes, na zona Oeste de Fortaleza. Em meio aos disparos, uma bala “perdida”  atingiu uma menina de apenas 10 anos. A garota, identificada como Lívia Taunara de Sousa, ainda foi levada pelos vizinhos e familiares para a Unidade de pronto Atendimento (UPA) do bairro e de lá transferida para o Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro), em uma ambulância do Samu, mas acabou morrendo  já na madrugada desta sexta-feira (1º).

Segundo os familiares, Lívia estava na sala de casa assistindo TV, quando começou o tiroteio na rua. Bandidos perseguiam um homem, que acabou sendo baleado em um dos braços, mas resistiu. Já a criança foi baleada no pescoço.

Os assassinos fugiram do local e até a manhã de hoje não haviam sido presos.

Outra menina

Na cidade de Sobral, a quinta-feira de Corpus Christi foi marcada pelo sepultamento de outra criança assassinada.  O caso ocorreu na noite de quarta-feira (30), quando bandidos passaram atirando nas ruas do Conjunto Santo Antônio, na periferia da cidade de Sobral, na zona Norte do estado (a 224Km de Fortaleza).

A pequena Ana Vitória, de 4 anos, foi baleada no peito e morreu quando era levada para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral. Na manhã de ontem, policiais do BPRaio apreenderam dois adolescentes que estavam praticando assaltos e usavam uma motocicleta com as mesmas características da usada na fuga dos bandidos que mataram a criança. Com eles foi encontrado um revólver e objetos roubados.

Na Delegacia Regional de Sobral, um dos adolescentes confessou participação no tiroteio da noite anterior que culminou na morte da menina. O outro nega envolvimento.




Fonte: Ceará News

0 comentários:

Postar um comentário