terça-feira, 30 de outubro de 2018

Dupla é presa e fábrica de armas artesanais é fechada em ação da Polícia em Banabuiú

Uma ação conjunta realizada por equipes das Polícias Civil do Estado do Ceará (PCCE) e Militar do Ceará (PMCE), na última quinta-feira (25), resultou em duas prisões, na apreensão de três armas de fogo e no desmonte de um local onde eram fabricadas armas artesanais. O trabalho aconteceu na cidade de Banabuiú, no Sertão Central do Estado, que fica na Área Integrada de Segurança (20). Os presos e todo material apreendido foram encaminhados para a Delegacia Municipal local.

Uma composição do Policiamento Ostensivo Geral (POG) foi informada sobre o roubo de uma motocicleta, e logo deu início às buscas, com o objetivo de localizar os responsáveis pelo crime. Um Boletim de Ocorrência (B.O) na delegacia local, e a partir daí a PCCE começou as investigações acerca do caso. Durante o trabalho de buscas, uma denúncia anônima indicou aos agentes de segurança o local onde os autores do assalto e o veículo roubado estavam.

Com base nas informações passadas pelo denunciante, equipes da Delegacia Municipal de Banabuiú e do Policiamento Ostensivo Geral foram até um imóvel situado na Rua Brasília, no bairro de mesmo nome. Foi montado um cerco no local, quando um dos indivíduos efetuou um disparo em direção a composição. Os agentes de segurança revidaram. Foi solicitado apoio do Comando Tático Rural (Cotar) e do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), e um dos infratores acabou detido pelos policiais. 

Um jovem de  20 anos, que tinha o registro de um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por uso de entorpecentes, foi detido com uma munição de calibre 38, oito trouxinhas de maconha e dois papelotes de cocaína. O segundo suspeito, no entanto, não foi localizado na casa.

Dando continuidade às buscas, os policiais seguiram até outra residência, onde encontraram um homem de 55 anos. Na casa foram encontrados dois revólveres calibre 38, uma espingarda artesanal calibre 12, 13 carcaças de espingardas artesanais de calibre não identificado e uma quantia de pólvora e chumbo.

Com base no que foi encontrado durante a ofensiva, os dois suspeitos foram levados para a Delegacia Municipal de Banabuiú. Francisco Renan foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio, tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo. já o segundo foi autuado por comércio ilegal de arma de fogo. A Polícia Civil mantém as investigações, com o objetivo de capturar outros possíveis partícipes na prática criminosa.





Fonte: SSPDS

0 comentários:

Postar um comentário