quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Fenômeno oceânico gera ondas de até 2,5 metros em Fortaleza

Fortaleza terá ondas de até 2,5 metros entre esta terça e quinta-feira (20 e 22), conforme alerta a Marinha do Brasil. A maré alta é causa pelo fenômeno "sweel", originado por ventos fortes vindos do oceano.

A Capitania dos Portos orienta que as pequenas embarcações evitem se aproximar dessas áreas e que as de maior porte tenham mais atenção com os itens de segurança a bordo.

O fenômeno da ressaca tem como principal característica não só o aumento do tamanho das ondas, mas também de sua força. Por isso, é comum que elas ultrapassem a faixa de areia e avancem para a parte urbanizada, causando transtornos.

Visto como uma oportunidade por surfistas e praticantes de esportes radicais, o swell pode ser confundido com a ressaca do mar. Um aspecto da diferenciação está na formação do fenômeno. Segundo o capitão dos portos do Ceará, Madson Cardoso Santana, o swell tem origem no alto-mar.

"O swell é originado de ventos mais fortes que se formam no meio do oceano. Ele vai carregando toda aquela energia, transferindo para a superfície do mar, e vai criando ondulações que chegam até o continente", explica. "Quando a gente fala em ressaca, já é um fenômeno junto à praia. É aquela rebentação da onda mais junto da praia, e o swell não", afirma.

Mesmo diferenciado da ressaca do mar que atingiu a orla da capital, no início do ano, o swell "vai proporcionar ondas de até dois metros e meio. Não quer dizer que vai chegar até essa altura, mas alguns pontos da costa do Nordeste podem ter essas ondas", assegura Madson Cardoso.



Fonte: G1 CE

0 comentários:

Postar um comentário