sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Sertão Central, registra expressivos volumes de chuva, Mombaça está entre as maiores precipitações

O Ceará voltou a receber um volume expressivo de chuvas em pelo menos 28 municípios, no intervalo entre as 7h desta quinta-feira (22) e as 7h desta sexta-feira (24), segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Há 16 dias não chovia em tantos municípios cearenses. As regiões que mais receberam chuvas foram as divididas pela Funceme em Sertão Central e Inhamuns, e Ibiapaba.

Na previsão realizada nesta quinta-feira (22), a Unidade de Tempo e Clima da Funceme já havia indicado possibilidade de precipitações. Conforme o meteorologista Raul Fritz, as chuvas do intervalo de 24 horas deram-se por alterações atmosféricas próximo à Linha do Equador.

“As precipitações que ocorreram no Estado aconteceram devido à formação de áreas de instabilidade associadas ao um deslocamento temporário da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) em direção ao litoral do Ceará”, explica.

Até o momento, o maior registro de chuva foi em Tauá, município da região dos Inhamuns, com 60 milímetros. A Funceme ainda aponta 57,5 mm em Arneiroz, 53 mm em Catarina e ainda 50 mm em Orós, todos na mesma região.

Os dados ainda são parciais e podem ser acompanhados pelo Calendário de Chuvas no site da Funceme ou por meio do aplicativo de mesmo nome.

Durante a manhã desta sexta, a Rede de Radares mantida pela Funceme continua registrando chuvas, principalmente na porção oeste do Sertão Central. Para sexta-feira, a previsão do tempo indica nebulosidade variável com eventos de precipitações no centro-norte do Estado. Nas demais regiões, céu parcialmente nublado. Situação semelhante para o sábado (24).

Já para o domingo (25), os meteorologistas do órgão estadual apontam nebulosidade variável com eventos de chuva em todo o Ceará.

DEZ MAIORES CHUVAS POR POSTO NO DIA

Tauá - 60,0 mm
Arneiroz - 57,5 mm
Catarina - 53 mm
Orós - 50 mm
Mombaça - 38 mm
Pires Ferreira - 32 mm
Farias Brito - 30,6 mm





0 comentários:

Postar um comentário