ProveNET Sinal de Internet Inteligente!

A melhor banda larga do Ceará!

Anuncie Aqui!

Não perca tempo, anuncie já aqui!

JP Pneus

Pneus - Peças - Acessórios para Motos

Assistência Familiar Caminho do Céu

Sua Família Merece o Melhor.

Anuncie Aqui!

Não perca tempo, anuncie já aqui!

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Pis/Pasep: pagamento aos nascidos em setembro começa hoje

A Caixa paga nesta quinta-feira (19) o abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) para os trabalhadores nascidos em setembro com direito ao benefício. Para quem tem conta no banco, o depósito foi feito automaticamente na terça-feira (17).

No caso dos servidores públicos, o pagamento do abono salarial do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) é feito pelo Banco do Brasil (BB). Receber o benefício este mês os cadastrados com final de inscrição 2.

Quem pode sacar o benefício
Tem direito ao abono as pessoas cadastradas no PIS/Pasep há, pelo menos, cinco anos e ter trabalhado com carteira assinada em 2018 por, no mínimo, 30 dias, com remuneração salarial até dois salários mínimos, em média.

É preciso, também, que o empregador tenha informado corretamente os dados do trabalhador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) de 2018, entregue ao governo federal.

O Abono Salarial estará disponível para saque até 30 de junho de 2020.


(Agência Brasil)

Mombaça, Iguatu, Quixadá e Tauá - Uece abrirá inscrições para o 1º Vestibular de 2020

A Universidade Estadual do Ceará (Uece), por intermédio da Comissão Executiva do Vestibular (CEV), vai abrir inscrições para o Vestibular 2020.1, exclusivamente pela internet. As inscrições para o certame ocorrerão no período de 23 de setembro a 11 de outubro 2019. O concurso destina-se a selecionar candidatos para os cursos de graduação do primeiro período letivo de 2020.

Estão sendo oferecidas 2.534 vagas, das quais 1.268 são para os cursos de Fortaleza e 1.266 vagas são para os cursos das Unidades da Uece no Interior do Estado, localizadas nos municípios de Quixadá, Limoeiro do Norte, Itapipoca, Iguatu, Crateús, Tauá e Mombaça.

Segundo o presidente da CEV, professor Fábio Perdigão, a inscrição via internet será para candidato pagante integral, isento 100% ou isento 50%.
A partir das 23h59min, do dia 11 de outubro de 2019, o acesso à internet para geração da ficha eletrônica de inscrição e do Documento de Arrecadação Estadual (DAE) será bloqueado. O DAE poderá ser gerado até as 23h59min do dia 11 de outubro, terá como vencimento o dia 14 de outubro, último dia em que o candidato poderá reimprimi-lo e pagá-lo.

A taxa de inscrição no valor de R$ 140,00 poderá ser paga na rede bancária ou nos estabelecimentos por ela credenciados, através do Documento de Arrecadação Estadual (DAE) emitido via internet. Ao candidato será atribuída total responsabilidade pelo correto preenchimento dos campos da ficha eletrônica de inscrição e do DAE.
Na ficha Eletrônica de inscrição, o candidato indicará o Curso e a Língua Estrangeira (Inglês, Francês ou Espanhol) de sua escolha.

As provas da 1ª Fase serão aplicadas no dia 15 de novembro (sexta-feira), com uma Prova de Conhecimentos Gerais de múltipla escolha: Língua Portuguesa, Língua Estrangeira, Geografia, História, Matemática, Física, Química e Biologia.  A 2ª Fase acontecerá nos dias 15 e 16 de Dezembro de 2019, respectivamente (domingo e segunda-feira), com a realização de quatro Provas: uma de Redação e três Específicas, de acordo com o curso de opção do candidato.

Mais informações podem ser obtidas no manual do candidato, acessando aqui,  na sede da CEV, Campus Itaperi, situada na Av. Dr. Silas Munguba, 1700, no endereço eletrônico www.uece.br/cev ou pelos telefones 3101.9710 ou 3101.9711. 



(Universidade Estadual do Ceará)

Economia do Ceará cresce o dobro do Brasil no segundo trimestre

A economia do Ceará cresceu, nominalmente, o dobro em relação ao Brasil. Segundo o governador Camilo Santana (PT), o Produto Interno Bruto (PIB) do estado apresentou uma evolução de 2,08% no segundo trimestre de 2019 ante igual período de 2018. Já o país teve uma alta de 1%.

Os dados foram calculados pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), que deverá divulgar o resultado consolidado ainda nesta quinta-feira (19).

De acordo com o governador do Ceará, o dado positivo foi puxado pelo desempenho da indústria, que apresentou uma alta de 4,68% no período analisado.

Camilo comemorou a evolução da economia e anunciou que terá uma reunião na Secretaria de Planejamento do Estado (Seplag) sobre a definição da data de convocação do concurso para agentes penitenciários.

"Estou feliz, e esse é um resultado que nos anima a buscar novas parcerias e investimentos para o estado do Ceará. Estamos no batente e mais tarde estarei na Secretaria do Planejamento para discutir o data de convocação dos agentes penitenciários", disse o governador.


(G1 CE)



Bolão de assessores do PT ganha Mega-Sena de R$ 120 milhões

Um bolão feito pela área técnica da liderança do PT na Câmara dos Deputados com a participação de 49 pessoas foi o grande ganhador da Mega-Sena acumulada em R$ 120 milhões, segundo parlamentares do próprio partido.

Momentos depois de ter sido divulgada a informação de que a aposta vencedora havia saído para Brasília, na noite desta quarta-feira (18), houve comemoração no plenário e em corredores próximos à liderança do PT.

Confira o resultado da Mega-Sena concurso 2.189
No momento, a Câmara votava o projeto de minirreforma eleitoral, que afrouxa regras de controle e transparência dos partidos.

Pelo rateio, cada um dos cotistas receberá R$ 2,5 milhões. Um motorista do partido teria adquirido seis cotas, o que significa que vai embolsar, sozinho, R$ 15 milhões.

Segundo integrantes do partido, há possibilidade de haver deputados no bolão, mas ninguém confirmou a informação.

"E quando a gente ganha, a gente ganha de forma socialista, 49 cotas!", disse à reportagem um dos coordenadores da Liderança do PT, Marcus Braga, que participou do bolão com uma cota de R$ 10.

"Já estava encaminhando a papelada para a aposentadoria, são 38 anos de INSS, comecei a trabalhar aos 16 anos, então dá uma tranquilizada", afirmou Braga, 61, que momentos depois foi para o departamento médico da Casa medir a pressão arterial.

"Os assessores da liderança do PT ganharam na Mega-Sena. E eu quero aqui parabenizá-los e agradecer pelo PT ficar um mês sem liderança, sem obstruir o plenário. Vai ser uma maravilha agora a votação. E eu quero ver se o pessoal vai socializar esse dinheiro aí ou se vai ficar só na liderança", disse no plenário o deputado Kim Kataguiri (DEM-SP). Ao que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), respondeu: "Deputado Kim, você tem que ser liberal em tudo".
O colega Aliel Machado (PSB-PR) emendou: "Me parece aqui que o PT vai mudar de orientação e não quer mais taxar grandes fortunas. Parece que o PT vai querer ficar com as fortunas. E a gestão Bolsonaro vai ter que pagar para o PT a Mega-Sena. Eu proponho até que ele [o presidente Jair Bolsonaro] faça um cheque simbólico e venha entregar pessoalmente nesta casa."

Na entrada do gabinete da liderança do PT o clima era de festa e nervosismo, o que em certas salas contrastava com pessoas de fisionomia séria. Alguns funcionários não participaram do bolão.

"Algum de vocês ganhou? Foge que o Emídio está chegando", brincou o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), referindo-se ao tesoureiro do PT, Emídio de Souza.
"O PSL [partido de Bolsonaro] falou que vai criar uma CPI. Eu disse que bom, coloca o PSL na presidência e o PT na relatoria para investigar como o governo do Bolsonaro deu o prêmio pro PT. Que azar!", brincou o deputado José Guimarães (PT-CE).

Além da Mega, 406 apostas acertaram a Quina (cinco números) e vão levar R$ 19.407,24 cada uma. Na quadra (quatro acertos) foram 24.366 apostas ganhadoras, que receberão R$ 461,96 cada uma.

Foi o terceiro maior prêmio acumulado no ano e um dos 20 maiores da história. O maior saiu em maio, para um sortudo que apostou pela internet e levou R$ 289 milhões.

Um detalhe final: os números desta quarta foram 4, 11, 16, 22, 29 e 33. Nenhum deles 13, o número do PT.


(Diário do Nordeste)

Universitária de Direito é presa suspeita de ser informante de traficantes no Ceará

Uma estudante de Direito foi presa por suspeita de repassar informações sigilosas a traficantes de Sobral enquanto estagiava no Fórum do município. Segundo a polícia, Gerciany de Lima Marques, 22 anos, era o principal alvo da operação da Polícia Civil contra o crime organizado que cumpriu 27 mandados de prisão e de busca e apreensão no Norte do Ceará, nesta quinta-feira (19). 

A jovem é namorada de um traficante da região e costumava fotografar os policiais, enquanto estagiava no Fórum no início de 2019, e enviar as fotos para o criminoso, segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). 

“A Gerciany se aproveitava do acesso que tinha aos procedimentos, devido à função que exercia como estagiária, e repassava informações aos criminosos”, revelou o delegado titular do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas (NCTD) de Sobral, Ricardo Magalhães. 

Treze pessoas foram presas na operação, sendo oito mulheres e cinco homens. A Polícia Civil cumpriu ainda três mandados de prisão na Penitenciária Industrial Regional de Sobral. 

Os alvos no presídio foram: Francisco de Assis do Nascimento Gomes (34), vulgo "Diaço", que já responde por roubo com restrição de liberdade da vítima, ameaça, homicídio, furto, contravenção penal, porte ilegal de arma de fogo, receptação e roubo; Fábio Silva Melo (39), o "Fabinho" ou "Gago", que tem passagem na Polícia por tráfico de drogas e tentativa de homicídio; além de José Wilson da Silva Alves (25), o "Wilsinho", que responde por homicídio. 

Os outros presos são:  
Antônia Cristina do Nascimento (29);  
Carlos Gilson Nascimento Guilherme (20), vulgo "Carneirinho", que já responde por tráfico de drogas, crime contra a incolumidade pública e porte ilegal de arma de fogo;  
Daiana Sousa Silva (29);  
Elisabete Silva de Souza (28), conhecida como Beth”;  
Francisco Edgleyson Rodrigues de Sousa (30), o "Salomé", que já responde tráfico de drogas;  
Iuri da Costa Albuquerque (26), que já responde por tráfico de drogas;  
José Edson da Silva (33), vulgo “Edinho”;  
Layanna da Silva Cavalcante (24), a "Lay", que responde por posse ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas;  
Maria Betânia de Araújo do Nascimento (35);  
Natasha Maria Furtado Domingues (25), que já responde por tráfico de drogas;  
Rozane da Silva Sales (32), vulgo "Miúda", que já responde por tráfico de drogas;  
Yasmin da Silva Santos (19), que tem antecedente por tráfico de drogas. 
Contra todos os suspeitos foram cumpridos mandados de prisão preventiva solicitados pela PCCE junto ao Poder Judiciário de Sobral. Ainda durante a ação policial, diversos aparelhos celulares foram apreendidos. A polícia segue com as investigações para identificar e capturar outros envolvidos. 


(Diário do Nordeste)

MOMBAÇA: Menores são capturados responsáveis por vários assaltos e furtos na região

Nesta quarta-feira, dia 18/09/2019, a Polícia Civil de Mombaça apreende menores responsáveis por recentes furtos e assaltos na região. No mais, foi recuperada parte da mercadoria furtada de um estabelecimento comercial no início desta semana. 

Um dos menores já possui mandado de busca e apreensão em seu
desfavor, o qual fora efetivamente cumprido. Os procedimentos foram realizados no âmbito da Delegacia de Mombaça e aos menores será dado destino pela Justiça.

Delegado: Dr. Rodrigo Delamary

DENUNCIE! A POLÍCIA CIVIL GARANTE O TOTAL SIGILO DAS INFORMAÇÕES
Telefones:
FIXO: (88) 35833435
WHATSAPP (85) 997777817





quarta-feira, 18 de setembro de 2019

TRE-CE convoca eleições suplementares de Tianguá e Irauçuba

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) aprovou nessa terça-feira, 17, as Resoluções n.º 747/2019 e 745/2019, que estabelecem a realização das eleições suplementares para os cargos de prefeito e vice-prefeito dos municípios de Tianguá e Irauçuba para o dia 27 de outubro. Além disso, nos documentos são fixadas instruções para que o pleito ocorra.

Tianguá
No último dia 9 deste mês, a Corte anulou, por unanimidade, os diplomas do prefeito de Tianguá, José Jaydson Saraiva Aguiar, e de seu vice, Mardes Ramos de Oliveira. Na ocasião, foram rejeitados os embargos da defesa que tentaram anular o julgamento concluído no dia 20/08, que havia tornado ambos inelegíveis, bem como a nulidade dos votos e diplomas.

José Jaydson e Mardes Ramos haviam vencido as eleições suplementares do município que ocorreram em junho de 2018.

Um dia após o deferimento do registro de candidatura de Jaydson, em 22/05/18, o TRE-CE julgou Ação de Investigação Judicial Eleitoral, que já tramitava na Corte, mantendo a pena de inelegibilidade por 8 anos ao candidato José Jaydson, por abuso de poder econômico/político, quando disputava as Eleições 2016 (não eleito).

Irauçuba
Em 22 de julho deste ano, o TRE decidiu pela cassação dos mandatos do prefeito, Raimundo Nonato Sousa, e vice, José Pinto de Mesquita, do município, por abuso de poder econômico nas eleições municipais de 2016.


(Repórter Ceará)

Ex-namorado mata comerciante a facadas e comete suicídio em Fortaleza

Uma comerciante de 41 anos foi morta, na noite desta terça-feira (17), pelo ex-namorado na casa onde ela morava, no Bairro Paupina, em Fortaleza. Ivanildo, de 35 anos, cometeu suicídio em seguida. Segundo vizinhos e familiares, ele não aceitava o fim do relacionamento.

A ex-namorada de Ivanildo, Antônia Cariré do Nascimento, era natural do município de Independência, no Sertão dos Inhamuns, e morava em Fortaleza há 25 anos. Nice, como era conhecida no bairro, tinha uma loja de confecções e era querida pelos vizinhos.

Namorado violento
Moradores afirmaram ao G1 que o casal namorava há cerca de quatro meses e que Nice já havia revelado para pessoas próximas que o namorado era muito violento. O rapaz morava na mesma rua com uma sobrinha.

Os vizinhos ainda relataram que na tarde de terça-feira, no dia do crime, Ivanildo almoçou com a vítima e apresentava sinais de embriaguez. Segundo informações da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), ela foi atingida a golpes de faca e encontrada morta no quarto. Ele foi achado morto na cozinha. O agressor utilizou três facas diferentes, sendo duas de mesa e uma “peixeira”.


(G1 CE)

Agressores de mulheres deverão ressarcir custos com atendimento médico

O agressor de violência doméstica terá que ressarcir ao Sistema Único de Saúde (SUS) os custos médicos e hospitalares com o atendimento à vítima de suas agressões. A Lei nº 11.340, que estabelece a responsabilização, sancionada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, está publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (18).

De acordo com o texto, “aquele que, por ação ou omissão, causar lesão, violência física, sexual ou psicológica e dano moral ou patrimonial a mulher fica obrigado a ressarcir todos os danos causados, inclusive ao Sistema Único de Saúde (SUS)”. Os recursos arrecadados vão para o Fundo de Saúde do ente federado responsável pelas unidades de saúde que prestarem os serviços de atendimento à vítima de violência doméstica.

O documento diz ainda que os custos com o uso de dispositivos eletrônicos de monitoramento também deverão ser ressarcidos pelo agressor. A portaria determina ainda que os bens da vítima de violência doméstica não podem ser usados pelo autor da agressão para o pagamento dos custos e nem como atenuante de pena ou comutação, de restrição de liberdade para pecuniária.

Segundo o projeto Relógios da Violência do Instituto Maria da Penha (IMP), a cada 7,2 segundos uma mulher sofre agressão física no Brasil.




Ceará conta hoje com mais de 5 mil presos circulando nas ruas com tornozeleiras

O Ceará conta hoje com uma verdadeira legião de presidiários circulando  livremente pelas ruas das cidades, após terem passado pelo Sistema Penitenciário. São cerca de 5 mil homens e mulheres, jovens adultos e até adolescentes que estão usando tornozeleiras eletrônicas, de acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária (Seap).  A maioria foi condenada pela Justiça, cumpriu boa parte da pena atrás das grades e, atualmente, está no regime semiaberto.

Dos 5.003 “tornozelados” no estado, 2.547 estão em regime semiaberto. Outros 2.357 cumprem liberdade provisória e outros 93 estão indiciados na Lei Maria da Penha, por terem agredido ou ameaçados suas companheiras.  E mais seis usam o equipamento de monitoramento por outras razões e determinações judiciais.

De acordo com a Seap, são 4.125 homens  circulando com tornozeleiras eletrônicas, além de 878 mulheres. A maioria (2.170) cumpre medidas cautelares por prática de crimes comuns e cuja pena de prisão foi substituída pelo monitoramento eletrônico por decisão da Justiça.  Outros 1.207 estão em prisão domiciliar.

Dos 5.003 presos usando o equipamento de rastreamento, 2.543 são monitorados na Região Metropolitana de Fortaleza e outros 714 passaram a usar o equipamento após audiência de custódia realizada na Capital.  Somente no interior do estado, já são 1.746 presidiários nesta situação, isto é, usando tornozeleiras.

Delitos
Apesar de a secretaria da Administração Penitenciária ressaltar que o monitoramento é feito com eficiência, diariamente ex-presidiários são apanhados em flagrante nas ruas da Grande Fortaleza praticando delitos leves e graves, que vão desde pequenos furtos a assaltos, tráfico de entorpecentes e assassinatos. Muitos também acabam mortos usando o rastreador.

Também tem se tornado comum a Polícia ou mesmo a população encontrar tornozeleiras abandonadas nas ruas. Neste caso, elas devem ser entregues às autoridades que buscarão capturar o preso.


(CN7)


Forte rajada de ventos deixa casas destelhadas em Pedra Branca

Uma forte rajada de ventos destelhou algumas residências no início da tarde desta quarta-feira (18),  no Residencial Fontinele Abreu em Pedra Branca.
Segundo informações de moradores, era por volta das 12:30h, quando a ventania atingiu as residências, onde foram arrancados parcialmente os telhados.
Pelo menos 3 casas ficaram danificadas.
Não houve registro de feridos.



(Portal de Notícias CE)

Funcionários dos Correios suspendem paralisação em todo o país

Os funcionários dos Correios decidiram em assembleias realizadas na noite desta terça-feira (17) suspender em todo o país a paralisação iniciada no último dia 10, aceitando a proposta do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de prorrogação do atual acordo coletivo da categoria até a data do julgamento do dissídio.

Os trabalhadores, entretanto, decidiram manter o chamado "estado de greve" até o julgamento do dissídio coletivo, marcado para 2 de outubro. "Neste momento, com a negociação já ajuizada e sem garantias de novos acordos até a data do julgamento, é necessário manter o diálogo e intensificar os movimentos e atos públicos na defesa dos Correios e na luta contra a privatização", afirmou a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect).

No último dia 12, o ministro do TST Maurício Godinho Delgado já havia determinado que 70% dos funcionários dos Correios voltassem ao trabalho.

Em nota, os Correios destacaram que a suspensão da paralisação foi a condição para que a empresa aceitasse a proposta do TST de manter as cláusulas do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2018/2019 até a data do julgamento do dissídio coletivo.

"A empresa espera chegar a um entendimento razoável sobre o ACT 2019/2020, com a confiança de que o Tribunal reconhece a importância de, neste momento, retomar o equilíbrio financeiro de uma empresa tão estratégica quanto os Correios", afirmou.

Segundo a estatal, já foram implementadas medidas para que o fluxo postal e as entregas sejam normalizados "o mais rápido possível", incluindo o deslocamento de empregados administrativos para auxiliar na operação e a realização de mutirões nos fins de semana.
"A rede de atendimento dos Correios está aberta em todo o país e os serviços, inclusive SEDEX e PAC, continuam sendo postados e entregues em todos os municípios", informou a empresa, que classificou a paralisação dos últimos dias de "parcial".

Reivindicações dos grevistas
A categoria pede reposição da inflação do período e é contra a privatização da estatal, incluída no mês passado no programa de privatizações do governo Bolsonaro.

Os trabalhadores querem também a reconsideração quanto à retirada de pais e mães do plano de saúde, melhores condições de trabalho e outros benefícios.

"Se não fosse a greve, a direção da ECT manteria a intransigência, não negociaria e se aproveitaria da reforma trabalhista, que acabou com a ultratividade (manutenção do acordo até que outro seja assinado). E passaria a aplicar só o que está na CLT. Ou seja, daríamos adeus a vários direitos com o adicional de férias, o anuênio, o ticket peru e outros", disse, em nota a Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (Findect).

A direção dos Correios informou ter participado de dez encontros com os representantes dos trabalhadores para apresentar propostas dentro das condições possíveis, "considerando o prejuízo acumulado na ordem de R$ 3 bilhões".

"Os Correios buscaram construir uma proposta de acordo coletivo de trabalho dentro das condições financeiras suportadas pelo caixa da empresa. As federações, por sua vez, reivindicam vantagens impossíveis de serem concedidas no atual momento da empresa e da própria economia do país", afirmou a estatal.


(G1 CE)



Adolescente de 15 anos é procurado pela polícia suspeito de estuprar a mãe e irmão

Um adolescente de 15 anos é procurado pela polícia suspeito de estuprar a mãe e irmão de nove anos na cidade de Crateús, interior do Ceará. De acordo com a Polícia Civil, o caso foi registrado por uma conselheira tutelar nesta terça-feira (17).

Segundo familiares, a mãe toma medicamento, e o adolescente aproveitou o momento em que a familiar estava adormecida para praticar relações sexuais no último dia 12.

Em nota, o órgão explicou que mãe e a criança foram encaminhadas para a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) para realizar exames.

Os agentes disseram que já têm informações de onde o adolescente pode estar. O caso vai ser investigado pela Delegacia Regional de Crateús.


(G1 CE)

terça-feira, 17 de setembro de 2019

Suspeito de tentativa de homicídio na zona rural de Pedra Branca é preso em flagrante

Equipes da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal (GCM) de Pedra Branca prenderam na tarde desta segunda-feira (16) um homem identificado como Paulo Sérgio Pedrosa de Melo, 42 anos. A prisão ocorreu após ele tentar assassinar com um tiro de espingarda outro morador da localidade de Mineirolândia, onde residem.

A Polícia informou que a tentativa de homicídio ocorreu em um bar daquela localidade. Paulo Sérgio teria apontado a arma na direção de um indivíduo conhecido como “Alemão”. O filho dele cuja identificação não foi revelada, reagiu e tentou agarrar a arma de fogo. Foi atingido por um disparo no pescoço.

Após balear o rapaz, populares tomaram a espingarda, de cano cerrado, mas Paulo Sérgio conseguiu correr para a residência dele, no bairro Bela Vista, onde foi preso. Ele alegou que estava apenas querendo cobrar uma dívida financeira. Havia vendido uma motocicleta para “Alemão”.

Ainda de acordo com a Polícia, ao ser preso Paulo Sérgio apresentava um corte na cabeça e uma lesão no braço. A vítima do disparo foi transferida para Fortaleza. Não foram informados mais detalhes.


(Diário Sertão Central)

Bilhete encontrado na boca de preso revelou plano de fuga em massa no presídio

Um bilhete encontrado ontem (16), na boca de um detento – algemado – , levou as autoridades do Sistema Penitenciário do Ceará a descobrirem a tempo um audacioso plano de fuga coletiva de presos ligados a uma facção criminosa. O grupo seria resgatado do Centro de Detenção Provisória (CDP), uma das unidades do Complexo Penitenciário da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), localizada  na BR-116, em Aquiraz.

O preso, que não teve o nome revelado, havia recebido o bilhete através de um advogado e nele constavam informações sobre como os responsáveis pelo resgate iriam agir. O bandido usaria, ao menos, seis veículos. Dois deles iriam “fechar” a rodovia BR-116, e mais quatro, n as áreas interna e externa do presídio.

No mesmo pedaço de papel encontrado na boca do preso estava escrito que haveria um despiste para que o plano de fuga desse certo: presos da  mesma facção fariam motins simultâneos nos presídios do Carrapicho (em Caucaia) e da Pacatuba. Desse modo, as forças policiais e da Secretaria da Administração Penitenciária iriam ser deslocadas para estas duas unidades e os bandidos teriam tempo suficiente para escapar da CDP sem risco de terem um confronto com policiais militares e agentes penitenciários.

A descoberta do plano “vazou” na manhã de hoje (17), pois estava sendo tratada em sigilo pelas autoridades. O preso que portava o bilhete foi isolado disciplinarmente dos demais e a SEAP tenta obter mais informações sobre o plano de fuga.

Superlotado
O Centro de Detenção Provisória foi inaugurado pelo governo do estado no dia 28 de junho do ano passado com o objetivo de receber todos os presos que estavam nas delegacias da Polícia Civil da Capital cearense e sua Região Metropolitana. Com capacidade para comportar até 568 presos, a unidade foi divida da seguinte forma: 48 celas para prisão especial (presos com diploma de nível superior), 28 para recolhimento disciplinar (castigo) e mais 492 vagas em celas comuns.

No entanto, com a transferência para a Grande Fortaleza de centenas de detentos das cadeias públicas desativadas no Interior, o CDP está superlotado. A  última contagem oficial revelou que atualmente estão no Centro, nada menos, que 1.224 detentos, isto é, a unidade conta  com um excedente de 656 detentos.

Até agora, a SEAP não se pronunciou oficialmente sobre o plano de fuga descoberto nas últimas horas no CDP.


(CN7)

Prefeito de Crateús tem celular clonado por golpista

O prefeito Marcelo Ferreira Machado, de Crateús, no Sertão dos Inhamuns, procurou a Polícia Civil para denunciar que teve o número do celular clonado por alguém que passou a pedir dinheiro aos contatos do gestor. O gestor disse que se deu do crime na última segunda-feira (16).

Marcelo Machado explicou que foi surpreendido, na noite de segunda-feira, com o alerta de amigos e secretários de sua gestão, que começaram a receber mensagens via WhatsApp pedindo-os para realizar transações bancárias para contas diversas em valores de até R$ 2 mil.

Por meio de nota, a Prefeitura de Crateús explicou que, após tomar conhecimento do fato, divulgou o golpe por meio da imprensa e redes sociais.

O prefeito lamentou o ato criminoso e disse que todas as “medidas cabíveis já estão sendo tomadas no intuito de tentar identificar a autoria”. Ainda segundo a assessoria da prefeitura, o número clonado já foi encaminhado para a operadora de telefonia fazer o cancelamento da linha.

O caso é investigado pela Polícia Civil. Um boletim de ocorrência (B.O) foi feito na Delegacia Regional de Crateús.


(Expresso Ceará)

Pagamento do Garantia Safra 2017/2018 é liberado para nove municípios do Ceará

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento/Secretaria de Política Agrícola publicou a Portaria Nº 4.315, de 13 de setembro de 2019 autorizando o pagamento do Garantia Safra 2017/2018 dos agricultores de nove municípios do Ceará, nas mesmas datas definidas pelo calendário de pagamento de benefícios sociais da Caixa Econômica Federal.

Nove municípios do Ceará foram beneficiados:
Acopiara 
Altaneira 
Araripe 
Assaré 
Boa Viagem 
Campos Sales 
Cariré 
Catarina 
Crateús





Morre 13ª vítima de incêndio em hospital no Rio

Morreu na madrugada de hoje (17) mais uma vítima do incêndio ocorrido na quinta-feira (12) no Hospital Badim, na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro. A paciente Áurea Martins de Oliveira havia sido transferida para o Hospital Samaritano, em Botafogo, mas não resistiu.

Na manhã de ontem (16) outra paciente, transferida para o Hospital Copa D’Or, morreu. Com isso, a tragédia soma 13 mortos. A Polícia Civil fez uma perícia ontem no local do incêndio, e o trabalho deve continuar hoje. Os funcionários também iniciaram a limpeza do prédio que não foi afetado pelas chamas.


(Diário do Nordeste)

Combustíveis podem ficar até 8% mais caros com alta do petróleo

Após os ataques à refinaria Aramco, na Arábia Saudita, no último sábado (14), o preço do barril de petróleo Brent no mercado internacional sofreu elevação de 19,5% ontem (16) – a maior alta diária registrada desde 1991, quando começou a Guerra do Golfo – atingindo US$ 71,95 (R$ 293,63). Os consumidores brasileiros poderão sofrer com aumento de até 8% no valor dos combustíveis, segundo estima o consultor de petróleo e gás, Bruno Iughetti. Já nas refinarias brasileiras, a elevação de preços pode chegar a até 10%.

Apesar da disparada do preço do barril, a Petrobras não deverá repassar imediatamente os aumentos para o consumidor brasileiro. A estatal vai avaliar o comportamento do preço do petróleo nos próximos dias para depois decidir se irá revisar os preços dos combustíveis no Brasil. Na prática, significa que, por ora, a petroleira vai segurar os preços dos combustíveis.

Ainda assim, Iughetti destaca que a disparada deve refletir sobres preços dos combustíveis, uma vez que a Petrobras “não poderá suportar por tanto tempo” a medida. Ele lembra que a refinaria atacada é responsável pela produção de cerca de 6% de todo o petróleo produzido no mundo.

“Com certeza, os derivados no Brasil sofrerão com essa alta. Até porque uma das variáveis utilizadas pela Petrobras no reajuste dos valores praticados nas refinarias é o preço do barril de petróleo”, explica. Além do combustível fóssil, a estatal também leva em consideração a cotação do dólar, que fechou ontem em alta de 0,05%, a R$ 4,08.

Apesar da iminente elevação no valor dos combustíveis, Iughetti ressalta que tudo vai depender do que irá acontecer nos próximos dias, uma vez que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que irá abrir mão de suas reservas estratégicas para que o efeito nas preços finais não sejam tão drásticos.

“Esperamos que as declarações de Trump surjam o efeito esperado”, torce o consultor. Para tentar minimizar os efeitos, a Petrobras anunciou que vai segurar o preço da gasolina até que haja estabilidade nos valores dos barris de petróleo.

Inflação
O consultor de energia, Expedito Parente Júnior, aponta que a volatilidade do preço do petróleo pode ser um fator inflacionário no Brasil. Ele explica que o custo com transporte pode gerar um consequente aumento no preço dos produtos finais para o consumidor.

“Com isso, pode ser que a própria taxa básica de juros, a Selic, seja impactada. O mercado tinha a expectativa de encerrar o ano com a Selic abaixo de 5%, mas pode ser que ela volte a subir ou pelo menos pare de cair, aumentando o custo do investimento no País”, esclarece.
Ele aponta que a dimensão dos efeitos vai depender, por exemplo, da política estratégica adotada pela Petrobras. “Nós temos estoque. Pode ser que a Petrobras não repasse esse aumento logo para os consumidores, repassando posteriormente ou mesmo na esperança da volta de uma normalidade”.

Pré-sal
Parente afirma que, apesar do Brasil produzir petróleo, nós também importamos. “As refinarias brasileiras são de antes da descoberta do pré-sal. Então, o petróleo produzido no Brasil não tem as características para ser processado aqui. Estamos sujeitos a essas variações também”, ressalta o consultor de energia.

Ele acrescenta que aos estados que mais concentram a produção no Brasil, como Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo, deverão apresentarão um aumento de arrecadação com a elevação do preço do barril de petróleo. “Haverá mais lucro. No entanto, essa volatilidade é ruim por conta dos outros fatores que já apresentamos”, alerta.

Gasolina
O preço médio da gasolina vendida nos postos de combustíveis do Ceará já traça uma trajetória de alta ao longo do ano. De acordo com o levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o valor no Estado subiu cerca de 7,6% no ano, passando de R$ 4,250 na semana do dia 6 a 12 de janeiro para R$ 4,573 entre os dias 8 e 14 de setembro.

Para o consultor da presidência do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado do Ceará (Sindipostos-CE), Antonio José Costa, o aumento é resultado normal das reações do mercado. “A população pode ficar tranquila, porque isso é reação normal. Quanto ao futuro, não conseguimos ainda dizer nada”, acrescenta.

Disparada é teste para política de preços 
A disparada do preço do petróleo após ataques em instalações petrolíferas na Arábia Saudita será um teste para a autonomia da Petrobras para definir os preços dos combustíveis em momentos de crise, avaliam analistas que acompanham os negócios da estatal.

No mercado, porém, não há ainda clareza sobre a duração desse ciclo de alta, que vai depender da capacidade de recuperação da produção saudita ou de substituição do petróleo daquele país por outras fontes.

O cenário favorece as negociações com ações da estatal, que tiveram forte alta na Bolsa brasileira. As ações preferenciais, mais negociadas, da companhia subiram 4,39%, a R$ 27,95.

Ainda assim, Luiz Carvalho e Gabriel Barra, analistas do banco UBS, veem uma situação “desafiadora” para a estatal. Além do petróleo, dizem, a taxa de câmbio deve sentir os efeitos da crise, pressionando ainda mais a chamada paridade de importação – conceito usado pela política de preços da estatal, que simula o custo de importação.

Eles lembram que no passado, a empresa segurou seus preços em diversos momentos de crises semelhantes, gerando prejuízos em suas operações de refino. “A gestão atual tem conseguido implementar uma estratégia bem sucedida até agora e esse evento será um importante teste sobre a solidez dessa política”.

Em abril, durante um ciclo de alta das cotações internacionais, o presidente Jair Bolsonaro determinou que a direção da Petrobras suspendesse reajuste no preço do diesel, alegando risco de nova greve de caminhoneiros. A decisão levou a estatal a perder R$ 32 bilhões em valor de mercado em apenas um dia.

“É provável que essa disparada do petróleo não resulte em aumento dos preços de combustível, até porque o governo já demonstrou dificuldade em fazer isso”, escreveram Matheus Salomão e Thiago Soares, da Rico Investimentos.

A avaliação é que a estratégia da companhia nesse período tem efeitos sobre seus planos de vendas de oito de suas 13 refinarias, já que a liberdade de preços impacta diretamente no interesse de investidores e no valor do ativos. Na sexta, a Petrobras abriu processo de venda de quatro unidades, localizadas em Minas Gerais, no Amazonas, no Ceará e no Paraná.


(Diário do Nordeste)

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Bolsonaro deixa hospital em São Paulo e volta para Brasília

O presidente da República Jair Bolsonaro deixou o Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, às 15h de hoje (16), após dez dias de internação. A comitiva de Bolsonaro saiu do hospital com destino ao aeroporto de Congonhas, de onde embarca para Brasília.

Bolsonaro saiu sem falar com jornalistas e populares que aguardavam do lado de fora e assistiram à saída dos carros da comitiva. O tráfego na rua do hospital foi interrompido para a passagem do comboio.

Bolsonaro foi internado no hospital em São Paulo no dia 7 de setembro e a cirurgia de correção de uma hérnia incisional ocorreu no dia seguinte (8). Esta é a quarta vez que Bolsonaro se submete a uma cirurgia, desde que sofreu um atentando à faca, no dia 6 de setembro do ano passado, em Juiz de Fora (MG), durante a campanha eleitoral.

Em Brasília, ele continuará o processo de recuperação, seguindo as orientações médicas relacionadas a dieta e atividade física.

Ainda por orientação médica, ele ficará afastado da presidência até quarta-feira, que será assumida nesse período pelo vice-presidente Hamilton Mourão.

O cirurgião-chefe do hospital Antônio Luiz Macedo disse que foi retirada a nutrição parenteral (endovenosa) do presidente hoje pela manhã, mas que ele continuará com a dieta cremosa em Brasília pelo menos até sexta-feira, quando a equipe médica deverá viajar para a capital para avaliar se Bolsonaro já poderá passar para a dieta pastosa. A expectativa do médico é de que o presidente possa voltar a se alimentar normalmente a partir de segunda ou terça que vem.

De acordo com Macedo, os exames médicos do presidente estão normais e o quadro dele “é muito bom”.


(Agência Brasil)

Cerca de 40 pessoas ajudaram Bombeiros a apagar fogo em vegetação no Cariri

Aproximadamente 40 moradores da região do Cariri ajudaram as equipes do Corpo de Bombeiros a apagar um incêndio de grandes proporções na cidade de Barro, distante 455,2 km de Fortaleza. O fogo começou na manhã do último sábado, 14, se alastrou pela vegetação e causou danos em diversas propriedades. Até esse domingo, 15, quando as chamas foram controladas, a área atingida foi de aproximadamente 20 quilômetros.

"Nós chegamos com a nossa equipe para fazer o combate e tinha muitas pessoas, cerca de 40 homens, que de dispuseram para ajudar os Bombeiros nesse combate", relata o major Norberto Santos, que trabalhou na ação. "A ajuda foi muito eficiente pra gente conseguir debelar as chamas. O fogo está controlado. Os bombeiros e os moradores conseguiram controlar o incêndio e hoje pela manhã estão fazendo serviço de monitoramento para não haver reignição dessas chamas".
As informações foram divulgadas pelo major Norberto Santos em entrevista à rádio CBN Cariri. Ele afirmou ainda que não é possível confirmar que o fogo está completamente controlado, já que pequenos resquícios ainda podem ser encontrados na mata.

"Dentro do que estava já foi um grande avanço. Não vai ameaçar a vida das pessoas ou dos animais, mas ainda tem resquício e bastante fumaça. Incêndio em vegetação é assim mesmo. Nunca vai terminar em 24 ou 48 horas", afirmou. Ainda conforme o representante do Corpo de Bombeiros, este foi o maior incêndio registrado neste ano na região do Cariri.


(O Povo Online)


Iguatu e Barbalha atingem níveis de alerta com baixa umidade do ar

Municípios cearenses estão em condição de alerta devido à baixa umidade relativa do ar, informou a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). É o caso de Iguatu e Barbalha, onde os níveis de umidade chegaram a 14% e 15%, respectivamente. Os mais baixos registrados nas últimas 24 horas pelo órgão. O nível considerado ideal pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é de 60%.

Taxas críticas também são observadas em Campos Sales (16%), Jaguaribe (16%), Tauá (17%) e Quixeramobim (18%), segundo a Funceme. Os níveis podem variar ao longo de um mesmo dia.

O médico otorrinolaringologista Ricardo Alencar salienta que a população cearense não está acostumada a baixas umidades e, por isso, pode não tomar precauções para enfrentar o clima.

"Aqui a gente não tá muito acostumado. Primeiro, antes de qualquer coisa, é hidratar o corpo bebendo água. Às vezes as pessoas se preocupam em lavar o nariz, mas esquecem que o corpo primeiro precisa está hidratada. A mucosa nasal precisa estar hidratada por dentro primeiro", explica.

Segundo o especialista, o tempo seco favorece doenças respiratórias. "Quando tem umidade muito baixa o ar fica muito seco. É mais difícil de respirar, mais difícil de fazer as trocas gasosas do pulmão. O pulmão, a traqueia, o nariz ficam mais suscetíveis por conta da agressão. É importante que tenha uma boa umidade do ar pra evitar doenças pulmonares e nasais: rinites alérgicas, sinusites crônicas. Em resumo, as defesas da árvore respiratória vão ficar comprometidas", salienta.

Tabela da OMS
A OMS considera umidade do ar acima de 60% como ideal. É considerado estado de observação quando a umidade apresenta entre 31% a 40%. Quando ela fica abaixo dos 30%, classifica-se como atenção. Já entre 12% e 20%, é considerado estado de alerta. Por fim, abaixo disso, é considerado estado de emergência.


(G1 CE)

Em Acopiara: Vítima de homofobia é espancado por 4 homens em lanchonete

Um jovem de 18 anos denuncia ter sido vítima de homofobia após sofrer agressões de quatro homens em uma lanchonete de Acopiara, município na Região Sul do Ceará, na madrugada deste sábado (13). Sóstenes Rodrigues Braga ficou com marcas da violência no rosto depois de levar socos, chutes e pisões durante uma discussão. Um boletim de ocorrência sobre o caso foi registrado na delegacia de Acopiara, que investiga o crime.

A vítima relatou em redes sociais que chegou ao local por volta de 1h30, acompanhado de amigos, e começou a ouvir ofensas e “comentários maldosos e homofóbicos” de um grupo que já se encontrava no estabelecimento.

“Desde que cheguei ao dito local já tinha me deparado com piadas, comentários maldosos e homofóbicos de uns homens da mesa ao lado, eles comentavam até sobre as unhas dos meus pés que estavam pintadas, no entanto eu sempre me defendia das ofensas dos mesmos tentando parar com os comentários, mas só fazia piorar”, conta.

Agressões
O rapaz diz que os amigos entraram na discussão com o grupo, até que um dos agressores partiu para a violência física.

“Uns colegas da mesa começaram a discutir, eu tentei ajudar com que eles parassem de discutir, e foi aí que um dos mesmos caras me abordam dizendo que eu era um viado muito valente, e eu todo momento na defensiva, quando um deles diz que vão me bater pra eu deixar de ser um viado tão valente”, acrescenta.

Braga também afirma que precisou se fingir de morto para escapar da violência.

“Pelo que me recordo veio um me agredir e os outros três em seguida somando quatro covardes que com socos, chutes e pisões me agrediram de forma tão cruel, só consegui me sair dessa situação quando me fingi de morto, foi quando garçons da lanchonete e uma de minhas amigas me tiraram daquele terror”, completa.

O jovem foi à delegacia acompanhado de membros da Comissão da Diversidade Sexual e de Gênero da Ordem dos Advogados do Brasil - (OAB) subseção. Em depoimento, ele afirma que conhece os agressores, todos moradores de Acopiara.

A comissão de advogados reforça que o caso se trata de homofobia, crime previsto em lei com pena de três a cinco anos de prisão. Segundo a comissão, os agressores também podem ser indiciados por lesão dolosa, cuja pena pode chegar a cinco anos de reclusão.



(G1 CE)