sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Deputados cearenses tomam posse na Assembleia Legislativa

Tomaram posse na manhã desta sexta-feira (1º) os deputados estaduais eleitos para a Assembleia Legislativa do Ceará. Após juramento, os parlamentares se acomodaram em seus assentos, aguardando, agora, a eleição da nova Mesa Diretora que comandará os trabalhos da Casa pelos próximos dois anos.  

Para a Legislatura, que tem início hoje, serão eleitos 46 deputados, sendo 40 homens e somente seis mulheres. O deputado André Fernandes (PSL), o membro mais jovem da Assembleia, também é o deputado com votação mais expressiva. Ele recebeu 109.742 votos, e dentre as pautas de seu mandato está a Segurança Pública.

Fernandes (PSL) afirmou, antes da solenidade de posse da 30ª legislatura na Assembleia Legislativa, que há envolvimento de políticos no tráfico e citou a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Narcotráfico. Segundo ele, é preciso "defender uma Polícia Militar com autonomia para trabalhar, uma Polícia Civil estruturada para investigar os crimes aqui no Brasil, defender a CPI do narcotráfico". "Eu tenho certeza que existem vários políticos envolvidos com tráfico, envolvidos  com a bandidagem, enfim, defender que bandido sofra aqui no Ceará", disse.

O segundo deputado mais bem votado foi outro novato, o ex-chefe de gabinete do prefeito Roberto Cláudio, Queiroz Filho (PDT), eleito com 103.943 votos. Sérgio Aguiar (PDT), que está indo para o quarto mandato, foi o terceiro deputado mais bem votado, com 100.922 sufrágios.

Fernando Santana (PT), outro novato na Casa, foi o quarto mais bem votado (95.665), enquanto que Salmito Filho (PDT), ex-presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, completa a lista dos cinco mais bem votados. Ele tirou 91.293 votos. 

Apóstolo Luís Henrique, André Fernandes, Elmano, Erika Amorim, Delegado Cavalcante, Fernando Santana, Guilherme Landim, Patrícia Aguiar, Queiroz Filho, Nezinho foram os deputados mais ovacionados quando anunciados.

A representação feminina na Casa teve  redução, a partir do início desta Legislatura. A Assembleia contava com sete mulheres até dezembro do ano passado.  

A partir de hoje, somente seis mulheres estarão no Legislativo Estadual. São elas: Érika Amorim (PSD), Silvana Oliveira (PR), Aderlânia Noronha (SD), Patrícia Aguiar (PSD), Fernanda Pessoa (PSDB) e Augusta Brito. 



Fonte: O Povo Online


0 comentários:

Postar um comentário