segunda-feira, 18 de março de 2019

Com ajuda de amigo, adolescente denuncia o pai por estupro dela e da irmã de 7 anos

Um homem de 42 anos foi preso neste domingo (17) suspeito de estuprar as duas filhas, de 15 e 7 anos, em Caririaçu, na região do Cariri. O homem foi detido depois da denúncia da vítima mais velha, que foi convencida por um amigo a procurar a polícia. Segundo a polícia, a jovem relatou que os crimes ocorrem há pelo menos sete anos.

Em depoimento, a vítima relatou que ela e era ameaçada pelo pai com uma faca para manter relações sexuais com ela.

Após o cometimento do crime mais uma vez neste domingo, ela saiu de casa e encontrou um amigo, que viu o quanto ela estava alterada e perguntou o que havia acontecido. Ela então resolveu se abrir e relatou os abusos. O jovem a aconselhou e a convenceu a denunciar a violência sofrida. 

Em depoimento, a adolescente contou para a polícia que o pai ameaçava matar toda a família caso ela não mantivesse relações sexuais com ele. Ela também confirmou que os estupros ocorriam pelo menos sete anos e que a irmã mais nova também era vítima dos abusos.

"[A irmão de sete anos] era violentada através de carícias em seus órgãos genitais. Diante dos fatos fomos até a residência e o encontramos deitado na rede como se nada tivesse acontecido, como se nada tivesse sido praticado", disse o sargento da Polícia Militar, José Cassiano da Silva Júnior. 
A vítima foi encaminhada para fazer exames de corpo de delito no Instituto Médico Legal, onde foi constatada a violência.   

O homem, que não teve a identidade revelada para preservar as vítimas, foi preso e encaminhado para uma delegacia da região. O suspeito foi autuado por estupro e estupro de vulnerável.



Fonte: Diário do Nordeste

0 comentários:

Postar um comentário