sexta-feira, 8 de março de 2019

Sexto suspeito de estuprar a própria sobrinha por dez anos é preso

O sexto suspeito de estuprar a própria sobrinha durante 10 anos foi preso na manhã desta sexta-feira (8), no município do Crato, na Região do Cariri do Estado. Segundo a delegada Kamila Brito, titular da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) do Crato, ele se apresentou espontaneamente, mas tinha um mandado de prisão em aberto, ficou preso.

Durante a manhã desta sexta, ele está sendo ouvido pela delegada. Após ser ouvido, o homem vai realizar exames no Instituto Médico Legal (IML) e, logo em seguida será levado para a Cadeia Pública do Crato, onde estão os outros cinco suspeitos. Ainda segundo a delegada Kamila, eles vão responder por estupro de vulnerável.

O caso
A adolescente que hoje está com 17 anos foi estuprada pelos próprios tios durante dez anos no Crato. Dos seis denunciados, cinco foram presos na manhã da última sexta-feira (1º).

Os suspeitos foram denunciados pela adolescente, anonimamente, no fim de 2018. Após a investigação foram expedidos seis mandados de prisão pela justiça. Os nomes foram omitidos para preservar a vítima.
De acordo com a polícia, os estupros começaram após a morte do pai da vítima, quando ela tinha apenas 7 anos de idade. Durante a investigação, os agentes descobriram que a denúncia foi feita pela própria adolescente.

Jovem morava com mãe e tios
A vítima morava com a mãe e os tios, irmãos do pai dela, num sítio, mas em casas diferentes. A mãe da jovem teve conhecimento dos estupros em 2016 mas, segundo ela, não procurou a polícia por medo.
A vítima passa por tratamento psicológico para tratar o trauma sofrido ao longo dos dez anos.

De acordo com Kamila, os 30 dias em que os tios da vítima ficarão presos serão suficientes pra ouvir todos os depoimentos necessários e concluir as investigações. Depois desse prazo, eles ficar à disposição da justiça.



Fonte: G1 CE 

0 comentários:

Postar um comentário