ProveNET Sinal de Internet Inteligente!

A melhor banda larga do Ceará!

Comercial Valéria

Comercial Valéria - Valéria Modas - Drogaria Valéria

JP Pneus

Pneus - Peças - Acessórios para Motos

Assistência Familiar Caminho do Céu

Sua Família Merece o Melhor.

Anuncie Aqui!

Não perca tempo, anuncie já aqui!

segunda-feira, 24 de junho de 2019

Há dois meses Danielle era brutalmente assassinada, Zé do Valério segue sua fuga cinematográfica.

Nesse dia 24 de junho completa dois mês que a universitária Danielle Oliveira, 20 anos, desapareceu, enquanto trabalhava na produção de queijos na casa da fazendo de sua família, cerca de 9 km da sede do município. 

Após uma tarde e uma noite de buscas pela família e amigos foi encontrada morta na manhã do dia 25 de abril, a cerca de 500 metros de distância da sede da fazenda, apresentando sinais de agressão e violência sexual.

A Polícia Civil de Pedra Branca, conseguiu identificar o acusado do crime que chocou a sociedade em menos de 24 horas. 

O criminoso psicopata José Pereira da Costa, conhecido como Zé do Valério, ex-caseiro da família.

A justiça decretou imediatamente sua prisão preventiva, dando início a uma caçada ininterrupta ao criminoso que chega a dois meses, percorrendo cerca de 400 km e e dois estados.

A Secretária de Segurança do Estado montou uma força-tarefa em busca de capturar o acusado, os trabalhos estavam sendo conduzidos pela Delegada Anarda Araujo, titular da delegacia de Pedra Branca.
O criminoso já se encontra no estado do Piauí e continua sua fuga cinematografia, nunca antes vista no Ceará, desafiando os limites e as autoridades e pondo em prova a Secretaria de Segurança do Estado.


Fonte: Portal de Noticia CE


Acidente com ônibus da banda Aviões do Forró deixa uma pessoa morta

Um acidente entre uma moto e um ônibus da banda Aviões do Forró deixou uma pessoa morta na tarde desse domingo, 23. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um homem de 78 anos estava pilotando a motocicleta e provocou o acidente quando bateu na lateral do ônibus, não obedecendo a preferência da via. O piloto da moto morreu.

O acidente ocorreu no km 17 da BR-412, na Paraíba, por volta das 14h15min, no trevo que dá acesso à cidade de Boa Vista. Até o fechamento desta edição, a vítima não havia sido identificada. Não há informação sobre quem estava no ônibus. Comandada por Xand Aviões, banda Aviões do Forró estava a caminho de Campina Grande, na Paraíba, onde tinha show agendado.



Fonte: O Povo Online


Operação cumpre 68 mandados contra tráfico nesta segunda-feira

Cerca de 70 policiais civis deflagraram, na manhã desta segunda-feira, 24, a Operação Saratoga II, com o cumprimento de 34 mandados de prisão preventiva e 34 mandados de busca e apreensão. As ações são contra suspeitos que atuam em Fortaleza, Aquiraz e Baturité e no sistema prisional do Ceará e do Acre.

O grupo investigado tem como principal atividade o tráfico de entorpecentes e crimes correlatos de drogas,além de ser responsável por homicídios.

A investigação vem sendo conduzida em segredo de Justiça e tem como alvo uma facção com atuação na capital cearense. De acordo com o Ministério Público do Ceará (MPCE), o comando do grupo e seus seguidores estão vinculados à região do bairro Maraponga.

Mais informações sobre a operação ainda devem ser divulgadas pelo MP.



Fonte: O Povo Online

Mulher é morta pelo ex-companheiro com golpes de faca na cidade de São Benedito

Uma costureira foi morta pelo ex-companheiro com golpes de faca na localidade de Carnaúba,na cidade de São Benedito, no norte do Ceará. O feminicídio aconteceu na noite deste domingo (23), quando a vítima estava em uma festa junina. De acordo com um familiar, a mulher foi atingida com 12 facadas. A irmã e o filho da costureira também foram feridos pelo suspeito. 

A Polícia informou que a vítima estava comemorando o aniversário da irmã quando o homem se aproximou, iniciou uma discussão e efetuou golpes de faca. A vítima foi identificada como Antônia Eliene de Oliveira Viana, de 39 anos. 

"Ela era uma mulher trabalhadora. Vivia para os filhos dela. Estava agora trabalhando para fazer uma casa para ela morar com a família. Era uma mulher que estava sempre na igreja. Todos gostavam muito dela, pois era educada", lamentou uma parente, que não quis se identificar. Segundo ela, o suspeito não aceitava o fim do relacionamento, ocorrido há três meses.

O suspeito, Ricardo Vasconcelos, de 40 anos, também feriu o filho e a irmã de Eliene, que tentaram socorrê-la. Os três feridos foram para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região, mas a mulher não resistiu. De acordo com informações da Polícia, ambos tiveram lesões leves, foram medicados e liberados. 

Ricardo foi preso e levado para a Delegacia Regional de Tianguá.

Suspeito teve a casa incendiada
Ricardo Vasconcelos foi preso quando estava escondido em um matagal. Ele temia a reação dos familiares da vítima, disse a polícia. De acordo com o sargento Alexandre dos Santos Domingos, após o suspeito ligou para o pai, que levou a Polícia até onde ele estava. Ele sem entregou sem resistência, segundo o sargento.

Revoltadas com o crime, algumas pessoas incendiaram a casa de Ricardo, que ficou destruída.


Fonte: Diário do Nordeste



sexta-feira, 21 de junho de 2019

Parlamentares lançam frente pela redução da maioridade penal

Direita, centro e até esquerda lançam na próxima quarta-feira, 25, a Frente Parlamentar Mista da Redução da Maioridade Penal em ato marcado para as 16h, no salão nobre da Câmara dos Deputados. A proposta é presidida pelo vice-líder do governo na Câmara, deputado Carlos Jordy (PSL-RJ), e reúne 203 parlamentares, entre eles os filhos do presidente Jair Bolsonaro, deputado Eduardo e senador Flávio.

No total, são 194 deputados e nove senadores de 17 partidos: PSL, PL, PP, MDB, Patriota, PDT, PSD, PRB, Podemos, PSC, PSB, DEM, PROS, PSDB, Avante, Cidadania e Solidariedade.

A redução da maioridade penal é uma polêmica que se arrasta há décadas e divide juristas, policiais, promotores e juízes.

Carlos Jordy assinala que o objetivo é "discutir as propostas já em trâmite no Congresso Nacional e buscar formas para que sejam votadas". Uma delas é a PEC 171/1993, aprovada na Câmara em 2015, que trata da imputabilidade penal do maior de 16 anos, mas que ainda aguarda apreciação pelo Senado.

Em entrevista à reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, Jordy destaca que "a redução da maioridade penal é uma questão de responsabilidade e justiça, vai ao encontro do que a maioria da população quer".

Em seu primeiro ano de mandato, Carlos Jordy foi servidor federal e vereador em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, onde nasceu e foi criado e mora até hoje. Ele defende enfaticamente a redução da maioridade penal. Veja abaixo trechos da entrevista:

Quais são os objetivos da Frente Parlamentar Mista da Redução da Maioridade Penal?
O objetivo principal é retomar a discussão de propostas em tramitação no Congresso Nacional, como a PEC 171/1993, que trata da imputabilidade penal a partir dos 16 anos e aguarda apreciação pelo Senado. Serão realizados, também, eventos com a participação de especialistas e estudiosos, para promover decisões democráticas em sintonia com a atual realidade.

Qual é a sua proposta?
Responsabilizar penalmente o menor de 16 anos que comete crimes. Isso pode acontecer através da promulgação da PEC 171, aprovada em 2015 na Câmara, mas que ainda precisa de votação no Senado. Essa PEC trata da responsabilização penal aos 16 anos de idade em casos de crimes hediondos, homicídios e lesão corporal seguida de morte. É uma pauta que sempre defendi, além de atender ao que a esmagadora maioria dos brasileiros quer. Diversas pesquisas comprovam, a população deseja que menores sejam responsabilizados por determinados crimes.

Para o senhor até onde deve ir o limite da redução da maioridade? Por quê?
Tenho convicção de que o jovem, aos 16 anos, já possui discernimento para responder por qualquer ato. Há quem defenda imputabilidade a partir de 12 anos. Por isso, a importância da Frente Parlamentar em discutir as propostas, analisar qual o melhor instrumento para a implantação da redução da maioridade penal no País. O consenso é de que o Brasil é muito permissivo ao crime, não é só uma questão de punir e corrigir o menor, mas de justiça.

O que o leva a acreditar que a violência nas ruas vai diminuir a partir do enquadramento penal de menores de 18 anos?
A redução da maioridade penal diminuirá o aliciamento de menores para o tráfico de drogas, considerado o segundo maior crime praticado nessa faixa etária no País. Hoje, mesmo envolvidos com o crime organizado, como não podem ser condenados por seus atos, muitos menores infratores não são considerados reincidentes e ficam com a ficha limpa ao atingirem 18 anos. Essa impunidade faz muitos adolescentes, nem sempre cooptados por adultos, sentirem-se desimpedidos para cometer crimes. Exatamente por isso muitos países desenvolvidos, como os Estados Unidos e a Suíça, já adotam a maioridade abaixo dos 18 anos.

Em sua avaliação, não há alternativas?
A alternativa é punir com rigor quem comete crimes, investir em educação, na recuperação econômica do País. Tudo isso tem que caminhar junto. E o processo de educação não pode ficar restrito a garantir escolaridade, é muito mais amplo, compreende punir, impor limites, ensinar a respeitar regras, e isso pode e deve ser feito no dia a dia, em curto prazo.

Uma ofensiva maciça pelo desarmamento da população não seria uma estratégia mais eficaz?
Não, até porque marginal vai continuar armado. Essa falácia do desarmamento serve apenas para deixar a população honesta refém de bandidos de diferentes idades. A redução da maioridade penal muito contribuirá para construirmos um país em que todos tenham o direito de ir e vir sem medo. Enquanto não mudarmos as leis para combater a impunidade, nenhuma política educacional ou socioeconômica funcionará de forma eficaz para a construção de uma sociedade mais segura e tranquila.



Fonte: Noticia ao minuto



Marinha alerta pescadores sobre fortes ventos no litoral cearense a partir dessa sexta-feira

Banhistas e, principalmente, pescadores devem ficar atentos e evitar entrarem no mar. O alerta é da Marinha do Brasil. Devido à previsão de ventos fortes para o litoral cearense, a Capitania dos Portos do Ceará informa que embarcações de pequeno porte evitem navegar na área entre as 21h desta sexta-feira (21) até as 21h de sábado (22).

As ondas podem ficar mais forte durante esse período. O aviso também serve para as demais embarcações que devem intensificar os cuidados com o material de salvatagem, motores, equipamentos de rádio e outros itens de segurança.

Sobre a segurança dos banhistas, a assessoria de Comunicação Social da Capitania dos Portos do Ceará disse que todos devem ter cautela. Segundo a assessoria, o fenômeno se deve à intensidade dos ventos do nordeste/sudeste para a costa do litoral cearense e que se trata de um evento comum neste período, de junho a novembro, devido às frentes frias no sul.

Conforme a Marinha do Brasil, a área que compreende Natal (RN) até São Luís (MA) deve receber uma forte ventania com rajadas de força 7 (SE/E), ao sul do Equador, até o começo deste fim de semana.


Fonte: Diário do Nordeste

Homem fere irmã e sobrinho com golpes de foice em briga por herança no interior do Ceará

Um homem de 38 anos foi preso após ferir com golpes de foice a irmã e o sobrinho durante uma briga na zona rural de Tianguá, no interior do Ceará. O suspeito foi capturado na manhã da última quinta-feira (20).

Conforme a polícia, Manoel Messias Felix de Araújo se desentendeu com os familiares por causa de uma herança de terras. O suspeito foi contido por parentes durante uma luta corporal no Sítio Boqueirão dos Augustos e teve ferimentos na região da cabeça. Não há informações sobre o estado de saúde das vítimas.

Manoel Messias foi encaminhado para a Delegacia de Tianguá, onde foi autuado pelo delegado plantonista Antônio Rômulo nos artigos 70 (praticar dois crimes em uma só ação) e 129 parágrafo 9º (ofender a integridade corporal ou a saúde de outrem), ambos do Código Penal.


Fonte: G1 CE

Ônibus clandestino que partiu de Mombaça é apreendido em Cedro

Um ônibus clandestino que tinha como destino a cidade de São Paulo foi apreendido em Cedro, interior do Ceará, na manhã desta quinta-feira (20). A apreensão foi feita por fiscais da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Trinta e um passageiros estavam no veículo, entre eles, uma criança.

De acordo com os fiscais, o ônibus foi levado para a rodoviária de Iguatu onde os passageiros desembarcaram, e o coletivo ficou apreendido.

“O veículo só vai ser retirado depois que a empresa confirmar que os passageiros tiveram os seus destinos ou para casa ou para o destino final da viagem. Então, ela vai ter que juntar a documentação comprovando que os passageiros chegaram ao destino para fazer a retirada do veículo”, disse o fiscal Clemilson Santana.

Alterações na estrutura
Ainda conforme o relato do fiscal foi verificado durante a abordagem que o veículo tinha alterações estruturais trazendo risco aos passageiros. “E não tem nenhum tipo de autorização para fazer alteração. Eles colocaram um espaço reservado para o motorista descansar sem cinto de segurança, sem um projeto”, acrescentou.

Pontos de vendas fechados
Durante a manhã desta quarta-feira (19) dois pontos de vendas foram interditados pelos fiscais da ANTT, pois vendiam de bilhetes para ônibus clandestinos e todos com destinos a São Paulo. Na tarde desta quarta-feira um ponto de venda também foi interditado na cidade de Acopiara pelo mesmo motivo de vendas de passagens.


Zé do Valerio troca tiros com agentes de segurança, e foge novamente

Segundo informações repassadas ao site, o criminoso considerado pela polícia um psicopata de alta periculosidade, Zé do Valerio, conseguiu fugir novamente ontem na localidade de Carnaubal (Estado do Piauí), onde foi visto pelos agentes. Houve uma intensa troca de tiros. Segundo os policiais, o elemento não aceitou a ordem para se entregar, revidando assim e fugindo após.

Ainda conforme as informações, o homem continua foragido, mas havia uma dúvida se realmente foi ferido ou não. Zé do Valerio deixou para trás pertences como: uma baladeira, chinelos, uma panela, lonas, um pacote com arroz e farinha e algumas garrafas pet. As autoridades acreditam que ele esteja cada vez mais fragilizado, uma vez que fazem quase 60 dias desde o dia do crime contra a jovem Danielle Oliveira, que teve repercussão nacional. As buscas continuam.




quinta-feira, 20 de junho de 2019

Carro atropela duas vacas e condutor fica ferido na BR-222

Um carro de passeio atropelou duas vacas na BR-222, em São Luís do Curu, Região Metropolitana de Fortaleza. O veículo ficou destruído e o motorista ficou ferido. O acidente aconteceu por volta das 18h30 desta quarta-feira (19) no sentido Fortaleza-Sobral.

O motorista de 49 anos estava indo para o município de Itapajé quando os animais atravessaram a via. Apesar do impacto, o condutor teve apenas ferimentos nas mãos e foi levado para uma unidade hospitalar de Itapajé.

De acordo com Weberson Melo, empresário e amigo do condutor, uma vaca morreu na hora e outra ficou com ferimentos. "Foi milagre de Deus ele [o motorista] estar vivo .Foi um livramento de Deus, pelo estado que ficou o carro. A vaca ficou em cima do carro. Foi um livramento", ressaltou Weberson.

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi ao local para atender a ocorrência. De acordo com os agentes diariamente é feito um trabalho de recolhimento de animais soltos nas rodovias. O órgão ressaltou a importância dos criadores se conscientizarem para não deixar os animais livres nas estradas.



Fonte: O Povo Online

Após perceber caso de assédio em ônibus, mulher entrega bilhete e ‘salva’ passageira

Uma imagem compartilhada recentemente por usuários do Instagram gerou um grande sentimento de ajuda ao próximo, principalmente ajuda a mulheres que utilizam transporte público. A foto é de um bilhete com o seguinte texto: “Moça mexe na sua orelha direita se esse cara ao sei lado estiver te incomodando. Meu nome é Camila e você pode fingir que me conhece”.

A mensagem, registrada em uma folha de caderno, foi escrita por uma passageira de ônibus no Rio de Janeiro, na última quinta-feira (13). Segundo o site de notícias Extra, a jovem Thaíza Paula seguia no coletivo em direção a Zona Sul do Rio. Em sua rede social, ela relatou que um homem estava sentado ao seu lado e não parava de olhar em sua direção. “Ele “nem disfarçava” e aquela atitude estava me deixando incomodada. A vontade de levantar e sair de perto era grande. Mas o medo do próprio tentar fazer alguma coisa pra impedir era maior ainda”, escreveu.

Percebendo o desconforto da garota, uma outra jovem, Camila, que estava sentada no banco de trás, “me cutucou e me deu esse bilhete! Resumindo: Fingimos que nos conhecíamos de algum lugar, e logo em seguida fui para o banco de trás e sentei ao lado dela, começamos a conversar e trocamos WhatsApp“, esclareceu.

Ainda segundo a jovem, o homem ficou “meio sem entender nada” e desceu do ônibus. A jovem que ‘salvou’ Thaíza justificou a ação daquele dia com a seguinte frase: o mundo já está tão ruim, e nós mulheres temos que estar mais unidas. A publicação de Thaíza repercutiu e conquistou milhares de curtidas no Instagram. A imagem também foi compartilhada por centenas de usuários através da ferramenta stories.

Após o acontecido, as garotas ainda trocaram mensagens de agradecimento e apoio.



Fonte: Diário do Nordeste

Aquífero descoberto em Iguatu deve solucionar crise hídrica

Após a perfuração de seis poços e testes de vazão de pelo menos 24 horas com liberação regular média de 100 mil litros por hora, geólogos da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural de Iguatu, na região Centro-Sul do Ceará, confirmaram a existência de um aquífero na Bacia da Lagoa do Julião com cerca de 642 km², que se estende a outros municípios.

Desde 2017, o anúncio da existência de um aquífero no Julião, distante apenas 4 km do centro da cidade, tornou-se tema polêmico. O geólogo da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural de Iguatu, Magno Régis Barros de Oliveira foi enfático: "Não tenho medo de afirmar: temos, sim, o aquífero e com bastante água".

Magno não só atesta a existência como antecipa algumas especificidades. "É uma formação de dois milhões de anos, recente geologicamente. Possui material arenoso, cascalho orgânico, argila e depósito de água aluvial e fluvial", explicou. "Enquadra-se na definição de aquífero".

O geólogo da Prefeitura de Iguatu mostra estudo da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM) do Serviço Geológico do Brasil que confirma a formação e existência do aquífero de Iguatu. Na área, foram perfurados poços rasos em uma distância média de 150 metros e encontrada coluna de água de 18 metros. A questão polêmica continua, entretanto, acerca da quantidade da água.

Outros estudos devem definir e já há pesquisa em curso realizada pela Secretaria de Recursos Hídricos do Estado incluindo, além de Iguatu, Icó, Orós e Quixelô da formação sedimentar da região.

Quanto à qualidade da água, Magno Régis Oliveira destacou que é excelente e, segundo os testes laboratoriais (exames físico-químicos) demonstraram, apresenta teor de ferro de 0,04 mg/l, bem abaixo do padrão mínimo que é de 0,3mg/l; e de cloreto de 49mg/l, enquanto que o limite é de 250mg/l.

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Iguatu já perfurou na área um total de sete poços e dois atendem comunidades do entorno. "Um desses poços funciona há mais de dez anos com vazão regular de 80 mil litros por hora para abastecer a comunidade de Barreiras dos Pinheiros", observou o geólogo. "Fica localizado na mesma formação do aquífero".

Alternativa

Com base na informação geológica, o Saae de Iguatu já começou a construir um reservatório de 280 mil litros para receber, inicialmente, água de quatro poços perfurados na Bacia do Julião. A obra deve estar pronta em 30 dias.

"A operação do sistema vai depender da instalação de uma subestação de energia elétrica que já foi solicitada à Enel", disse o superintendente do Saae, Edval Lavor. "O projeto já foi aprovado pela empresa concessionária de energia".

Ao lado dos poços, passa a adutora que vem do Açude Trussu responsável pelo abastecimento das cidades de Iguatu e de Acopiara. O reservatório acumula apenas 3% de sua capacidade e a qualidade da água tende a piorar com o passar do tempo. "Em termos de qualidade, acreditamos que o Trussu só tem condições de ser utilizado até o fim de setembro", contou Lavor. "Por isso, queremos usar a água do aquífero a partir de agosto e isolar o Trussu".

Iguatu tem o consumo médio de 700 mil litros por hora. Há o reforço dos poços rasos existentes na bacia do Rio Jaguaribe, cuja oferta deve ser ampliada com a instalação de uma nova adutora de 1.200 metros para a Estação de Tratamento de Água (ETA) do Cocobó. "Novos poços já foram perfurados e outros feitos a limpeza", explicou Lavor. "Esse projeto está com o Governo do Estado, na SRH, e aguardamos a liberação de recursos para o início da obra". O aquífero deve fornecer 350 m3/h e os poços do leito do Jaguaribe, 400m3/h.

O prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, corroborou que a região do Julião é rica em água. "Hoje sabemos que esse aquífero dará para atender à demanda urbana". O gestor acrescenta ainda que o aquífero "dá tranquilidade para enfrentarmos a crise hídrica que se aproxima com a perda de volume de água do Trussu".

O geólogo Magno Régis disse que os estudos geofísicos realizados recentemente confirmaram as histórias narradas por produtores rurais de que a região sempre foi favorável à existência de água subterrânea em abundância. "O que a geologia nos mostra é que, no passado, milhões de anos atrás, havia um curso que deixou sedimentos e água", explicou.




Fonte: Diário do Nordeste



Mistério: Zé do Valério é perseguido, anda em circulo, defeca, come mel e segue foragido

Algo para além do normal, é assim que as autoridades estão tratando o caso do Zé do Valério, o homem que matou Danielle Oliveira de Pedra Branca mais uma vez deixa um rastro de mistério e dribla Policiais durante perseguição nesta quarta feira (19).

Policiais adentraram a mata na região conhecida por baixão, no estado do Piauí divisa com Ceará, e durante as buscas encontraram pegadas, alimento no chão, e até fezes do assassino que deixou cair um prato de baião de dois, o que fazem as autoridades acreditaram que o homem recebeu auxílio durante a fuga.

Em passagem por um apiário, Zé do Valério extraiu mel de abelha sem uso de nenhum equipamento e fumaça para espantar as abelhas e se alimentou da iguaria com um pacote de bolacha recheada conforme deixou os restos para trás, logo mais adiante fezes do homem foram encontradas sob o solo e quando Policiais acreditaram que estariam próximo ao homem, o assassino parecia andar em círculos, algo que deixou os agentes intrigados com tamanha habilidade de fuga.

De acordo com o comandante do 7º Batalhão, Major Vicente, as equipes de buscas ficaram durante todo o dia reversando pelas matas das localidades apontadas pelos populares como reduto do assassino, todavia, o homem não foi avistado em nenhum momento, apenas deixou rastros e sinais da sua presença.

Policiais não tem dúvidas de que Zé do Valério segue em direção ao Piauí, mas não exitarão em continuar realizando buscas e cercando a região. 



Fonte: Portal Sert News

quarta-feira, 19 de junho de 2019

É divulgada a programação para o "5° Mombaça Rasta Pé"

O evento que já é tradicional no município de Mombaça há alguns anos, já era esperado por muitos forrozeiros e simpatizantes das festas juninas.
Foi divulgada hoje nas redes sociais a programação com os artistas que estarão presentes nos festejos!!!
Boa festa á todos !!!


Em três semanas, PF do Ceará prende três casais por fingir casamento para obter visto

Em um período de três semanas, a Polícia Federal (PF) realizou três prisões de casais no Ceará que prestaram informações falsas para obter visto de autorização de residência. São três mulheres do Brasil, sendo uma cearense, uma piauiense e uma de origem não identificada, um homem de Guiné-Bissau e outro da Itália.

Conforme a PF, a última detenção aconteceu nessa terça-feira, 18, em Fortaleza, onde foram capturados o guineense e uma das brasileiras, ao buscarem autorização no intuito de obter o visto de residência expedida pela Delegacia de Imigração (Delemig). Os dois são suspeitos de emitir declaração falsa durante o procedimento.

Segundo a Polícia Federal, a dupla declarou que mantinha casamento no Brasil. Os policiais afirmam que a brasileira se casou com o estrangeiro Guiné-Bissau para legitimar o pedido de residência dele no Brasil. Os dois nunca teriam morado juntos e não eram casados de fato. Os policiais federais deram voz de prisão em flagrante por crime de falsidade ideológica.

As penas de reclusão podem chegar a cinco anos e multa. Depois do flagrante, os dois foram encaminhados à Superintendência Regional da Polícia Federal. Eles devem permanecer à disposição da Justiça Federal.

Três prisões em três semanas
Essa é a terceira prisão de supostos casais que prestaram informações falsas para obter visto de autorização de residência. No dia 5 desse mês, um outro guineense e uma cearense foram detidos. No último dia 11, um italiano e uma piauiense também foram presos pelo mesmo delito.


Fonte: O Povo Online

Estudante de 19 anos é estuprada dentro de banheiro de escola no Ceará

Uma estudante foi estuprada dentro de uma escola por um colega de sala, em um distrito de Sobral, na noite desta segunda-feira (17). A vítima foi violentada por volta de 22h dentro do banheiro da escola. O suspeito foi detido por um segurança da instituição até a chegada da polícia, e autuado em flagrante por estupro.

O diretor da unidade, professor Francisco Agenor Almeida Mendes, afirma que o próprio agressor acionou a coordenação da escola e confessou ter violentado a vítima momentos após o crime. Segundo a Secretaria de Segurança do Ceará, o suspeito, que também tem 19 anos, não possuía antecedentes criminais. 

Ainda segundo o diretor, o agressor saiu da sala onde assistia aula juntamente com a vítima e outros alunos escondido da professora, aproveitando um momento em que a docente estava de costas para a turma, logo após a vítima ter pedido permissão para usar o banheiro. Ele atraiu a garota para o banheiro masculino, a trancou no box e cometeu o crime, conforme o diretor da escola.

A vítima passou por exames na Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). Ela foi ouvida Delegacia Regional de Sobral. O inquérito policial sobre o caso foi transferido para a Delegacia de Defesa da Mulher de Sobral. 



Fonte: Diário do Nordeste

Quase um quarto dos jovens brasileiros não estuda nem trabalha

Quase um quarto dos jovens brasileiros (23%) nem estuda nem trabalha, segundo os novos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad contínua) sobre educação, divulgados na manhã desta quarta-feira, 19. O porcentual é ainda mais alto na faixa etária que vai dos 18 aos 24 anos, idade em que, teoricamente, deveriam estar na universidade, chegando a 27,7%.

"Mas não chamem esses jovens de 'nem, nem'", pediu a pesquisadora Marina Águas, analista da Coordenação de Trabalho e Rendimento (Coren) do IBGE, responsável pela apresentação da pesquisa. "O fato de nem estarem estudando, nem trabalhando não significa que sejam inúteis. Uma grande parte das mulheres, por exemplo, está ocupada com o trabalho doméstico, com o cuidado de idosos e crianças. Há questões de gênero importantes por trás dessa estatística."

A família Santos conhece bem essa realidade. Naturais do Recife, os gêmeos Maurício e Maurílio dos Santos, de 29 anos, já tiveram três filhos cada um. Por isso, suas mulheres tiveram que largar os estudos e os trabalhos para cuidar dos filhos e da casa. Elas ainda aceitaram morar em cima da casa da sogra, no bairro do Pina, zona sul da capital pernambucana, para se livrar do aluguel e fazer com que o pequeno rendimento dos maridos dure o mês inteiro.

"Moro aqui porque as contas são apertadas", explicou Karla Campos da Silva, de 29 anos, admitindo que o que queria mesmo era trabalhar como enfermeira e ter uma casa própria. Esse sonho, no entanto, ficou pelo caminho quando engravidou de Maurício, sem planejar, aos 18 anos. "Eu estava no segundo ano do colégio, mas desisti porque não tinha com quem deixar a bebê", conta a dona de casa, que, depois da gravidez, até chegou a concluir o ensino médio, mas nunca teve condições de começar o curso de enfermagem que tanto queria.

Com a primeira filha pequena, ela partiu, então, para outras ocupações. Não demorou muito para sair do trabalho, pois engravidou novamente. "Com três filhos, fica impossível arrumar um emprego. Não dá para pagar creche para três. E também não sobra tempo para estudar", argumenta Karla, que hoje é cuida dos filhos de 11, 7 e 4 anos e da casa.

Ela depende do salário do marido, que é balconista de um supermercado, para pagar as contas. A cunhada Jéssica Cândido de Souza, de 28 anos, por sua vez, não tem a mesma sorte, pois o marido não tem um emprego fixo. Maurílio vive de bicos. Por isso, nem sempre consegue pagar as contas de casa, onde Jéssica passa o dia cuidando dos três filhos, de 11, 4 e 1 ano de idade, e dos afazeres domésticos.

"Queria trabalhar para ajudar. Faria qualquer coisa. Mas não consigo. Minha vida é cuidar dos meninos e limpar a casa", diz Jéssica, admitindo que já teve que pedir ajuda à família e aos amigos nos dias mais críticos, quando chegou a faltar até comida dentro de casa. "Não voltei para a escola, porque não tinha com quem deixar o bebê."

Jovens
A Pnad revela que o Brasil tem 47,3 milhões de jovens, de 15 a 29 anos de idade. Desse total, 13,5% estavam ocupados e estudando; 28,6% não estavam ocupados, porém estudavam; 34,9% estavam ocupados e não estudavam. Finalmente, 23% não estavam ocupados nem estudando. Os percentuais aferidos em 2018, segundo os pesquisadores, são similares aos de 2017.

"É importante ressaltar que elevar a instrução e a qualificação dos jovens é uma forma de combater a expressiva desigualdade educacional do País", sustenta a pesquisa. "Além disso, especialmente em um contexto econômico desfavorável, elevar a escolaridade dos jovens e ampliar sua qualificação pode facilitar a inserção no mercado de trabalho, reduzir empregos de baixa qualidade e a alta rotatividade."

A desigualdade se revela ainda mais acentuada quando aplicado o recorte por raça e gênero. Entre as pessoas brancas, 16,1% trabalhavam e estudavam - mais do que entre as pessoas autodeclaradas de cor preta ou parda (11,9%). Os percentuais de pessoas brancas apenas trabalhando (36,1%) e apenas estudando (29,3%) também superou o de pessoas pretas e pardas, 34,2% e 28,1%, respectivamente. Consequentemente, o porcentual de pessoas pretas ou pardas que não trabalhavam nem investiam em educação é de 25,8%, 7 pontos percentuais mais elevado que o de brancos.

Comparando homens e mulheres, o problema se repete de forma ainda mais grave. Entre as mulheres, a pesquisa mostrou que o porcentual das que não trabalhavam nem estudavam era de 28,4%. O de homens é bem menor: 17,6%.

De acordo com a pesquisadora, parte da explicação para este fenômeno está nos trabalhos domésticos. A realização de afazeres domésticos ou o cuidado com outras pessoas foram os motivos alegados por 23,3% das mulheres para não estarem estudando nem trabalhando. Entre os homens, esse porcentual é de meros 0,8%. Os números se mantêm estáveis desde 2017.

Águas cita como exemplo um outro indicador levantado pela pesquisa. A Pnad contínua divulgada nesta quarta aferiu pela primeira vez a frequência a creches, entre crianças de até um ano de idade (a educação é obrigatória no Brasil a partir dos 4 anos). No total, somente 12,5% frequentavam a creche. E os piores índices estavam, justamente, no Norte (3,0%) e no Nordeste (4,6%) - lugares onde a participação das mulheres no mercado de trabalho também é mais baixa.

Analfabetismo
Segundo a Pnad contínua, o Brasil tem 11,3 milhões de pessoas (com 15 anos ou mais) que são analfabetas - uma taxa de analfabetismo de 6,8%. Em relação a 2017, houve uma queda de 0,1 ponto porcentual, o que corresponde a uma redução de 121 mil analfabetos. Mais uma vez, os negros são mais afetados que os brancos: são 9,1% contra 3,9%.

O analfabetismo no País está diretamente associado à idade. Quanto mais velho o grupo populacional, maior a proporção de analfabetos; refletindo uma melhora da alfabetização ao longo dos anos. Segundo os números de 2018, eram quase 6 milhões de analfabetos com 60 anos ou mais, o que equivale a uma taxa de analfabetismo de 18,6% para este grupo etário.

"A taxa de analfabetismo em geral vem caindo, a situação melhorou para o Brasil todo", afirmou Marina Águas. "O que a gente observa é uma questão de idade importante, um componente demográfico. Com esse grupo mais velho falecendo, a tendência é cair ainda mais."

No Brasil, a proporção de pessoas de 25 anos ou mais que finalizaram a educação básica obrigatória, ou seja, concluíram, no mínimo, o ensino médio, manteve uma trajetória de crescimento e alcançou 47% da população. O estudo chama atenção para o porcentual de pessoas com o ensino superior completo, que passou de 15,7% em 2017 para 16,5% em 2018.

A média de anos de estudos dos brasileiros é de 9,3 anos - um número que vem crescendo, em média, 0,2 ao ano. A diferença em relação à raça permanece. Os brancos têm 10,3 anos de estudo, contra 8,4 dos negros. As diferenças regionais também acentuam a desigualdade. O número mais baixo é no Nordeste, 7,9, e o mais alto, no Sudeste, 10,0.

Rede Pública
A rede pública de ensino formou 74,3% dos alunos na creche e na pré-escola. O porcentual aumenta no ensino fundamental, chegando a 82,3%. No ensino superior, no entanto, a situação se inverte. A maior parte dos alunos é formada por escolas privadas, 74,2%.

"É natural que tendo cada vez mais gente com o ensino médio completo haja uma pressão para a expansão do ensino superior", constata a pesquisadora. "E quem tem a maior capacidade de resposta é a rede privada."


Fonte: Noticia ao minuto

terça-feira, 18 de junho de 2019

Homem é confundido com o assassino "Zé do Valério" e por pouco não é linchado

Mais um cidadão foi vítima da tentativa de justiça com as próprias mãos no caso Danielle Oliveira, dessa vez, um morador do município de Crateús, funcionário e zelador da Casa de Cultura daquela cidade. Ele trafegava em uma das ruas e imagens de câmeras de segurança capturaram quando em determinado momento o homem passava próximo a uma residências trajando roupas semelhantes a do assassino 'Zé do Valério' que segue foragido e estaria por aquela região. 

As imagens foram divulgadas nas redes sociais e em seguida populares iniciaram buscas pelo homem que manca de uma das pernas e possui deficiência em um dos braços, traços estes semelhantes ao assassino. 

O homem foi interceptado por outras pessoas que o ameaçavam, todavia, pessoas que conheciam o cidadão disseram que o homem nada tem a ver com o bandido e evitaram o pior. 

Este é o 3º caso de pessoas que acabam sendo confundidas com Zé do Valério, o vaqueiro que segue foragido após ter assassinado a jovem Danielle Oliveira em Pedra Branca no último dia 24 de abril.



Fonte: Portal DM


Placa solar artesanal de R$ 30 leva primeiro ponto de luz para casa sem eletricidade no interior do Ceará

“Na era em que nós vivemos, ainda encontrarmos pessoas que não têm energia dentro de casa, a gente fica impressionado”. Essa foi a constatação de Flávio Teixeira, radialista e eletricista por hobby, ao visitar a dona de casa e agricultura Maria Lúcia de Sousa, que vive com o marido e as duas filhas em uma casa sem energia elétrica há oito anos.

A residência fica na zona rural de Itapipoca, município no Norte do Ceará, e era iluminada apenas por uma pequena lamparina a gás, que custava à família o valor de R$ 15 mensais, além do incômodo da fumaça. Após a visita de Flávio, radialista que a dona de casa costuma ouvir no rádio de pilha, a realidade da família começou a mudar. “Era uma escuridão e ele colocou um bico de luz pra gente”, relata Maria Lúcia.

Com R$ 30, uma bateria de notebook e um painel de LED, Flávio criou um painel solar artesanal que gera energia suficiente para acender uma lâmpada, a primeira da casa da família. "Lá em cima da casa tem um painel solar que carrega uma bateria e, dentro, tem um interruptor que faz a recarga da bateria”, descreve ele.

As células contidas na bateria do notebook, explica o inventor, geram cerca de 12 volts e iluminam o único ponto de luz da casa, que apesar de pouco, já mudou a rotina da família. Se antes Andressa e a irmã mais nova tinham que “aproveitar a luz do dia para brincar e estudar”, agora podem usufruir do ponto de luz até as 22h, quando a família desliga a lâmpada e vai dormir.

Abastecimento ainda não chegou
Maria Lúcia reconhece a transformação causada pela iniciativa do radialista, mas desabafa que a falta de abastecimento dificulta a rotina. “Tenho ainda muita vontade de ter energia na minha casa, comprar geladeira, tomar água gelada, ter uma televisão para assistir o jornal e ver o que está acontecendo no mundo”, sonha.

Andressa Sousa, a filha adolescente, também lamenta a falta de eletricidade. "Sinto falta da luz para gente pesquisar e estudar. Não é tão ruim, porque a gente já se acostumou, mas é difícil”, lamenta.

A família mora no local há oito anos e, na época da mudança, solicitou instalação elétrica à companhia elétrica. A Enel Distribuição Ceará, responsável pelo abastecimento de energia do estado, entrou em contato com a reportagem e vai em busca da família para avaliar a situação e ver o porquê de não ter ocorrido a instalação de energia no local.



Fonte: G1 CE

Equipe BP Raio de Mombaça prende homem por porte ilegal de arma de fogo

NATUREZA DA OCORRÊNCIA:
Porte ilegal de arma de fogo

LOCAL DA OCORRÊNCIA
- RUA FERNANDO VIEIRA CAVALCANTE, PEDRA BRANCA-CE

DESCRIÇÃO DA OCORRÊNCIA

No dia 15/06/19, a equipe Raio 01 em patrulhamento na cidade de Pedra Branca avistaram dois elementos em atitude suspeita, em uma moto Honda CG 150, cor preta, placa OCO-7930. Foi dado voz de parada e foi feito a busca pessoal nos dois homens, onde foi encontrado com Antônio Edvan, um revólver calibre 32. Os dois acusados foram levados para a Delegacia para as medidas cabíveis.

ACUSADO:
- Antônio Edvan Marques da Costa - 38 anos

MATERIAL APREENDIDO:
- Revólver .32. INA
- 04 munições .32 intactas.




Batista Lima sofre acidente de carro com esposa

Nessa segunda-feira, 17, o cantor Batista Lima, ex-integrante da Banda Limão com Mel, sofreu um acidente com sua esposa. Os dois seguiam para Caruaru pela BR-232.

Conforme vídeo que Lima compartilhou após o acidente, o casal passa bem e tudo “foi um livramento, só um susto”.

Batista explicou que o carro em que estavam era dirigido pela esposa, e que o acidente ocorreu por imprudência na manobra de outro motorista. Na ocasião, o cantor ficou preso temporariamente no veículo, porque a porta não abriu. Os airbags do carro foram acionados.

Mesmo com as chuvas, um motorista que estava na frente deles fez uma ultrapassagem brusca e retornou para a faixa onde estava o carro do cantor, vindo a bater na lateral do veículo, que terminou descendo uma ribanceira.

Batista disse que fez exames para ver se estava tudo bem, mas a batida ocasionou somente alguns arranhões e dores. O acidente aconteceu próximo à Sertânia, no Sertão do Moxotó. 



Fonte: Repórter Ceará

Justiça brasileira bloqueia 36 imóveis de Neymar

O jogador Neymar teve seus bens bloqueados pela justiça brasileira por falta de pagamento de impostos, apurou o jornal 'Folha de S. Paulo'. No total, são 36 imóveis que estão em nome do jogador e aos quais está impedido de ter acesso.


Entre as residências, estão duas mansões em condomínios de luxo no Guarujá, cuja soma das áreas dá um total de três mil metros quadrados. Consta que a dívida fiscal de Neymar ronda os 69 milhões de reais.

A polêmica junta-se ao escândalo sexual que o jogador enfrenta desde o início do mês, quando foi acusado pela modelo Najila Trindade de abuso sexual. Até agora, Neymar tem afirmado que é inocente no caso.


Fonte: Noticia ao minuto



Pílula do câncer começa a ser testada em humanos pela Universidade Federal do Ceará

A Universidade Federal do Ceará (UFC) começou nesta segunda-feira (17) os primeiros testes da chamada pílula do câncer em seres humanos. Ao todos, 64 voluntários vão participar do experimento, realizado pela primeira vez no Brasil.

O objetivo da pesquisa com a fosfoetanolamina, segundo o diretor do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos (NPDM), Prof. Odorico de Moraes, é observar qual a dosagem máxima do tratamento, verificar possíveis efeitos colaterais, além de realizar o estudo farmacocinético, ou seja, analisar em quanto tempo o fármaco é absorvido pelo corpo e quanto tempo continua circulando pelo organismo.

Todos os voluntários são sadios, entre 18 e 50 anos. Eles foram divididos em quatro grupos e cada um será acompanhado por 15 dias. As 12 primeiras pessoas receberam 500 miligramas do substância, a dosagem inicial do teste. Os outros passarão por dosagens maiores, com um máximo de três gramas. A próxima etapa, com um novo grupo, deve iniciar no começo de julho.

"Aqui encerramos nossa parte nos estudos da Fase 1 com a fosfoetanolamina, para o qual fomos contratados", informa o professor.

A coordenação dos estudos é da professora Elisabete Moraes, coordenadora do Centro de Pesquisa do NPDM. As próximas etapas dependem de novos recursos advindos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, órgão financiador da pesquisa.


"Pílula do câncer"
Desde 2015 a UFC trabalha com a comissão nacional para realização de trabalhos pré-clínicos e clínicos sobre a fosfoetanolamina, principal agente da pílula do câncer. Estudos divulgados pela universidade em 2016 mostram a eficácia da substância sobre um dos tipos mais agressivos e resistentes a respostas do câncer de pele, o melanoma B16F10.

Administrando o fármaco em camundongos, foi possível conferir uma redução de 64% sobre o crescimento do tumor, um índice menor em relação aos verificados com o uso de outros agentes químicos em tratamento de câncer. Além disso, praticamente não houve o registro de efeitos colaterais significativos nos animais.

Os testes com a fosfoetanolamina já foram tema de discussão na Subcomissão de Fármacos da Câmara dos Deputados, com a presença dos pesquisadores da UFC. O grupo reiterou a importância de continuar a pesquisa em equipamentos públicos e de receber financiamento para exercer estudos para o desenvolvimento de fármacos.



Fonte: G1 CE