sexta-feira, 14 de junho de 2019

Adélio Bispo é absolvido por ataque a Jair Bolsonaro

Adélio Bispo, autor da facada em Jair Bolsonaro, teve a prisão preventiva convertida em internação provisória por tempo indeterminado em sentença expedida nesta sexta-feira (14), pelo juiz Bruno Savino, da 3ª Vara Federal de Juiz de Fora (MG). Ele deverá ficar no presídio de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul.

Na decisão, o magistrado aplicou a figura jurídica da "absolvição imprópria", que acontece quando uma pessoa não pode ser condenada. Adélio é inimputável, ou seja, não pode ser punido devido ao fato de ser portador de uma doença mental.

"Converto a prisão preventiva em medida cautelar de internação provisória. Determino que o réu seja mantido custodiado na Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Campo Grande/MS", escreveu o juiz na sentença.

O caso aconteceu no dia 6 de setembro do ano passado, quando o então presidenciável, Jair Bolsonaro, estava participando de um ato de campanha em Juiz de Fora, Minas Gerais. O agressor, Adélio Bispo foi detido no mesmo dia e confessou ser o autor da facada, segundo a Polícia Militar do Estado de Minas Gerais.


Fonte: Diário do Nordeste



0 comentários:

Postar um comentário