sábado, 6 de julho de 2019

Mais de 91% dos veículos envolvidos em acidentes com jovens no Ceará são motocicletas, aponta DPVAT

O número de jovens mortos em acidentes de trânsito no Ceará reduziu 9,04% nos últimos quatro anos. É o que aponta balanço do Seguro DPVAT ao constatar que, entre 2015 e 2018, o número de indenizações pagas por mortes de pessoas entre 18 e 24 anos caiu de 985 para 896. Entre os veículos envolvidos em acidentes nessa faixa etária, cerca de 91,63% foram motocicletas.

O resultado coloca o Ceará em 5º lugar no ranking nacional em número de mortes de jovens no trânsito, tendo como base o número de indenizações pagas, ficando atrás dos estados da Bahia, com 1.503 mortes, Paraná (1.076), Minas Gerais (1.482) e São Paulo (2.177).

Se levado em consideração as indenizações pagas a essa faixa etária em 2018, o Ceará apresentou redução de 70% quando verificado os últimos quatro anos. Ao todo, 10.674 jovens vítimas de ocorrências de trânsito foram ressarcidas pela Seguradora Líder, representando cerca de 47% de todas as compensações pagas no período.

Entre os jovens que receberam as indenizações, ainda segundo o levantamento, 7.444 estavam na condição de motorista, o equivalente a cerca de 69,74% do total; 1.695 eram passageiros (15,88%) e 1.535 eram pedestres (14,38% ).



Fonte: G1 CE

0 comentários:

Postar um comentário