quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Fim de agosto com predomínio de cobertura variada de nuvens e tempo seco no interior do Ceará

As condições meteorológicas para o início desta semana indicam predomínio de nebulosidade variável em todas as macrorregiões do Ceará, conforme análise realizada pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Em observação de imagem de satélite, os meteorologistas da Funceme afirmam que há nuvens sobre o território do estado, principalmente sobre o interior, porém, sem condições favoráveis à chuva. Já sobre o oceano Atlântico e próximo à costa norte e leste do Nordeste, observam-se algumas áreas de instabilidade atmosférica que estão provocando precipitações localizadas e de fraca intensidade naquela área.

Até, pelo menos, esta quarta-feira (28), a previsão é de cobertura variada de nuvens e sem expectativa de chuva no estado.

Baixa umidade do ar
As condições para hoje e amanhã apontam tempo seco no interior do Ceará, isto é, como a umidade relativa do ar girando em torno dos 30%. A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera como ideal a umidade do ar acima de 60%.

Ainda segundo a instituição internacional, é considerado estado de observação quando a umidade apresenta entre 31% a 40%. Quando ela fica abaixo dos 30%, classifica-se como atenção. Já entre 12% e 20%, é considerado estado de alerta. Por fim, abaixo disso, é considerado estado de emergência.

Neste fim de semana, o Núcleo de Monitoramento registrou mínimas de 19% nos municípios de Iguatu e Barbalha. Em Fortaleza, onde a baixa umidade não chega a ser tão crítica devido à proximidade do litoral, o valor mais extremo foi de 39%.

“Nesse período aparecem, comumente, grandes massas atmosféricas de ar seco no país, principalmente pelo seu interior. No Ceará, isso também acontece notadamente nas regiões distantes do litoral”, comenta o meteorologista da Funceme Raul Fritz. 



(Ascom/Funceme)

0 comentários:

Postar um comentário