terça-feira, 24 de setembro de 2019

"Não vamos recuar um milímetro sequer", afirma o secretário André Costa sobre os ataques no Ceará

Foram registrados pelo menos 31 ataques no Ceará em 5 dias de ações criminosas contra prédios públicos e privados, transportes coletivos, caminhões, carros particulares e uma torre de telefonia desde a última sexta-feira (20). "Eles estão revoltados, querem o retorno das regalias, querem de volta as visitas intimas, tomadas nas celas", afirmou o titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa.

Os atos são responsabilidades de apenas uma pequena parcela dos detentos do sistema penitenciário cearense. "Por conta disso, estão incomodados. Mas tudo o que foi feito pelo Estado desde janeiro dentro do sistema ou fora deve continuar", ressalta.

"Não vamos recuar um milimetro sequer. Eles não vão conseguir nada com isso
Reforço operacional e apoio da Força Nacional"

Após os novos ataques, foi realizado um reforço na Segurança Pública do Estado. Nas ruas, há 170 equipes a mais de agentes. Policiais que estavam de férias foram chamados para atuar. Além disso, o secretario informou que já foi solicitado apoio a Força Nacional.


(Diário do Nordeste)



0 comentários:

Postar um comentário