quarta-feira, 4 de setembro de 2019

PF prende donos de universidade e mais 20 por fraudes

O dono da Universidade Brasil, José Fernando Pinto da Costa, preso preventivamente nesta terça-feira (3/9) na Operação Vagatomia, da Polícia Federal. Segundo as investigações da PF, “vagas para ingresso, transferência e financiamentos Fies para o curso estariam sendo negociados por até 120.000 reais por aluno”. Além disso, os investigadores calculam que cerca de 500 milhões de reais em bolsas do Fies e Prouni foram concedidas de forma irregular nos últimos cinco anos.

José Fernando Pinto da Costa é parceiro financeiro de grandes clubes de futebol, como o Corinthians, Flamengo e Atlético Mineiro. A camisa atual dos três times tem o logo “Universidade Brasil” estampado no ombro dos jogadores. Ele também foi um dos patrocinadores da seleção brasileira de 2017 a 2018.

Resultado de oito meses de investigação, a operação apura um esquema de fraude na concessão do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e na comercialização de vagas e transferência de alunos do Paraguai e Bolívia para o curso de medicina da Universidade Brasil, no campus de Fernandópolis, no interior de São Paulo.


(Veja)

0 comentários:

Postar um comentário