quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Alunos passam mal após fumaça de queimada invadir escola em Cruzeta

Na tarde desta quinta-feira (24), a população do distrito de Santa Cruz do Banabuiú, município de Pedra Branca, denunciam a frequência de queimadas que afetam as residencias e as escolas daquele distrito.

Hoje, a escola afetada foi a João Manoel Filho, onde a reportagem do Portal de Notícias CE,  conversou com uma funcionária que informou  que alunos passaram mal devido a grande quantidade de fumaça, que invadiu as salas de aula. O problema tem se tornado frequente.

A origem da fumaça seria em uns terrenos próximo a BR 020, onde pessoas atearam fogo no mato, para finalizar o trabalho de limpeza. Prática esta bastante utilizada na região.

A fumaça pode gerar problemas respiratórios,  pois contém diversos elementos tóxicos e partículas de vários tamanhos percorrem todo o sistema respiratório conseguindo chegar aos órgãos internos, atingindo os alvéolos pulmonares durante as trocas gasosas e chegando até a corrente sanguínea.

O que diz a Lei?
De acordo com o artigo 54 da Lei de Crimes Ambientais, nº 9.605 de 1998, a prática é criminosa por poluir na forma de fumaça, além de causar riscos de incêndio para habitações, destruir a vegetação e poder causar a morte de animais. A penalidade é válida tanto para grandes queimadas para desmatamento quanto para pequenos atos como atear fogo em lixo doméstico ou em folhas no quintal.


(Portal de Noticia CE)

0 comentários:

Postar um comentário