quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Médico e prefeito afastado suspeito de estupro a pacientes, é ouvido em audiência nesta quarta-feira

A primeira audiência de instrução e julgamento da denúncia contra o médico e prefeito afastado de Uruburetama, José Hilson de Paiva acontece nesta quarta-feira (9), no Fórum da Comarca, em Uruburetama, no Ceará. O Ministério Público denunciou José Hilson por crimes de assédio sexual e estupro contra pacientes, na época em que trabalhava como médico tanto do município citado, como em Cruz.

Na audiência, que acontece às 10 horas com reforço policial, serão ouvidas a acusação, defesa e testemunhas. José Hilson encontra-se preso na Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes, em Aquiraz. O Juízo da Comarca de Uruburetama deferiu pedido da defesa para que o réu seja interrogado através de videoconferência.

O caso
A denúncia contra José Hilson foi apresentada no dia 6 de agosto pela Promotoria de Justiça de Uruburetama por causa de condutas criminosas que feriram a dignidade sexual de, até o momento, duas vítimas naquele município.

Além disso, outra denúncia no mesmo teor contra Hilson de Paiva foi apresentada pela Promotoria de Cruz em 2 de agosto; e uma terceira foi protocolada em Uruburetama no dia 3 de outubro contra o médico e sua sobrinha, a vereadora Cristiane Cordeiro Paiva.

Após veiculação de reportagens em rede nacional sobre as condutas, outras vítimas compareceram à comarcas de Uruburetama e Cruz para realizar as denúncias.



(G1 CE)

0 comentários:

Postar um comentário