quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Polícia acha fuzil e dinheiro em esconderijo de grupo que assaltou banco no Ceará

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) prenderam dois suspeitos de integrarem uma quadrilha que assaltou uma agência bancária na última quinta-feira (17), no Bairro Pajuçara, em Maracanaú, na Grande Fortaleza. Uma parte do dinheiro levado e a arma do vigilante do banco foram recuperados. A prisão ocorreu sexta-feira (18).

Em uma casa utilizada como esconderijo pelo bando, policiais localizaram armas e dinheiro atrás de paredes falsas, sótão, porão e dentro de um interruptor de energia. (veja no vídeo acima)

De acordo com o delegado da DRFVC, Rommel Kerth, a agência foi invadida por cerca de oito homens armados com fuzis AK-47 e AR-15 por volta das 8h. Eles chegaram em diferentes veículos e renderam o vigilante e o gerente do local. Parte deles ficou na parte de fora da agência dando apoio à ação criminosa.

Vestidos com paletó e gravata
Segundo Kerth, os criminosos estavam bem vestidos, inclusive um deles, o chefe do grupo, com paletó e gravata. Cada cliente que entrava na agência era rendido e levado para uma sala do banco.

“Ninguém percebeu nada de estranho. Nenhuma pessoa. À medida que eles [clientes] entravam eram rendidos. A quadrilha permaneceu no banco de 8 horas até 9h20. O total de valores roubados não foi revelado pela administração do banco. Quando terminaram de pegar o dinheiro saíram tranquilamente pela porta da frente. Ainda levaram o Sistema de Filmagem da Agência para dificultar os trabalhos da polícia. Entraram nos veículos e fugiram. Tudo na máxima tranquilidade”, disse o delegado.

Investigações e prisões
Ainda de acordo com o delegado, após investigações iniciais, a polícia conseguiu identificar e prender os os dois suspeitos nos Bairros João XXIII e Conjunto Ceará, em Fortaleza. Ambos com passagens pela polícia. Um por uso de documento falso de veículo adulterado no estado do Piauí e o outro por tráfico de drogas. Ambos são cearenses.

“Identificamos as residências e efetuamos as prisões. Dentro da casa de um deles encontramos drogas, a arma do vigilante e parte em dinheiro. Na sequência, foi encontrado o dinheiro na casa do pai do segundo homem. O dinheiro estava distribuído em vários locais da residência como caixa de energia, caixa da água, atrás da geladeira”.


A dupla vai responder por roubo qualificado por associação criminosa e tráfico de drogas. A Polícia Civil segue com as investigações. Outros membros do grupo foram identificados, mas os nomes não foram revelados para não comprometer os trabalhos policiais.


(G1 CE)

0 comentários:

Postar um comentário