terça-feira, 5 de novembro de 2019

Após roubar 42 mil reais, bandido é morto atropelado pela vitima em Iguatu

O roubo de um malote terminou em perseguição e morte na tarde desta segunda-feira (4) na cidade de Iguatu, na região Centro-Sul do estado (414Km de Fortaleza). A própria vítima do assalto, um comerciante do município, perseguiu os ladrões em seu carro pelas ruas centrais da cidade e atropelou os bandidos. Matou um deles e recuperou o malote contendo R$ 42 mil. O segundo assaltante ficou ferido e acabou preso.

O caso ocorreu na tarde de ontem, por volta das 14h30, quando o comerciante (identidade preservada) seguia em seu carro, um Ecosport, para uma agência bancária onde faria o depósito da quantia. Ao parar no semáforo, na Avenida Perimetral, já próximo ao banco, foi atacado pelos ladrões, que arrebataram o malote com o dinheiro arrecadado nas vendas do fim de semana. Os ladrões fugiram em uma motocicleta e o comerciante decidiu persegui-los. O ladrão que estava na garupa da moto chegou a atirar contra o guiador do Ecosport.

Mesmo diante do perigo de ser baleado, o comerciante conseguiu se aproximar da motocicleta ocupada pelos ladrões e, intencionalmente, provocou uma colisão. Na batida forte do carro com a moto, um dos assaltantes sofreu uma pancada na cabeça e, sem capacete, acabou morrendo no local, sendo identificado como Tálisson Crispim de Sousa, 22 anos. O comparsa dele tentou escapar, mas estava ferido e acabou sendo preso. Com ele, a Polícia recuperou o dinheiro da vítima e apreendeu uma arma de fogo.

Presidiários
De acordo com a Polícia de Iguatu, os dois bandidos haviam saído recentemente do presídio e o que morreu usava uma tornozeleira eletrônica.
O corpo do bandido morto foi levado para o Núcleo da Perícia Forense do Estado (Pefoce), em Iguatu, enquanto o outro assaltante, ferido, foi medicado no hospital local e, em seguida, transferido para a Delegacia Regional da Polícia Civil, sendo autuado em flagrante por roubo com uso de arma de fogo. O comerciante prestou depoimento e foi liberado, recebendo de volta seu dinheiro.


(Blog do Fernando Ribeiro)

0 comentários:

Postar um comentário