quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Jovem atropelado e carbonizado após assalto, cometia crimes desde os 11 anos, diz pai

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) identificou os dois suspeitos de cometer assaltos que foram atacados, queimados e mortos na noite dessa quarta-feira (20) em Maranguape, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Irlanilson Pinheiro da Silva, de 18 anos, e um jovem, de 16 anos, foram encontrados carbonizados no distrito de Amanari. Conforme o pai de Irlanilson, o filho praticava assaltos desde os 11 anos de idade.

O pai do suspeito esteve na Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) para identificar o corpo da vítima na manhã desta quinta-feira (21), afirmou Irlanilson. Conforme o pai, além de cometer assaltos e estar envolvido com o tráfico de drogas, o filho chegou a integrar facções criminosas.

Ele disse ainda que o corpo do filho, incendiado junto com o outro suspeito de roubo, vai ser encaminhado diretamente para o enterro em um cemitério.

Suspeitos de assaltos são perseguidos, agredidos e incendiados na Grande Fortaleza

O pai afirmou que houve sucessivas tentativas para que Irlanilson deixasse de cometer crimes, porém todas sem sucesso. A última investida, conforme o familiar, foi a compra de uma motocicleta para o filho. O homem alegou que o veículo, contudo, não é o mesmo usado nos supostos assaltos em Maranguape, já que a moto foi deixada na casa do outro suspeito, de 16 anos.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), informou que a Polícia Civil, por meio da conclusão do laudo pericial a ser realizado pela Pefoce, objetiva descobrir as causas da morte da dupla.

Conforme a SSPDS, denúncias em relação ao caso podem ser feitas pelo telefone 181 e o número ‪(85) 3101.2808, número da Delegacia Metropolitana de Maranguape. O órgão salientou que o sigilo e o anonimato são garantidos.

Atropelamento e incêndio
Segundo a polícia, a dupla foi morta após cometer assaltos no distrito de Amanari, em Maranguape. Um veículo, ainda não identificado, colidiu com a moto da dupla na CE-455. Após o impacto, populares começaram a linchar os dois suspeitos. Logo depois, os agressores incendiaram a motocicleta na qual os dois estavam e a arremessaram sobre os suspeitos que estavam caídos na via.

Conforme a Secretaria da Segurança, a Delegacia Metropolitana de Maranguape investiga o caso com o objetivo de identificar os responsáveis pelo duplo homicídio.


(G1 CE)


0 comentários:

Postar um comentário