quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Incêndio de grandes proporções atinge área florestal de 3 mil hectares em Boa Viagem

Um incêndio florestal de grandes proporções destruiu uma área de quase 3 mil hectares na cidade de Boa Viagem, no Sertão Central do Ceará. Segundo a Defesa Civil do município, o fogo, que teve início no sábado (7), foi parcialmente controlado na manhã desta quinta-feira (12), mas ainda há focos de incêndio na região. Além de ameaçar animais silvestres, as chamas podem afetar a Serra da Borracha, Área de Preservação Permanente (APP) que abriga importante sítio arqueológico cearense.

O coordenador da Defesa Civil de Boa Viagem, Ivandir Silva, afirma que o risco de o fogo se alastrar não é descartado. “Não descartamos a possibilidade, até porque o perigo maior é depois das 13 horas. Se o fogo chegar até a Serra da Borracha, pode ir para outros municípios”, diz.

De acordo com o coordenador, o incêndio foi iniciado por um agricultor, no distrito de Ipiranga, a 30 km da sede do município. “Na segunda-feira choveu um pouco e havia a expectativa de as chamas apagarem, mas no dia seguinte o incêndio atingiu maiores proporções e chegou em uma reserva de proteção natural”, explicou Silva. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para prestar apoio na ocorrência.

Kurtis Bastos, coordenador estadual do Ibama no Ceará, informou que trata-se de um incêndio florestal de “grandes proporções”, que pode afetar áreas protegidas por Lei, como reservas legais e a APP.

Comunidades atingidas
O combate ao incêndio começou ainda no domingo (8) para evitar que o incêndio atingisse comunidades próximas. Ainda assim, as localidades de Bom Desejo, Ipiranga, Barra dos Moreiras, Assentamento Holanda e Bela Aliança foram afetadas. Segundo Lucas Wendel, morador de Boa Viagem que acompanhou o trabalho, a preocupação maior era que o fogo chegasse à Serra da Borracha, ponto turístico do município.

Nesta quinta, uma equipe composta por 15 brigadistas do Prevfogo, centro especializado do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), além de agentes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil de Boa Viagem, atuam na tentativa de debelar completamente o fogo. O grupo está acampado no Assentamento Holanda, próximo ao local do incidente, de onde os agentes fizeram o reconhecimento da área e seguiram aos locais atingidos.

“Os fatores de comportamento do fogo (vegetação, meteorológicos e relevo) serão observados no reconhecimento pela brigada”, explicou Kurtis Bastos, mas a equipe "já identificou muitos focos de calor na serra”, finalizou.




0 comentários:

Postar um comentário