sábado, 7 de dezembro de 2019

Período de férias no Ceará deve receber reforço de 20 mil agentes da Polícia Militar

Com a aproximação do período de férias, a Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE) lançou na manhã desta sexta-feira, 6, a Operação Alta Estação. Objetivo do projeto é reforçar o policiamento em pontos turísticos como praias e pontos de patrimônio público no Estado. No Ceará, são esperados 1,2 milhão de turistas e ocupação de 80% da rede hoteleira.

Segundo a tenente coronel Fátima de Paula, da Comunicação da PMCE, pelo menos 400 policiais militares irão trabalhar diariamente durante o período da operação, que vai deste dia 6 de dezembro até 3 de fevereiro. Ao todo, serão mais de 20 mil agentes.

"A Polícia Militar vai trabalhar fazendo policiamento ostensivo, prevenindo e reprimindo qualquer ação delituosa que possa ocorrer durante esse período", explica Fátima. Tanto os turistas quanto os cearenses poderão utilizar este atendimento, que é coordenado pelo Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur).

A operação ocorre na Capital, nas praias mais visitadas do Estado e nas principais cidades turísticas do Interior. “Esses pontos são os mais frequentados, os mais procurados por aqueles que vêm procurar nosso Estado. São praias, pontos de patrimônio histórico. Esses locais vão estar bem reforçados, bem policiados", complementa a tenente coronel.

Para que a operação aconteça, os agentes militares estarão distribuídos em diversas modalidades: ciclopatrulhamento, motopatrulhamento, policiamento montado a cavalo e o apoio de viaturas das equipes do Batalhão de Choque, do Batalhão de Raio e do Comando de Policiamento Especializado.

A operação do policiamento a pé, ciclopatruhamento e policiamento comunitário ocorrerá todos os dias das 6h às 22 horas. Já as viaturas estarão 24 horas em serviço. Na Praia do Futuro, por exemplo, serão colocados 155 agentes da PM.

Já as bases fixas da PM estarão distribuídas em pontos específicos da cidade: Terminal Rodoviário Engenheiro João Tomé, Aeroporto Internacional Pinto Martins, Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Praça 31 de Março, Aterrinho/Letreiro e avenida Beira Mar com rua Tereza Hinko. 


(O Povo)




0 comentários:

Postar um comentário