quarta-feira, 18 de março de 2020

23 municípios ainda não apresentaram plano de contigência

O Ministério Público recebeu, até a noite de terça-feira (17), planos municipais de contingência referentes a 161 cidades cearenses. O promotor de Justiça e coordenador do Centro de Apoio Operacional da Cidadania (CAOCidadania), Eneas Romero, encaminhou na última semana, um ofício para todos os prefeitos cearenses para que apresentassem seus respectivos planejamentos em até 48 horas. No prazo, apenas Fortaleza havia apresentado.  

Confira as listas dos municípios que não apresentaram o Plano de Contingência contra o novo Coronavírus:

-Camocim
-Forquilha
-Guaiúba
-Hidrolândia
-Ipueiras
-Irauçuba
-Itapipoca
-Itarema
-Lavras da Mangabeira
-Massapê
-Milagres
-Novo Oriente
-Pacajus
-Pacatuba
-Pacujá
-Paraipaba
-Quiterianópolis
-Quixeré
-Reriutaba
-Santana do Acaraú
-Tururu
-Varjota
-Viçosa do Ceará

De acordo com Eneas Romero, a participação efetiva e com engajamento dos 184 municípios trata-se de uma questão de responsabilidade política, social e jurídica dos gestores. “Esperamos que todos os prefeitos entreguem e executem o seu Plano de Contingência conforme acertado durante a reunião que tivemos, ontem, na Aprece. Quem não tem plano, não definiu como vai reagir aos possíveis casos em suas cidades. É preciso que estes sigam o Plano de Contingência Estadual, porque a gente quer resolver”, reforçou.

Para Eneas Romero, houve uma mudança muito importante com a adesão. “O que a gente espera, agora, é que os poucos que faltam cumpram, porque, em primeiro lugar, é um dever para com a sociedade e, segundo, que os outros comecem a fazer com que, efetivamente, os planos entrem em execução. Estamos numa fase em que já há pessoas doentes que precisam ser acompanhadas e rastreadas com quem elas tiveram contato para evitar a disseminação”, considerou.


( CNews)

0 comentários:

Postar um comentário