quarta-feira, 6 de maio de 2020

Ministério Público recomenda que hospitais públicos do Ceará enviem informes diários a familiares de pacientes com Covid-19

O Ministério Público do Ceará expediu recomendação nesta terça-feira (5) para que os hospitais públicos enviem informes diários para os familiares de pacientes com Covid-19, sobre o estado de saúde dos internados. O documento foi enviado às secretarias de saúdes do Estado do Ceará e da Prefeitura de Fortaleza.

De acordo com o MPCE, a medida se fez necessária após o órgão receber denúncias de familiares de pacientes, que estão sem informações sobre os entes. Pessoas infectadas pelo novo coronavírus não podem receber visitas, devido ao risco de contaminação.

Segundo a Secretaria de Saúde do Estado, os hospitais da rede público estadual devem receber tabletes, para que os pacientes internados realizem videochamadas com familiares.

Uma cópia da recomendação foi encaminhada a todas as unidades de saúde de Fortaleza. Os hospitais das redes públicas estadual e municipal devem tomar medidas administrativas para coordenar a comunicação.

Para o Ministério Público, a comunicação com os familiares de pacientes deve ser realizada por meio de WhatsApp, ligação telefônica, e-mail ou pessoalmente, pelo serviço social das unidades. Os familiares devem estar cientes sobre as comunicações diárias assim que o paciente for internado, de acordo com a recomendação.

A falta de notícias “tem causado muita angústia e sofrimento às famílias”, conforme o documento. As entidades devem garantir o acesso à comunicação de forma objetiva e compreensível, bem como proteger informações sigilosas e pessoais, prevê a recomendação.

As secretarias têm o prazo de 5 dias úteis para responder acerca da aceitação e adoção de medidas. Em caso de descumprimento, o MPCE pode adotar medidas administrativas e judiciais.

No Ceará, já são 12.206 casos confirmados da Covid-19, com 816 mortes, segundo dados divulgados por meio da plataforma IntegraSUS às 11h41 desta quarta-feira (6). Fortaleza tem 9.006 diagnósticos positivos e 625 mortes em decorrência do novo coronavírus.


(G1 CE)

0 comentários:

Postar um comentário