ProveNET Sinal de Internet Inteligente!

A melhor banda larga do Ceará!

Anuncie Aqui!

Não perca tempo, anuncie já aqui!

JP Pneus

Pneus - Peças - Acessórios para Motos

Assistência Familiar Caminho do Céu

Sua Família Merece o Melhor.

Vagner Calçados

Calçados e Material Esportivo

sábado, 31 de outubro de 2020

MOMBAÇA: Após discussão entre pai e filho, armas são apreendidas e ambos conduzidos à Delegacia

Local da ocorrência: Sítio Queimada dos Pinheiros - Zona Rural/Mombaça, 

Na última quinta-feira (22) por volta das 12h30min após denuncia através do 190, de que estaria acontecendo uma discussão entre pai (78 anos) e filho (53 anos), a equipe da PM se dirigiu até o local onde o filho estaria portando uma espingarda cal. 28 oferecendo perigo aos que estavam no local. Na residência após autorização de entrada vindo do Pai (vítima), foram encontradas pertencentes como: 02 Espingardas socadeira, munição e 02 tubos com pólvora e chumbo. De imediato foi dado voz de prisão ao filho e ambos conduzidos à Delegacia Municipal de Mombaça, para os procedimentos cabíveis.

Participaram desta ação:
Coordenação do Policiamento Ostensivo Cap QOPM Jean, Cmt da 3a.Cia/13 BPM.
Efetivo   - Viatura empregada 13073
ST Erivan
1o. Sgt Edilson
Sd Flaviano
Sd Eriberto





quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Pequenos empreendedores do Ceará acessaram R$ 621,9 milhões em linhas de crédito

Pequenos empreendedores do Ceará acessaram, desde abril, 621,9 milhões em linhas de crédito oferecidas pelos Fundos Constituionais de Financiamento, que têm o objetivo de diminuir os impactos econômicos negativos causados pela pandemia do novo coronavírus. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional, houve 47,3 mil captações no Estado, o que o coloca na liderança da região Nordeste no que se refere ao maior número de pedidos do FNE Emergencial.

A maior parte dos recursos foi captada no Nordeste, onde foram concedidos R$ 2,84 bilhões – cerca de 94% dos R$ 3 bilhões destinados à região. Por meio do FNE Emergencial, foram realizadas 153,5 mil operações de crédito desde abril em todo a região Nordeste. Depois do Ceará, aparece a Bahia, que teve 24,6 mil captações, com o valor de R$ 512,5 milhões, e, Pernambuco, que teve R$ 331,5 milhões em 11,1 mil acordos.

Já os maranhenses contrataram R$ 270,2 milhões em 17,1 mil operações. Na Paraíba, foram R$ 230,4 milhões (9,2 mil contratos). Na sequência, aparecem Piauí, com 223,1 milhões (14,1 mil acordos), Rio Grande do Norte, com R$ 192 milhões (6,5 mil contratos), Sergipe, com R$ 142,6 milhões (10 mil operações), e Alagoas, com R$ 131,4 milhões (6,2 mil financiamentos).

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional, pequenos comércios, cooperativas e trabalhadores autônomos em municípios do norte de Minas Gerais e parte do Espírito Santo, também na área de atuação do FNE, tiveram acesso a R$ 187,2 milhões em 6,2 mil contratos.

Na região Nordeste, as atividades de comércio e serviços captaram R$ 2,57 bilhões do total disponibilizado pela linha emergencial. O setor industrial na região contratou R$ 183 milhões, enquanto o segmento de turismo teve acesso a R$ 76 milhões. Também foram concedidos R$ 11,9 milhões para a agroindústria.

Capital de giro

A maior parte dos contratos firmados são para a modalidade ‘capital de giro’, que garante até R$ 100 mil por beneficiário. Os recursos podem ser utilizados em despesas de custeio, manutenção e formação de estoque e, ainda, para o pagamento de funcionários e contribuições e despesas diversas com risco de não serem honradas por conta da redução ou paralisação da atividade produtiva.

Nessa modalidade, foram R$ 2,53 bilhões para empreendedores do Nordeste – 89,2% do total captado. No Norte, os financiamentos somam R$ 247,2 milhões nesta categoria, o equivalente a 93,2% do total já concedido pelo FNO Emergencial. Já no Centro-Oeste, todo o valor captado foi para atender contratos desta classe.

Os Fundos Constitucionais também disponibilizaram outra linha voltada a ‘investimentos’, que pode chegar a R$ 200 mil por contratante. No Nordeste, foram captados R$ 307,2 milhões, enquanto outros R$ 24,8 milhões foram acessados no Norte.

Nacional

No Brasil, pequenos empreendedores do Norte, Nordeste e Centro-Oeste já tiveram acesso a mais da metade dos R$ 6 bilhões disponibilizados pelo Governo Federal para as linhas emergenciais dos Fundos Constitucionais dessas regiões. A valor financiado até o momento é R$ 3,24 bilhões. O recurso teve o objetivo de aliviar os impactos econômicos da pandemia da Covid-19.

No Norte, para onde foram disponibilizadas R$ 2 bilhões, os financiamentos somam R$ 272 milhões, enquanto no Centro-Oeste já foram contratados R$ 128,3 milhões de R$ 1 bilhão disponível – sendo que as contratações na região só começaram em meados de junho. Os recursos são administrados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e concedido pelos Bancos do Nordeste, da Amazônia e do Brasil, respectivamente.

“Esses recursos estão sendo importantíssimos para garantir que os pequenos empreendedores dessas regiões, que são consideradas prioritárias pela Constituição, possam manter seus negócios funcionando, o que ajuda a girar a economia. Além disso, estamos colaborando para que milhares de empregos sejam mantidos e as famílias possam tirar o seu sustento”, destaca o ministro Rogério Marinho.

Os financiamentos poderão ser contratados enquanto o decreto de calamidade pública estiver em vigor, limitado a 31 de dezembro de 2020. O prazo para a quitação dos financiamentos é de até 24 meses, com carência até 31 de dezembro deste ano, de acordo com a capacidade de pagamento do beneficiário.


(Diário do Nordeste)



Aulas presenciais em Sobral estão suspensas até janeiro de 2021

A Prefeitura de Sobral determinou a suspensão até o dia 18 de janeiro de 2021 das aulas presenciais em estabelecimentos de ensino da rede pública e privada. De acordo com o Diário Oficial do dia 25 de outubro, as escolas no município continuarão a operar no modelo remoto até o próximo ano por conta do cenário epidemiológico causado pela pandemia do novo coronavírus.

O município, localizado a 231 km de Fortaleza, confirmou 12.563 casos da Covid-19 e 314 óbitos. São 641 casos em investigação, conforme a plataforma IntegraSUS, às 15h30.

Ceará registra 9,4 mil mortes pela Covid-19 e mais de 272 mil casos confirmados

O Diário oficial do Município aponta os casos de exceções, sendo permitida a atividade presencial, como as atividades extracurriculares, como aulas de idiomas, música e informática; aulas práticas e estágios do ensino superior para concludentes e não concludentes; testes de proficiência em línguas estrangeiras e exames de admissão.

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação de Sobral informou que está "elaborando novo calendário escolar, reestruturando a gestão escolar, que compreende aspectos pedagógicos e administrativos, e estudando alternativas para a regularização do fluxo escolar sem comprometer a aprendizagem e o andamento do ano letivo de 2021".

A gestão também informou que já conta com um plano customizado para a retomada das atividades presenciais de educação, que prevê medidas para garantir o distanciamento social como a quantidade de alunos por metro quadrado, medidas de higiene pessoal (uso de máscaras, lavagem frequente das mãos, uso de EPIs, etc) e sanitização de ambientes, ações de comunicação e monitoramento das condições de saúde da comunidade escolar.

Retorno presencial

Fortaleza e mais oito municípios da Região Metropolitana de Fortaleza - Caucaia, Aquiraz, Eusébio, Guaiuba, Itaitinga, Maracanaú, Maranguape e Pacatuba- optaram por não retomar as atividades presenciais das unidades municipais neste ano.

O último decreto do governo do estado, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), no domingo (25), autorizou o retorno das aulas presenciais do 3º ao 8º anos do Ensino Fundamental, com limitação de 35% da capacidade de alunos, na Região de Saúde de Fortaleza. Aulas de cursos preparatórios para o Ensino Médio também podem ser retomadas, e a capacidade de alunos da Educação Infantil foi ampliada para 75%.

O decreto determina que as escolas executem o protocolo setorial 18 do Plano de Retomada dos Serviços, que inclui a verificação de temperatura, uso de álcool em gel e distanciamento mínimo.


(G1 CE)


quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Você sabe o valor do seu voto?

É através do voto que temos o importante direito de colocar no poder quem realmente poderá fazer melhorias para com a nação. É com ele que o cidadão manifesta sua vontade ou opinião, salienta sua raiva, seus dissabores ou suas desilusões. Ou até mesmo pode, no futuro, alcançar alegria e objetivos que melhorem nosso país e nosso estado. Trata-se de uma verdadeira arma que deve ser utilizada pelo cidadão não apenas para cumprir um dever cívico, mas, sobretudo brandar toda sua indignação com a situação das coisas.

Devido a esse ciclo vicioso quem sai perdendo é a população, a qual, eterniza-se em último plano aos olhos de nossos governantes, em decorrência disso, muitos problemas sociais surgem, na educação, na saúde, no transporte, em praticamente todos os setores por os quais a administração pública é responsável. O voto é direto, secreto, periódico, universal e com o valor igual para todos como a diz a Constituição Federal, por isso, é necessário que seja valorizado e não jogado no lixo quando as pessoas vendem o seu voto. Ou seja, para que tenhamos mudança no país, torna-se indispensável à participação cidadã de cada um.

Contudo, muitos dos eleitores vendem seu voto. Infelizmente, o maior problema do Brasil, pode-se dizer que não é o político, e sim, o eleitor. É um problema cultural já que, desde o início da história brasileira, a corrupção acontece deliberadamente e de lá pra cá se modificou, mas nunca deixou de ser praticada. Como bem sabemos, a legislação eleitoral é rígida. No entanto, não adianta ela ser consistente se nenhuma das outras duas pontas – eleitor e político – colaboram.




Diamantes enviados pelos Correios são apreendidos em Fortaleza

A Receita Federal apreendeu, na manhã desta quarta-feira (28), 15 pedras de diamantes e fragmentos do mesmo material enviados por encomenda postal do Rio de Janeiro a Fortaleza. São aproximadamente 14 gramas avaliados em R$ 80 mil.

Segundo o órgão, os diamantes foram apreendidos em uma unidade dos Correios em Fortaleza. 

A Receita Federal informou que, a partir de agora, serão "efetuadas as investigações fiscais e possíveis desdobramentos criminais com relação ao tráfico de pedras preciosas". 

Todo o material foi encaminhado à Caixa Econômica Federal que mantém a guarda das pedras. 


(Diário do Nordeste)


13º do Bolsa Família: mais de um milhão de cearenses podem não receber o auxílio

Mais de um milhão de cearenses beneficiários do Bolsa Família podem não receber o 13º do auxílio neste ano. Pago no ano passado e prometido pelo governo, o benefício pode não chegar no bolso de quem faz parte do programa. Isso porque segundo o Ministério da Economia, não há previsão, até o momento, de pagamento da parcela.

O 13º do Bolsa Família foi pago no ano passado para mais de 13 milhões de famílias, entre elas milhares de Fortaleza e do Interior do Ceará. O pagamento do abono natalino foi uma medida do governo federal para compensar os beneficiários do programa pela alta da inflação.

A Medida Provisória que tratava do benefício só assegurou o pagamento em 2019, apesar de o presidente Jair Bolsonaro assegurar que o 13º seria anual. Uma comissão do Congresso chegou a aprovar mudanças para tornar o pagamento permanente, mas a MP e as alterações aprovadas acabaram perdendo a validade em março deste ano porque não foram votadas a tempo pela Câmara e Senado.

Para que o pagamento fosse assegurado neste ano, seria necessária uma nova Medida Provisória ou o envio de um projeto de lei para ser aprovado pelo Congresso.





Ministério Público do Ceará recomenda cassação de candidatos que promovem aglomeração na campanha

O Ministério Público do Estado recomendou nesta quarta-feira (28) que os promotores eleitorais peçam a cassação do registro de candidatos do Ceará que promovem aglomerações em eventos da campanha eleitoral em 2020.

Conforme o Ministério Público, esse tipo de evento, em meio à pandemia de Covid-19, se caracteriza como abuso de poder econômico e político, o que pode levar à perda de mandato de candidatos que venham a se eleger.

O procurador-geral da Justiça do Ministério Público do Ceará, Manuel Pinheiro, afirma que há ações em andamento contra candidatos de 60 dos 184 municípios cearense.

"O que nós queremos é que os candidatos possam se ajustar, cumprir as regras eleitorais. Sabemos que todas as campanhas exigem essa liberdade de ação, tentar convencer os eleitores, mas no contexto que vivemos de pandemia tão grave é fundamental que os atos de campanha sejam adaptados a essa nova realidade".

Conforme Manuel Pinheiro, promotores registraram ações de indenização por danos morais coletivos contra esses infratores.

Nas cidades de Meruoca e Barro, a Justiça proibiu eventos de campanha que juntem multidão, incluindo carreatas e comícios.

O coordenador do Centro de Apoio Operacional Eleitoral, Emmanuel Girão, acrescenta que esse tipo de aglomeração desequilibra o pleito eleitoral.

"Estão usando o poder econômico, o poder de autoridade do qual os partidos políticos também são investidos, para desequilibrar a disputa em detrimento daqueles que vem realizando suas campanhas de acordo com as regras estabelecidas", afirma.



(G1 CE)


MOMBAÇA: Dr. Cláudio Benevides candidato a vereador, faz denúncias graves, veja:

Durante a última semana, em visitas a sítios e distritos do nosso município, o advogado Dr. Cláudio Benevides e hoje candidato a vereador de Mombaça, fez denúncias graves sobre o descaso em alguns destes locais.

Veja agora na íntegra os vídeos (parte I e II):







segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Cientistas internacionais estudam chuvas e uso da água no Ceará

Cientistas estrangeiros têm se dedicado ao conhecimento sobre fatores que influenciam a quantidade e a distribuição das chuvas, além de mapear o uso da água, em regiões do Ceará. São seis pesquisadores de países como Colômbia, Benin e Tunísia, que estudam as previsões da quadra chuvosa e como o cearense faz uso do recurso hídrico para sobrevivência e para agricultura.

O grupo auxilia na gestão da água no Estado por meio dos programas de pesquisa da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), em parceria com instituições de ensino locais e internacionais.

Foi ao perceber as similaridades entre o semiárido tunisiano e o cearense que a doutoranda em recursos hídricos, Fajr Fradi, resolveu atravessar fronteiras para dar continuidade aos seus estudos sobre seca. “Meu objetivo é entender a perspectiva do uso das águas por diferentes usuários porque tem, por exemplo, em um açude, pessoas que querem fazer agricultura, criar gado ou peixes. Estou estudando essas diferentes perspectivas e as opções para cada usuário de como combater essa seca”, conta.

Para isso, a cientista fez diversas visitas técnicas à bacia do Riacho Forquilha, em Quixeramobim, no Sertão Central, e à bacia do Riacho do Sangue, no Vale do Jaguaribe. “Vou criar indicadores de resiliência para seca. Então, um usuário que tem duas opções para manter o uso da água, como um açude e um poço, ele é mais resiliente do que um outro usuário. É essa informação que eu quero colocar porque acredito que no Estado tem uma infraestrutura hídrica muito sólida, só que falta a percepção social, e entender se as pessoas querem alocar o açude para abastecimento ou para agricultura”.





Confaz divulga nova tabela de preços médios de combustíveis

O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) divulgou nova tabela de Preços Médios Ponderados ao Consumidor Final (PMPF) de combustíveis em todo o país.

A tabela traz o preço de onze produtos nas 27 unidades da federação e foi publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União (DOU).Os novos valores passam a valer dia 1º de novembro.

Veja os valores no Ceará:

GAC: R$ 4,60

GAP: R$ 6,60

Diesel: R$ 3,70

Óleo Diesel: R$ 3,60

O PMPF é usado pelos estados como base para calcular o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), mas não define os preços na bomba de combustível dos postos.






Deputados discutem desafios para a regulamentação do novo Fundeb

A Câmara dos Deputados discute nesta terça-feira (27) a regulamentação do novo Fundo de Manutenção de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), promulgado em agosto.

A regulamentação depende da aprovação de uma lei para definir a distribuição dos recursos entre estados e municípios.

Como a lei (11.494/07) que regulamenta atualmente o Fundeb perde a validade em 31 de dezembro deste ano, a deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO), que também foi relatora da proposta de emenda à Constituição que deu origem ao novo Fundeb, já apresentou uma proposta (PL 4372/20) de regulamentação.

O projeto detalha a operacionalização do Fundeb, que agora funcionará em um modelo híbrido de distribuição dos recursos. A proposta é que, no primeiro ano, se mantenham as ponderações atuais quanto às etapas, modalidades, duração de jornada e tipos de estabelecimento de ensino, ficando para depois questões como o repasse com base em desempenho.

Alguns parlamentares estão preocupados com a demora na regulamentação, mas, no mês passado, o líder governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), garantiu que isso será feito pelo governo, mesmo que seja necessária uma medida provisória.

O debate sobre a regulamentação nesta terça será moderado pelo deputado Felipe Rigoni (PSB-ES), que foi suplente na Comissão Especial do Fundeb. Foram convidados para falar sobre o assunto:

– a representante do movimento Todos Pela Educação Priscila Cruz;

– a professora universitária e gestora pública Claudia Costin;

– um representante do Ministério da Educação; e

– um representante da Rede de Pesquisadores sobre Financiamento da Educação Especial (Rede Fineesp).




Áudio que fala de plano para paralisar atividades econômicas é falso, diz Governo do Estado

Na última semana circulou pelas redes sociais um áudio sobre um "suposto" plano do Governo do Estado para paralisar as atividades econômicas por mais três meses em todo o Ceará. No entanto, o Governo do Estado comunicou que esta informação se trata de mais uma notícia falsa.

"É notícia falsa áudio que circula nas redes sociais sobre suposto plano do Governo para paralisar as atividades econômicas por três meses. Não existe previsão alguma neste sentido. Trata-se de mais uma fake news", pontua o texto da imagem divulgada pelo Governo nesta segunda-feira (26).

Na última sexta-feira (23), através de suas redes sociais, o governador Camilo Santana já havia desmentido a possibilidade de um novo lockdown. A informação vinha circulando na última quinta-feira (22).

 "Não há qualquer previsão nesse sentido. Esse aumento recente de casos em algumas áreas mostra que não podemos relaxar os cuidados, porque a pandemia ainda continua, mas sem a necessidade, neste momento, de medidas mais extremas", afirmou Camilo Santana.

Na oportunidade, o governador reforçou a importância de continuar seguindo todas as orientações sanitárias e destacou  a importância da ação da Justiça Eleitoral e Ministério Público Eleitoral (MPE) para conter os abusos praticados nos eventos da campanha política. 


(Diário do Nordeste)


sexta-feira, 23 de outubro de 2020

Após determinação do Ibama, Ceará ficará sem cobertura de brigadistas nos meses com maior incidência de queimadas

A determinação do Ibama para recolhimento das brigadas de combate a incêndio em todo o País atingirá duas unidades, com 15 agentes cada, no Ceará. Com a medida, o estado ficará sem cobertura de brigadistas em novembro e dezembro, exatamente os meses com maior incidência de queimadas.

A desmobilização nacional foi determinada ontem (21) por meio de ofício do chefe do Centro Especializado Prevfogo, Ricardo Viana Barreto, que alegou falta de recursos financeiros e orçamentários no Ibama para a adoção da medida administrativa.

Atuação

Atualmente, as duas brigadas do Ceará estavam atuando no combate a incêndios no Pantanal e no Maranhão. A previsão é de que eles retornassem ao Ceará em novembro, para somar ao efetivo do Corpo de Bombeiros no período de maior demanda. Diante da determinação do Ibama, as equipes, agora, retornarão de imediato para a sede Quixeramobim, no Sertão Central, mas ficarão impossibilitadas de atuarem.

“Não podemos atuar sem o pagamento de diárias para os agentes”, pontuou o coordenador estadual do Prevfogo do Ibama Ceará, Kurtis Francois Teixeira Bastos. Sem eles, a tendência é que ocorra sobrecarga para atender as demandas futuras.

A brigada do Prevfogo atende, a rigor, à demanda federal, isto é, combate a incêndios em unidades da União – terras sob jurisdição da Funai, unidades de conservação do ICMBio e Ibama. Estão compreendidos neste pacote 411 projetos de assentamentos federais, oito áreas indígenas, 15 de quilombolas e 12 unidades de conservação ambiental. Com a paralisação, incêndios que venham a surgir nestas localidades serão atendidos pelo Corpo de Bombeiros.

O subcomandante do Corpo de Bombeiros da 1ª Seção do 3º Grupamento de Sobral, major Mardens Vasconcelos, observou que “já existe uma sobrecarga por conta do grande número de queimadas” e que a ausência dos brigadistas do Prevfogo amplia as dificuldades no combate aos incêndios florestais. “Seria de grande ajuda, sem dúvida, pois sozinhos a situação fica mais pesada”, ressaltou. Ele lamentou a decisão da suspensão temporária das unidades brigadistas.

Kurtis reforça que a maior “preocupação é que os meses de novembro e dezembro são os mais críticos no Ceará com registro de fogo em vegetação”. Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), já são 663 focos no Ceará só no mês de outubro.

O professor de geografia do Instituto Federal do Ceará (IFCE), campus de Iguatu, Carlos Lima da Silva, se mostra preocupado com possível falta adequada de cobertura para conter os incêndios. Ele detalha que as queimadas contribuem para o avanço do processo de desertificação, a partir da degradação do solo que fica exposto, e da perda da vegetação. “Além do problema ambiental, temos consequências econômicas, pois afeta as atividades produtivas”, pontuou.

Combate

Em agosto e setembro, antes da saída do Ceará, com destino ao Maranhão e Pantanal, brigadistas do Prevfogo Ceará combateram focos de incêndios em São Benedito, em uma área no entorno da APA da Ibiapaba; em Quixeramobim; em Santa Quitéria e em Saboeiro, em uma unidade de conservação municipal.

Os brigadistas trabalham por meio de contratos temporários de seis meses, por meio de uma seleção. Neste ano, começaram a atuar um mês mais tarde, em agosto, e a previsão é de que atuassem até janeiro de 2021.


(G1 CE)


Três municípios cearenses apresentam redução no número de casos e óbitos por Covid-19

Municípios do Cariri, Região Norte e Litoral Leste do Ceará apresentaram redução no número de casos confirmados e mortes pela Covid-19 nesta semana, segundo comenta a secretária executiva de Vigilância e Regulação da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), Magda Almeida. O novo boletim divulgado nesta quinta-feira (22) pela Sesa também aponta um aumento no número de casos na Região de Saúde de Fortaleza.

Conforme o documento, o litoral leste teve a maior redução no período: 41,5% menos casos confirmados. Já no Cariri, a queda foi de 22,3% e, na região norte, de 1,2%. No sertão central, a queda foi de 12,5%.

"Municípios e áreas centralizadas que semana passada nos preocupavam, nessa semana mostraram melhora nos indicadores, tanto em relação à redução de óbitos, quanto em relação ao número de casos. Isso foi um cenário mais animador", aponta Magda Almeida.

Falando de Fortaleza, a secretária executiva ressalta sobre os cuidados a serem tomados pela população, já que a doença não está erradicada. "A gente observou um aumento do número de casos confirmados em Fortaleza e na Região de Saúde de Fortaleza. Isso nos faz lembrar que a gente ainda está em pandemia. Que a gente não pode esquecer das medidas de etiqueta respiratória, do uso de máscara obrigatório, de evitar as aglomerações, manter o distanciamento social, porque infelizmente a pandemia não acabou".

Conforme Magda, o município de Crateús, que havia apresentado aumento no número de casos e de óbitos em decorrência do novo coronavírus na última semana, apresentou melhora nos indicadores. A secretária conta, ainda, que o município aumentou o número de testagens na cidade para evitar e combater a proliferação do vírus.

"Crateús, que foi um dos municípios que a gente levantou a preocupação no boletim passado, tem mostrado melhora nos indicadores e é interessante a gente chamar atenção que Crateús tem seguido as recomendações da secretaria, pra que a testagem de RT-PCR seja ampliada", reforça.

Aumento de casos em Fortaleza

A Região de Saúde de Fortaleza teve aumento de 72% no número de casos de Covid-19 em uma semana, de acordo com o último boletim da Sesa, divulgado nesta quinta-feira (22). Entre os dias 10 e 17 de outubro, os 44 municípios que formam a região registraram 743 novos casos - média de 106 por dia. Os oito óbitos confirmados no mesmo período também representam aumento de 33,3% em relação ao boletim anterior.

O documento leva em consideração dados colhidos até o dia 17 (semana epidemiológica 42). A média dos últimos sete dias de casos confirmados na área cresceu 16% quando comparada à semana epidemiológica 40, passando de 94,9 para 110,4.

Já a média de óbitos dos últimos sete dias caiu 54% no mesmo período, diminuindo de 21,7 para 10. A região de saúde de Fortaleza foi a que, em números absolutos, soma o maior registro de casos e óbitos durante toda a pandemia. Até 17 de outubro, foram 107.692 confirmações e 5.854 mortes.


(G1 CE)


quinta-feira, 22 de outubro de 2020

Apresentação do Plano de Governo: Eduardo Pedrosa (PSD)

Para quem ainda não teve oportunidade de ver e entender o plano de governo de seus candidatos, estaremos publicando aqui um (1) ao dia, encerrando hoje pelo partido PSD (55);

Em seu plano de governo, Eduardo Pedrosa fala sobre educação, saúde, lazer, infraestrutura, segurança, entre outros assuntos de interesse da população, veja:

INTRODUÇÃO

Neste documento apresentamos as principais propostas do candidato a prefeito Eduardo Pedrosa, para o mandato de 2021 – 2024.

As experiências do candidato a prefeito Eduardo Pedrosa e de sua equipe, e os diversos diálogos com especialistas de formações especificas contribuíram com a construção do presente documento.

Vale salientar que os objetivos e metas traçados, serão atualizados após a investidura no cargo, visto não ter disponíveis todas às informações relevantes da atual situação econômico- financeira do município, além do futuro ainda incerto com relação à pandemia que afeta a todos social e economicamente.

Nesse contexto precisamos utilizar os recursos disponíveis, com responsabilidade e transparência, para atender às necessidades mais imediatas da população e do município.

Assim, com uma gestão profissional, humanizada, eficiente e transparente associada à ampliação de parcerias, principalmente a nível estadual, fortaleceremos o nosso município melhorando assim a qualidade de vida da nossa gente. 

Prioridades do nosso governo:
1. Oferecer educação de qualidade possibilitando a nossa gente um desenvolvimento profissional, humano e social.

2. Melhorar e ampliar o atendimento na área de saúde, qualificando as parcerias existentes.

3. Implantar uma política de assistência ao produtor rural, que seja capaz de aumentar a sua renda, tornando - a suficiente à sua manutenção na terra.

4. Implantar o Plano Cargos e Carreira dos Profissionais do sistema público municipal.

5. Valorizar o comércio local com total apoio ao pequeno empreendedor.

6. Criar um sistema de avaliação das políticas públicas que leve em conta a eficiência dos serviços oferecidos e que norteie as prioridades do governo municipal.

MISSÃO:
“Oferecer um serviço público eficiente que favoreça o desenvolvimento social e

econômico do nosso município”

VALORES:
Inclusão social: tornar Mombaça uma cidade humanizada, com ações concretas que

possibilitem qualidade de vida a todos os cidadãos.

Cidadania: parceria com os diversos organismos do Estado e do município para fomentar a equidade social e econômica, bem como o desenvolvimento da cultura, educação, emprego, saúde, lazer, segurança para todos.

Transparência: a garantia à população do acesso às informações e acompanhamento dos resultados dos programas e ações.

Profissionalização da gestão municipal: garantir uma gestão profissional com servidores capacitados que primem pela ética, profissionalismo e comprometimento com as propostas da gestão municipal.

PROGRAMAS, PROJETOS E AÇÕES DO GOVERNO (2021 – 2024)

EDUCAÇÃO
– O nosso maior patrimônio

A Constituição Federal de 1988 assim define em seu Artigo 30:

Art. 30. Compete aos Municípios.

VI - manter, com a cooperação técnica e financeira da União e do Estado, programas de educação pré-escolar e de ensino fundamental.

➢ Estabelecer um padrão de qualidade para a rede municipal de educação, destacando-se no SPAECE e no SAEB, tanto em Matemática quanto em Português.

➢ Revisar do Plano de Carreira dos Professores valorizando os nossos docentes.

➢ Garantir aos professores 60% dos PRECATÓRIOS do antigo FUNDEF, se o recurso cair na

minha gestão.

➢ Garantia de transporte digno, seguro e eficiente aos estudantes que fazem uso deste serviço.

➢ Implantar um projeto piloto de educação integral.

➢ Criar equipes docentes para reforço de aprendizagem escolar.

➢ Implantação de biblioteca digital municipal (centro de pesquisa).

➢ Implantar turmas olímpicas de Linguagens e Matemática visando a descoberta e o apoio a

talentos municipais.

➢ Implantação do Programa de Informática nas escolas.

➢Implantar equipe de Assessoramento Pedagógico para formação continuada dos

professores.

➢ Priorizar a qualidade e a variedade dos alimentos da merenda escolar.

➢ Implantar curso preparatório para o ENEM.

➢ Firmar parcerias com o governo para ampliar os cursos ofertados pela Universidade

Estadual do Ceará em nosso município.

➢ Humanizar as relações.

➢ Assegurar transporte universitário para polos vizinhos.

SAÚDE
Constituição Federal de 1988 assim define em seu Artigo 30: Art. 30. Compete aos Municípios.

VII - prestar, com a cooperação técnica e financeira da União e do Estado, serviços de atendimento à saúde da população.

➢ Fortalecer as áreas estratégicas da atenção primária, quais sejam: saúde da mulher, saúde da criança, controle da tuberculose, eliminação da hanseníase, controle do diabetes e da hipertensão, saúde do idoso.

➢Garantir a humanização do atendimento na rede de saúde pública, assegurando uma postura de atenção e cuidado que responda efetivamente à expectativa da população.

➢ Ampliar o acesso da população aos exames de diagnósticos por imagem.

➢ Criar um centro de especialidades médicas ampliando o acesso da população aos exames e às consultas especializadas.

Implantação de um núcleo de educação em saúde.

Promoção de campanhas itinerantes, em todos os povoados, voltadas a exames

oftalmológicos, diabéticos, ginecológicos e urológicos.

Implantação do Programa “Melhor em Casa” de atendimento a pessoas que tenham

dificuldades de se ausentar do seu domicílio, principalmente a população idosa.

Reduzir o tempo de espera das consultas médicas nas unidades de saúde através da

contratação de mais profissionais.

Valorização dos profissionais da saúde através da implantação do plano de cargos e carreiras garantindo os seus direitos trabalhistas.

Estabelecer parcerias para a implantação de uma clínica veterinária municipal.

Criação de uma casa de apoio em Juazeiro e Fortaleza.

Humanizar as relações.

INFRAESTRUTURA
A Constituição Federal de 1988 assim define em seu Artigo 30:

Art. 30. Compete aos Municípios:

V – Organizar e prestar, diretamente ou sob regime de concessão ou permissão, os serviços públicos de interesse local, incluído o de transporte coletivo, que tem caráter essencial;

VIII - Promover, no que couber adequado ordenamento territorial, mediante planejamento e controle do uso, do parcelamento e da ocupação do solo urbano;

➢ Construção de calçamento dos bairros periféricos.

➢ Construção de matadouro público através de parceria com o governo estadual.

➢ Construção do Centro Administrativo Municipal.

➢ Implementar o programa de aquisição de veículos para compor a frota municipal, evitando

assim gastos desnecessários com locação.

➢ Garantir a conservação das estradas municipais através do piçarramento.

➢ Oferecer incentivos para a implantação de indústrias gerando emprego e renda.

➢ Construir um espaço adequado à prática de caminhadas e outras atividades físicas similares.

AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE
➢ Estruturar a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, colocando-a efetivamente em funcionamento.

➢ Contratação de Técnicos Agrícolas para atender principalmente os agricultores familiares nas cadeias produtivas da bovinocultura do leite, apicultura, aves caipiras, suinocultura, ovinocaprinocultura.

➢ Ampliação do PAA – Programa de Aquisição de Alimentos da agricultura familiar.

➢ Criação de cooperativas.

➢ Criar projeto educacional “Pequenos Agricultores”.

➢ Aquisição de Tratores e implementos agrícolas com atendimento prioritário ao pequeno agricultor no preparo do solo.

➢ Incentivo municipal à participação dos agricultores em feiras agropecuárias.

➢ Incentivar a comercialização direta de produtos agrícolas entre a prefeitura e produtor rural através dos recursos do PNAE.(Programa Nacional de Alimentação Escolar)

➢ Viabilizar o trabalho integrado entre as entidades (Secretaria da Agricultura, Cooperativas, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, EMATER e Associações), com o objetivo de capacitar os agricultores em suas diversas atividades, disponibilizando assistência técnica para a produção, comercialização e consequente geração de renda aos agricultores familiares.

➢ Promover seminários, palestras, Dias de Campo e reuniões técnicas para troca de experiências, visando à capacitação e aperfeiçoamento dos produtores e a diversificação de suas atividades.

➢ Proporcionar melhorias de genética do rebanho bovino, principalmente leiteiro, através de programas de inseminação artificial, nutrição, sanidade e manejo do rebanho.

➢ Implantar projetos de Horta Educativa nas escolas do município.

➢ Programa de conscientização do uso correto de agrotóxicos e descarte dos seus respectivos recipientes.

SEGURANÇA
A Constituição Federal de 1988 assim define em seu Artigo 23:

Art. 23. É competência comum da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios:

XII - estabelecer e implantar política de educação para a segurança do trânsito. O Artigo 144 da Constituição Federal de 1988 apresenta:

Art. 144. A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, através dos seguintes órgãos: ...

§ 8o Os Municípios poderão constituir guardas municipais destinadas à proteção de seus bens, serviços e instalações, conforme dispuser a lei. ...

§ 10. A segurança viária, exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do seu patrimônio nas vias públicas: (Incluído pela Emenda Constitucional no 82, de 2014)

I - compreende a educação, engenharia e fiscalização de trânsito, além de outras atividades previstas em lei, que assegurem ao cidadão o direito à mobilidade urbana eficiente; e (Incluído pela Emenda Constitucional no 82, de 2014)

II - compete, no âmbito dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, aos respectivos órgãos ou entidades executivos e seus agentes de trânsito, estruturados em Carreira, na forma da lei. (Incluído pela Emenda Constitucional no 82, de 2014)

➢ Criação do Programa Trânsito Seguro fazendo uso de campanhas de conscientização dos usuários e da criação da disciplina de Educação no Trânsito compondo a parte diversificada do currículo.

➢ Implantação de vigilância comunitária nas localidades mais populosas.

➢ Apoio de intensificação junto à polícia (civil e militar) para combate a furtos e roubos nas

dependências municipais.

➢ Implantação da Secretaria Municipal de Segurança incorporando a Guarda Municipal, o

Demutran e os Agentes de Cidadania.

CULTURA ESPORTE E LAZER
A Constituição Federal de 1988 assim define em seus Artigos 23 e 30:

Art. 23. É competência comum da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios:

III - proteger os documentos, as obras e outros bens de valor histórico, artístico e cultural, os monumentos, as paisagens naturais notáveis e os sítios arqueológicos;

IV - impedir a evasão, a destruição e a descaracterização de obras de arte e de outros bens de valor histórico, artístico ou cultural;

V - proporcionar os meios de acesso à cultura, à educação, à ciência, à tecnologia, à pesquisa e à inovação; (Redação dada pela Emenda Constitucional no 85, de 2015) ...

Art. 30. Compete aos Municípios:

IX - promover a proteção do patrimônio histórico-cultural local, observada a

legislação e a ação fiscalizadora federal e estadual.

➢ Recuperar as quadras de esporte das escolas e colocá-las a serviço da comunidade nos finais de semana com a supervisão de um educador físico.

➢ Programas de incentivo às práticas de esportes e realização de eventos esportivos (torneios e competições entre escolas)

➢ Garantir a realização da Olimpíada Estudantil.

➢ Apoio ao circuito municipal de vaquejada.

➢ Implantação de escolinhas de futebol para atender os bairros do município.

➢ Resgatar os festejos de manifestações culturais (Festas juninas, carnaval, semana do

município).

➢ Implantação do Projeto Ginástica na Praça.

ASSISTÊNCIA SOCIAL
A Constituição Federal de 1988 assim define em seu Artigo 23:

Art. 23. É competência comum da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios:

II - cuidar da saúde e assistência pública, da proteção e garantia das pessoas portadoras de deficiência;

X - combater as causas da pobreza e os fatores de marginalização, promovendo a integração social dos setores desfavorecidos;

Programa de orientação para prevenção de alcoolismos e drogas; Combate e erradicação do trabalho infantil e a exploração sexual;

➢ Revisão do Cadastro Único para inserção nos Programas Sociais fazendo a busca ativa para incluir pessoas atualmente afastadas dos programas pela falta de acesso à informação;

➢ Ampliar o número de famílias atendidas pelo programa Cartão Esperança, bem como elevar o seu valor.

➢ Fortalecer os serviços de assistência social ofertados pelo CRAS e pelo CREAS.

VALORIZAÇÃO DO EMPREENDEDOR E GERAÇÃO DE EMPREGO
➢ Criação do NÚCLEO DE APOIO AO PEQUENO EMPRESÁRIO

➢ Priorizar as compras locais - capacitação dos fornecedores locais

➢ Promover a qualificação aos que mais necessitam.

➢ Fortalecer o empreendedor desenvolvendo as vocações do município

➢ Incentivar o cooperativismo e o associativismo

➢ Promover a inovação e a sustentabilidade

Capacitação e apoio aos conselheiros tutelares para atuação efetiva e correta de suas

VISÃO DE LONGO PRAZO PARA A CIDADE
A Visão de longo prazo que orientará o Governo, tendo alcance para os próximos 15 anos, coloca Mombaça como um referencial para a nossa região não só no setor de comércio e serviços, mas principalmente na educação das nossas crianças e na geração de renda para o homem do campo, transformando assim o nosso município em um ótimo lugar para se viver, trabalhar e conhecer.

O comércio será incentivado pelo apoio ao microempreendedor e pela geração de renda da população rural, além do zelo pela livre concorrência entre todos os seus segmentos.

No campo econômico, a visão objetiva uma cidade adaptada ao convívio com o semiárido destaque para a atividade agropecuária e o cooperativismo aumentando assim o poder econômico dos seus munícipes e contínuo crescimento da renda média dos seus trabalhadores.

No campo educacional projetamos uma uniformidade da qualidade do serviço, seja na sede ou nas demais regiões, através de formação/valorização profissional.

No campo político, colocamos a cidade como referência em gestão pública, minimizando gastos e atendendo com equidade os nossos munícipes.

OBJETIVOS DA ATUAÇÃO DO GOVERNO
➢ Assegurar acessibilidade e qualidade na prestação dos serviços públicos municipais.

➢ Garantir maior igualdade de oportunidades para os jovens e crianças de Mombaça através

de uma educação de qualidade.

➢ Promover o desenvolvimento da Agropecuária e do Comércio , fundamentais para nossa economia.

➢ Reduzir os indicadores de pobreza na cidade.

PRINCÍPIOS DA ATUAÇÃO DO GOVERNO
➢ Colocar o cotidiano das pessoas como tema prioritário de governo, aproximando-o dos cidadãos.

➢Assegurar uma gestão profissional dotada de instrumentos de planejamento e acompanhamento para toda a máquina municipal.

➢ Estabelecer uma perfeita integração entre as políticas públicas municipais, estaduais e federais.



CGD instaura sindicância contra inspetora da Polícia Civil suspeita de agressão

A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) instaurou sindicância administrativa contra a inspetora da Polícia Civil do Ceará Emmanuela Catunda Lopes Ferreira. A policial é suspeita de agredir uma funcionária de uma pousada em Jericoacoara, no Interior do Ceará, no último dia 11 de outubro.

Vídeos da discussão entre a inspetora e a recepcionista circularam nas redes sociais. A proprietária da pousada contou que a discussão teve início após a policial se recusar a cumprir normas sanitárias. Conforme a empresária, a inspetora queria levar para a piscina da pousada amigos que não estavam hospedados, contrariando as normas do estabelecimento.

A portaria publicada no Diário Oficial do Ceará desta quarta-feira (21) traz a tese que a conduta da policial violou prerrogativas e se faz necessária “apurar os fatos narrados em toda a sua extensão administrativa”. A publicação destaca que a confusão foi amplamente noticiada na imprensa local e nacional.

Caso

Câmeras de segurança do estabelecimento registraram a confusão. Nas imagens é possível ver que a policial se vira para a funcionária, retira o celular das mãos dela e o joga no chão. Imediatamente depois se iniciam as agressões físicas.

Em defesa da inspetora da Polícia Civil, o Sindicato dos Policiais Civis de Carreira no Estado do Ceará (Sinpol-CE) afirmou que a servidora foi vítima da violência e filmada em trajes de banho sem autorização. O coordenador jurídico do Sinpol, Kaio Castro, acrescentou que, para o Sindicato, a funcionária da pousada foi quem iniciou as agressões.



MPF: Operação recupera fósseis extraídos de forma ilegal da Chapada do Araripe

Três pessoas foram presas em flagrante e dezenas de fósseis foram apreendidos em operação deflagrada nesta quinta-feira (22), para recuperar material extraído de forma ilegal da Chapada do Araripe, no Cariri cearense.

Sobre a Operação

A operação, que cumpriu 19 mandados de busca e apreensão pela Polícia Federal, é resultado de investigação iniciada em 2017 pelo Ministério Público Federal em Juazeiro do Norte para apurar esquema de tráfico de fósseis.

Batizada de Santana Raptor, a operação cumpriu mandados nos municípios de Santana do Cariri e Nova Olinda, no Ceará, e dois no Rio de Janeiro. As medidas foram executadas em endereços de investigados, sobre os quais constam fortes indícios que integram organização criminosa, envolvendo empresários, servidores públicos, mineradores, pesquisadores e atravessadores de fósseis extraídos da Chapada do Araripe.

Investigação

O esquema investigado consiste na extração ilegal de fósseis por parte de trabalhadores em pedreiras na região dos municípios de Nova Olinda (CE) e Santana do Cariri (CE), com posterior comercialização criminosa desses bens da União. Há atuação de uma rede de empresários, servidores públicos e atravessadores que negociam fósseis raros da região, com indícios da prática ilícita por parte de professor/pesquisador da Universidade Federal do Rio de Janeiro (RJ), um dos alvos da operação, bem como outros pesquisadores nacionais e estrangeiros.

Os investigados responderão, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de organização criminosa, usurpação de bem da União e crimes ambientais, previstos nas leis federais 12.850/13, 8.176/91 e 9.605/98, com penas de até 16 anos de prisão. A apreensão realizada nos endereços objetiva elucidar a atuação dos investigados e de terceiros nos crimes, além de apreender os fósseis, com prisão em flagrante dos respectivos possuidores.


(PF)


Covid-19: há motivos para preocupação! Aglomerações provocam mais casos da doença

A pouco mais de 20 dias para o primeiro turno da eleição municipal e com hospitais recebendo mais pessoas com sintomas gripais que as levam a realizar a testagem para a Covid-19, a luz amarela está acessa e chama mais atenção das autoridades da saúde em meio a uma campanha eleitoral marcada por muitos eventos e aglomerações.

De um lado, os hospitais públicos e privados recebem mais pessoas com suspeita da doença e, por outro lado, o Ministério Público e a Justiça Eleitoral estão sendo mais rigorosos para impor multas aos partidos e candidatos que promovam aglomerações.

Os eventos com muitas pessoas acabam por provocar transmissão do coronavírus e, para autoridades de saúde, há, sim, motivos para preocupação. O assunto ganha destaque no Bate Papo Político, do Jornal Alerta Geral, entre os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida. O Alerta Geral, gerado pela FM 104.3 – Grande Fortaleza, é transmitido pela Internet e por outras 24 emissoras no Interior do Ceará.

Luzenor pontua que a retomada das atividades econômicas, da rotina dos cidadãos e também o ritmo mais acelerado da campanha eleitoral de 2020 estão “provocando um maior número de pessoas à procura de hospitais públicos e privados com sintomas gripais que às levam a fazer a testagem para covid-19”.

“A campanha eleitoral definitivamente entra numa nova fase, há 24 dias nós estamos do dia 15 de novembro e ai os candidatos já tiveram tempo suficiente para se apresentar ao eleitor. A propaganda eleitoral de rádio e televisão já está ai há pelo menos duas semanas nos veículos de comunicação e se percebe nessa nova fase uma atuação mais firme, mais incisiva do Ministério Público e da Justiça pra tentar coibir essas manifestações de rua que vão de encontro ao que tem determinado e estabelecido o decreto estadual das normas sanitárias”, diz Beto Almeida

Ele ainda ressalta que a nova decisão da Justiça Eleitoral prevê multa não apenas para os candidatos, partidos e coligações envolvidas na campanha, mas para qualquer pessoa física que tenha relação com a a realização da campanha, ou seja, até mesmo o eleitor está passível de receber sanção caso descumpra as normas estabelecidas no decreto estadual.


(Ceará Agora)


Paulistas querem instalar usina de leite em pó em Senador Pompeu

Senador Pompeu, cidade sede do municípío de mesmo nome, no sertão central cearense, poderá ganhar uma indústria de leite em pó da Redesa – Rede de Soluções Ambientais René Descartes Educação e Empreendimentos.

Empresários da empresa, com sede em São Paulo, reuniram-se ontem, quarta-feira, 21, com o presidente e diretores da Federação da Agricultura do Ceará (Faec) que lhes expuseram o trabalho do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), que poderá qualificar os pecuaristas da região o fornecimento da matéria prima à futura unidade industrial.

Flávio Sabóya considera que, se a implantação de uma fábrica de leite em pó em Senador Pompeu será um evento de grande relevância para o crescimento da pecuária do Ceará, gerando emprego e renda para a população da região. 

De acordo com os diretores da Redesa, a planta industrial imaginada para Senador Pompeu necessitará, no mínimo, de 600 mil litros de leite por dia. Hoje, o Ceará produz, diariamente, 1 milhão de litros de leite. 

Senar-Ceará, segundo seu superintendente Sérgio Oliveira, está pronto para prestar toda a assistência e gerencial aos produtores que se engajarem no projeto da Redesa.

Os diretores da Redesa disseram que a intenção do seu projeto é ampliar o potencial leiteiro do sertão central, incluindo nele a também região do Cariri, criando condições para o melhor aproveitamento do excedente da produção de leite do Ceará.

Além do presidente da Faec, do superintendente do Senar e dos diretores da Redesa, tomaram parte a reunião os representantes do Sebrae-Ceará, Reginaldo Braga e Paulo Jorge Mendes. 


(Diario do Nordeste)


quarta-feira, 21 de outubro de 2020

Apresentação do Plano de Governo: Orlando Benevides Cavalcante Filho (MDB)

Para quem ainda não teve oportunidade de ver e entender o plano de governo de seus candidatos, estaremos publicando aqui um (1) ao dia, continuando hoje pelo partido MDB (15);

Em seu plano de governo, Orlando Filho fala sobre educação, saúde, lazer, infraestrutura, segurança, entre outros assuntos de interesse da população, veja:





















MOMBAÇA: Inmet alerta para baixa umidade em 139 municípios

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, nesta terça-feira (20), um alerta de “grau de severidade” para 65 municípios e "perigo potencial" para outras 74 cidades do Ceará. O aviso é válido até às 18h desta quarta-feira (21). Com o tempo mais seco, há um risco maior de incêndios florestais e danos para a saúde humana. Os avisos de baixa umidade do órgão são frequentes em áreas distantes do litoral cearense e com pouca altitude principalmente nos meses de setembro, outubro e novembro.

Na classificação de "grau de severidade", a umidade relativa do ar varia entre 20% e 12%. As regiões dentro desta classificação são: Sertão dos Inhamuns, Centro-Sul e Cariri.

Já no "potencial perigo", a umidade relativa do ar varia entre 30% e 20%. As regiões dentro desta classificação são: Sertão Central, Vale do Jaguaribe e Ibiapaba.

Cuidados

Quando a umidade relativa do ar cai para menos de 30%, a OMS recomenda que a exposição ao sol e a realização de atividades físicas devem ser menor. Neste período, o Ministério da Saúde indica também o aumento da hidratação, ingerindo mais água, suco natural e água de coco.

Entenda

A umidade relativa do ar é a razão, expressa percentualmente, entre a quantidade de umidade atmosférica, num determinado local, em certo momento e numa dada temperatura, e a quantidade de umidade que estaria presente se o ar estivesse saturado.

Quanto mais baixa se apresenta a umidade relativa do ar, se pode dizer que mais seca (com menos vapor d'água) se encontra a massa de ar.