quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Você sabe o valor do seu voto?

É através do voto que temos o importante direito de colocar no poder quem realmente poderá fazer melhorias para com a nação. É com ele que o cidadão manifesta sua vontade ou opinião, salienta sua raiva, seus dissabores ou suas desilusões. Ou até mesmo pode, no futuro, alcançar alegria e objetivos que melhorem nosso país e nosso estado. Trata-se de uma verdadeira arma que deve ser utilizada pelo cidadão não apenas para cumprir um dever cívico, mas, sobretudo brandar toda sua indignação com a situação das coisas.

Devido a esse ciclo vicioso quem sai perdendo é a população, a qual, eterniza-se em último plano aos olhos de nossos governantes, em decorrência disso, muitos problemas sociais surgem, na educação, na saúde, no transporte, em praticamente todos os setores por os quais a administração pública é responsável. O voto é direto, secreto, periódico, universal e com o valor igual para todos como a diz a Constituição Federal, por isso, é necessário que seja valorizado e não jogado no lixo quando as pessoas vendem o seu voto. Ou seja, para que tenhamos mudança no país, torna-se indispensável à participação cidadã de cada um.

Contudo, muitos dos eleitores vendem seu voto. Infelizmente, o maior problema do Brasil, pode-se dizer que não é o político, e sim, o eleitor. É um problema cultural já que, desde o início da história brasileira, a corrupção acontece deliberadamente e de lá pra cá se modificou, mas nunca deixou de ser praticada. Como bem sabemos, a legislação eleitoral é rígida. No entanto, não adianta ela ser consistente se nenhuma das outras duas pontas – eleitor e político – colaboram.




0 comentários:

Postar um comentário