Vagner Calçados

terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Açude Caldeirões, em Saboeiro, é primeiro reservatório a sangrar em 2021 no Ceará

O Açude Caldeirões, no município de Saboeiro, na macrorregião do Sertão Central e Inhamuns, sangrou nesta terça-feira (16). Conforme a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), esse é o primeiro reservatório do Estado a sangrar em 2021. Ele está localizado na bacia do Alto Jaguaribe. 

O açude começou a transbordar por volta das 6h30. De acordo com o gerente do escritório da Cogerh em Iguatu, Anatarino Torres, o volume de água aumentou nas últimas horas devido às fortes chuvas registradas na região. Na segunda-feira (15), o volume dele estava em 89,38%. O reservatório tem volume de 1,13 hm³. 

O Caldeirões é o único reservatório do Estado com volume armazenado acima dos 90%.

Chuvas registradas em 24 horas 

O município de Saboeiro registrou 105 mm no posto de Flamengo e 92 mm no posto de Saboeiro, de acordo com dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) entre as 7h de segunda-feira (15) e as 7h desta terça-feira (16). 

As regiões do Sertão Central e Inhamuns, Ibiapaba, Litoral Norte, Cariri e Centro-Sul do Ceará tiveram chuvas intensas no mesmo período. 

Há outros 16 açudes com volume entre 70 a 100%.

Germinal (89,46%)

Gavião (86,12%)

Arneiroz II (83,29)

São Vicente (78,7%)

Jenipapo (77,49%)

Aracoiaba (77,31%)

Araras (76,62%)

Mundaú (76,42%)

Ubaldinho (75,33%)

Broco (73,55%)

Forquilha (72,87%)

Jatobá II (72,44%)

Santo Antônio de Aracatiaçu (71,67%)

Malcozinhado (70,79%)

Rosário (70,88%)

Arrebita (70,25%)

O Ceará está com a capacidade hídrica em 24,3%, com volume de 4.515 hm³. 

Há 55 açudes com volume inferior a 30%.


(Diário do Nordeste)


0 comentários:

Postar um comentário