Vagner Calçados

segunda-feira, 17 de maio de 2021

Idoso desaparece em mata no Ceará após fazer teste de Covid e receber orientação para ficar em isolamento

O catequista Raimundo Oliveira, 61 anos, desapareceu em uma mata na cidade do Crato, no interior do Ceará, após fazer um teste de Covid-19 e receber a orientação do médico para ficar em isolamento. O desaparecimento do homem ocorreu há seis dias, segundo a família, e até a amanhã desta segunda-feira (17) o catequista ainda não foi localizado.

O último paradeiro de Raimundo foi registrado por câmeras de segurança de um galpão na Rua Saturnino Candeia, no Bairro Alto da Penha. As imagens mostraram o homem caminhando próximo a uma área de mata. O Corpo de Bombeiros foi acionado e, desde o dia do desaparecimento, equipes realizam buscas na região.

Conforme o capitão dos bombeiros Humberto Júnior, as buscas pelo catequista são auxiliadas por uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aérea (Ciopaer), drones e cães farejadores.

"Cada dia que passa continua a angústia, a dificuldade, a região lá é uma região de mata fechada. O Ciopaer já fez um sobrevoo e durante o voo não conseguiu encontrar nada, já usamos drones, toda a tecnologia que os bombeiros têm condição de ter nesses buscas, nós estamos utilizando. Cães que vieram de Fortaleza. E por falta de localização precisa fica muito difícil", afirma. 

O capitão dos bombeiros ressalta que, se o homem se escondeu, isso dificultará as buscas. "Se ele não quiser ser localizado vai ser muito difícil. Você pode passar muito perto dele e ele ficará calado e não vai dar nenhum sinal de vida. Nas condições de lá, uma mata fechada, tem água abundante, frutas, mas se ele estiver mais próximo à chapada ficará mais difícil ele sobreviver por mais alguns dias".


(G1 CE)


0 comentários:

Postar um comentário