Vagner Calçados

terça-feira, 29 de junho de 2021

CEARÁ: Socorristas do SAMU pedem respeito e direitos reconhecidos

Os profissionais da saúde de um dos principais pontos de apoio durante toda a pandemia, o SAMU, pedem respeito das autoridades e reconhecimento de seu trabalho após o anúncio de que a sua carga horária além de reduzida, viria com os adicionais noturnos diminuídos e defasados.

Segundo ainda os profissionais, as condições de trabalho se tornaram muito difíceis com o decorrer do tempo no que se diz respeito aos seus direitos violados, além de equipamentos de serviço e materiais de trabalho sucateados.

O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) que é subordinado ao Governo do Estado do Ceará pede apoio da população nessa luta por seus direitos e melhores condições de trabalho! É chegada a hora de reconhecer a persistência e força desses profissionais, afinal, nesta pandemia os heróis da saúde não pararam por um minuto e devem ser acima de tudo respeitados!




0 comentários:

Postar um comentário