Vagner Calçados

segunda-feira, 6 de setembro de 2021

Idosos, adultos ou jovens? Veja as faixas etárias de quem ainda está morrendo por Covid-19 no Ceará

58% da população total vacinada com, pelo menos, uma dose contra a Covid-19 em todo o Estado do Ceará. Distribuição constante de vacinas para todas as cidades. Capital com cerca de 70% das pessoas com D1 em dia. Idosos, pessoas com comorbidades e trabalhadores de diferentes áreas já imunizados. 

A cobertura da vacinação, mesmo ainda abaixo dos 90% indicados pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), tem avançado. Contudo, uma situação ainda preocupa: praticamente todos os dias morrem pessoas vítimas da doença. Mas quais faixas etárias ainda apresentam óbitos? 

Uma constatação é que, após o pico em abril, o Ceará atravessa uma significativa queda de mortes. Em julho, mês que marcou os seis meses de vacinação no Estado, foram 459 óbitos, 64% a menos que junho, que teve 1.280.

Agosto seguiu uma tendência ainda maior de redução (74%) quando comparado a julho. Foram 119 mortes, uma média de quase quatro por dia. Os dados foram retirados da plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), nesta sexta-feira (3).

O poder público ainda não disponibilizou dados detalhando se essas pessoas foram ou não vacinadas contra a Covid-19. Por isso, a faixa etária é um dos únicos indicadores que pode ser aferido em plataformas de transparência para a avaliação do atual cenário epidemiológico.

O primeiro óbito pela variante Delta confirmado no Ceará, por exemplo, foi de um homem de 45 anos que não estava vacinado. Residente de Fortaleza, ele tinha quadro de obesidade e faleceu no dia 29 de agosto, após passar mais de 20 dias internado em um hospital particular.


(Diário do Nordeste)




0 comentários:

Postar um comentário