Vagner Calçados

segunda-feira, 27 de dezembro de 2021

Bahia tem 58 cidades totalmente ou parcialmente submersas após grande tempestade

O grande volume de chuvas que atingiu o sul da Bahia já fez 18 vítimas fatais, atingiu mais de 430 mil pessoas e deixou outras 16 mil desalojadas – e o tempo nos próximos dias não deve ajudar a atenuar a situação.

Apesar de vir em volume menor, novas pancadas de chuva são esperadas para a região ao menos até quarta-feira (29), segundo previsões meteorológicas desta segunda-feira (27).

Apesar de perder a intensidade, qualquer água a mais ainda pode causar transtornos em locais já sobrecarregados e com solos estafados das quantidades extremas das últimas semanas.

Neste momento, a Bahia tem 72 municípios em situação de emergência reconhecida pelo Governo do Estado, além de 58 deles estão também em situação de crise por conta das enchentes.

Nesta segunda, o governador baiano Rui Costa (PT) sobrevoou os municípios de Itapetinga e Itororó, região fortemente afetada pelas chuvas, a fim de acompanhar o trabalho das equipes de resgate. O helicóptero oficial também deve levar água, alimentos e medicações ao município de Itapitanga, que se encontra completamente ilhado.

De acordo com a última atualização da Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec), são 16.001 desabrigados pela chuva; 19.580 desalojados, dois desaparecidos e 18 mortos. A população total afetada, segundo dados anunciados pela Defesa Civil no domingo (27), é estimada em 430.869 pessoas.




(CNN)



0 comentários:

Postar um comentário