Vagner Calçados

quinta-feira, 17 de março de 2022

Barragens que romperam no Ceará, não estavam cadastradas em sistema do governo

Duas das barragens do interior do Ceará que romperam durante o último fim de semana devido às fortes chuvas não estavam inseridas no Cadastro Estadual de Barragens da Secretaria dos Recursos Hídricos (SRH). A pasta informou que é de responsabilidade do dono do empreendimento fazer o cadastro no sistema.

Em Várzea Alegre, as chuvas provocaram o rompimento da barragem Caraíbas, inundaram ruas e forçaram a saída de moradores de suas casas. Mais de 50 famílias ficaram desabrigadas por causa do desastre.

No Cedro não foi diferente. A barragem do Catolé forçou a retirada de cerca de 300 pessoas de suas residências, após a cheia do açude Ubaldinho. Pessoas foram levadas para casas de parentes. Os bombeiros consideram que há possibilidade de colapso estrutural de algumas moradias.


(G1 CE)



0 comentários:

Postar um comentário