Vagner Calçados

quinta-feira, 31 de março de 2022

Paulinha Abelha não morreu por uso de medicamentos, revela parecer médico

Um parecer médico sobre a morte de Paulinha Abelha foi revelado nesta quinta-feira (31). De acordo com matéria do colunista Leo Dias, a causa da morte da cantora foi por “processo infeccioso no Sistema Nervoso Central”. 

Conforme publicação do colunista, o médico perito Nelson Bruni Cabral foi o responsável por fazer o parecer médico. O profissional de saúde analisou que “as lesões renais apresentadas pela paciente não possuem relação com uso de medicamentos” que Paulinha tomava.

Conforme documento, a morte da cantora não foi ocasionada por medicamentos prescritos pela Clínica Cavallaro nem pelos médicos que a atenderam nos hospitais onde esteve internada, reforçando que não houve erro médico. 

INFECÇÃO

"Exames realizados (Liquor) evidenciam uma infecção em Sistema Nervoso Central, com a celularidade demonstrando a hipótese diagnóstica de uma Meningite", diz perícia médica.

Ainda segundo documento, os médicos não agiram de forma errada contra a cantora. "Não foi evidenciado a presença de conduta médica inadequada durante sua internação Hospitalar. O tratamento instituído pelos citados Hospitais seguiu o protocolo específico e bibliografia médica atual, porém, houve uma rápida evolução para o óbito".


(Diário do Nordeste)


0 comentários:

Postar um comentário